Alegoria do desfile do Salgueiro denuncia descaso dos militares com os Yanomamis

Terceira escola a desfilar no Grupo Especial do Rio, neste domingo (11), o Salgueiro apresentou o carro com a fantasia chamada “O exército da morte”, denunciando como os militares contribuíram para a destruição de Hutukara.

“A alegoria mostrou a parte mais trágica do enredo: as doenças, o garimpo ilegal e tudo de ruim que foi feito”, explicou o diretor de destaques da escola, Eduardo Pinto, de 58 anos, ao ser questionado sobre o significado da quarta alegoria.

O carro, colorido em tons de vermelho, verde, preto e branco, mostrou esculturas dos nativos em estado avançado de desnutrição, além de diversas caixas representando os minérios que são roubados na Amazônia. Através de caveiras e urubus, significando a morte, a alegoria denunciou as consequências dos crimes ambientais.

Na edição de 2024 do Carnaval, o Salgueiro escolheu os Yanomami como foco de sua celebração. A tradicional escola de samba da Tijuca destacou as comunidades indígenas brasileiras em sua[...] (Atenção: Este texto é apenas uma prévia, visite Carnavalesco para acessar o conteúdo completo.)

Voltar Ver Notícia Completa
O Cidades do meu Brasil é apenas um agregador de notícias e não tem responsabilidade pelos textos publicados. O conteúdo de cada artigo é de responsabilidade exclusiva de seus respectivos autores e veículos de comunicação.

Últimas Buscas

Como fazer

Informações úteis para o seu dia a dia.

Datas Comemorativas de Hoje

Dia+do+Lojista+de+CD

Dia do Lojista de CD

17 de abril é o dia do vendedor de "CD" (abreviatura de Compact Disc, “disco compacto” em ingl�...

Saiba Mais
Dia+Internacional+de+Luta+Camponesa

Dia Internacional de Luta Camponesa

O dia 17 de abril foi instituído pela conferência da Via Campesina Internacional como Dia Mundial ...

Saiba Mais
Versículo do Dia:
Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.
(Apocalipse 3:11)
Bíblia Online