Início » Minas Gerais » Divino


Divino - Minas Gerais



Divino (Divino Espírito Santo) é uma cidade no interior do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2010 era de 19.131 habitantes. Divino está a 20km da cidade de Carangola e a 320 km de Belo Horizonte

Divino era uma terra de índios da tribo goitacases e em 1833 foi desbravada por "brancos" que se dedicavam a agricultura. O povoado foi fundado por um grupo de moradores que decidiram sair em excursão, descendo pelo atual ribeirão São João do Norte, que ainda é uma região de fazendas, até alcançar o rio Carangola.

Caminharam pela margem do rio e no caminho sentiram fome e no local que pararam e comeram, eles ergueram a bandeira com as insígnias do Divino Espírito Santo, por serem religiosos.

História da cidade de DIVINO - Minas Gerais - MG

Gentílico: DIVINENSE

Primitivamente a região foi habitada por índios Purís, descendentes dos Goytcazes. Em 1831, um grupo de brancos chefiados pelo Tenente-Coronel José Batista da Cunha e Castro, desbravaram a região e pacificaram os indígenas. Dois anos mais tarde as terras foram apossadas e vendidas para o Major José Luiz da Silva Viana. No ano de 1834 foram adquiridas por Antônio Ferreira de Souza Barros e, dentro dos limites destas, formou-se uma povoação onde hoje se localiza a cidade de Divino.

Por tradiçao oral consta que a povoação surgiu do seguinte fato:

Um grupo de exploradores decidiram fazer uma excursão com o intuito de se criar uma povoação e ficou combinado que só fariam alto quando sentissem fome. Quando surgisse o referido local ficou também estabelecido que fincariam uma bandeira com a insígnia do Divino Espírito Santo, do qual eram devotos. Partindo da residência de Pedro Gomes da Silva, desceram o ribeirão de São João do Norte até alcançar o rio Carangola. Subindo por este, chegaram a um local e alí acamparam. No sítio onde fincaram a bandeira erigiu-se, mais tarde, a atual Igreja Matriz da cidade de Divino.

O nome primitivo da localidade foi Terras Adjacentes ao Indaiá.

A fertilidade do solo foi o fator preponderante para a ocupação e fixação do homem branco, pois a produção agrícola local se destacou sempre entre os municípios circunvizinhos.

O topônimo provém do padroeiro do lugar, Divino Espírito Santo, cuja devoção vem desde os primitivos tempos da sua colonização.

FORMAçãO ADMINISTRATIVA:

A povoação de Divino Espírito Santo foi elevada a Curato independente pela Lei n.º 1.847 de 12/10/1871. Pel Lei n.º 2.500 de 12/11/1878 foi incorporada ao recém-criado município de Carangola. O Curato foi elevado a Freguesia pela Lei n.º 2.905 de 23/09/1889. Por força do Decreto-Lei n.º 148 de 17/12/1938 foi elevado a município. é composto dos distritos Sede e Bom Jesus de Divino.

FORMAçãO JUDICIáRIA:

O Decreto-Lei Estadual n.º 1.058 de 31/12/1943 subordinou o município de Divino à Comarca de Carangola. Mais tarde, por força do Decreto-Lei n.º 5.394 de 30/12/1957 foi criada a Comarca de Divino.

Fonte: ROGéRIO CARELLI - Prof. História Contemporânea - Fundação FAFILE-UEMG de Carangola. Sócio-correspondente do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais.

Autor do Histórico: OSCAR TONA JúNIOR

Código do Município

3122009

Gentílico

divinense

Prefeito

GILVAN PINHEIRO DE FARIA

População
População estimada [2018]19.884 pessoas  
População no último censo [2010]19.133 pessoas  
Densidade demográfica [2010]56,64 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,6 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.748 pessoas  
População ocupada [2016]8,7 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]44,1 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]93,8 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5,6  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,5  
Matrículas no ensino fundamental [2017]2.801 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]856 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]194 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]82 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]23 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]3 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]11.821,81 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]76,6 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,605  
Total de receitas realizadas [2017]41.603,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]37.899,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]14,93 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]2,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]13 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]337,776 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]51,5 %  
Arborização de vias públicas [2010]52 %  
Urbanização de vias públicas [2010]28,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Divino: Imagens da cidade e Região

imagem de Divino+Minas+Gerais n-1
imagem de Divino+Minas+Gerais n-2
imagem de Divino+Minas+Gerais n-3
imagem de Divino+Minas+Gerais n-4
imagem de Divino+Minas+Gerais n-5
imagem de Divino+Minas+Gerais n-6
imagem de Divino+Minas+Gerais n-7
imagem de Divino+Minas+Gerais n-8
imagem de Divino+Minas+Gerais n-9
imagem de Divino+Minas+Gerais n-10
imagem de Divino+Minas+Gerais n-11
imagem de Divino+Minas+Gerais n-12
imagem de Divino+Minas+Gerais n-13
imagem de Divino+Minas+Gerais n-14
imagem de Divino+Minas+Gerais n-15
imagem de Divino+Minas+Gerais n-16
imagem de Divino+Minas+Gerais n-17
imagem de Divino+Minas+Gerais n-18
imagem de Divino+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Divino e arredores.


Você conhece a cidade de Divino? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Edson Vander's avatarEdson Vander

    Bom dia, Gostei das fotos que vi, me agrada a ideia de passar uns dias de férias no mês de março. Só que precisaria de mais informações sobre locais para ficar, fazer as nossas refeições, lugares para passear.

    #1 – 09/02/2016 - 14:18

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: