Início » Rio de Janeiro » Cordeiro


Cordeiro - Rio de Janeiro



Cordeiro faz parte do estado do Rio de Janeiro. Encontra-se a uma latitude 22º01′43" sul e a uma longitude 42º21′39" oeste, estando a uma altitude de 485 metros. A população avaliada em 2009 era de 19.902 habitantes. Possui uma área de 116,38km².

Inicialmente ocupada por índios goitacases e coroados, a região de Cordeiro constou como rota para os colonos que se aventuravam à procura de ouro e pedras preciosas no interior da colônia, no final do século XVIII. A colonização de Cordeiro teve origem à margem esquerda do Rio Macuco, próximo da Fazenda Cordeiro, propriedade do bandeirante Manoel Rosendo Cordeiro, que cedeu parte de suas terras para a trilha de ferro Cantagalo. Em 1883, novos fluxos de colonização, lavradores e artífices chegaram à região, dando origem ao pequeno núcleo. O desenvolvimento da localidade proporcionou a criação, em 1890, do distrito de Cordeiro, subordinado ao município de Cantagalo.

O progresso apresentado pelo distrito motivou a criação do município de Cordeiro, em 1891, sendo a sede municipal elevada à categoria de vila. No entanto, essa autonomia durou pouco tempo, retornando o município de Cordeiro a sua antiga situação de distrito de Cantagalo. Em 1920, Cordeiro já era o mais importante centro comercial da região Centro-Norte Fluminense.

História da cidade de Cordeiro

No século XVIII, em busca de ouro, aventureiros que se estabeleceram nas nascentes do Rio Macuco e que por longo tempo lavraram, com pouco êxito, os afluentes dos rios Macuco, Negro e Grande, afugentaram da região os índios Coroados e Goitacazes, que dominavam suas elevações.

Encerrado o ciclo do ouro, seguiu-se uma próspera fase agrícola, que por volta de 1833 começou a atrair lavradores para terras férteis situadas nas proximidades da fazenda Cordeiro, à margem do Rio Macuco, onde chegaram, em fins de 1875 ou princípios de 1876, os trilhos da Estrada de Ferro Cantagalo, que ali instalou uma estação - mais tarde importante ponto de entroncamento, com o nome da referida fazenda. Assim começou a povoação que daria origem ao atual Município de Cordeiro.

Povoado teve em 1844 sua primeira escola instalada na velha fazenda. Em 1888 recebeu uma leva de emigrantes portugueses, procedentes da ilha da Madeira, fato que contribuiu certamente para compensar ou reduzir o impacto da abolição da escravatura sobre sua economia.

Gentílico: cordeirense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cordeiro, pela deliberação de 09-09-1890, subordinado ao município de Cantagalo.

Elevado à categoria de município com a denominação de Cordeiro, pelo decreto estadual nº 180, de 24-03-1891, desmembrado de Cantagalo. Sede no antigo distrito de Cordeiro. Constituído de 2 distritos: Cordeiro e Macuco criado pela deliberação de 09-09-1890.

Pelo decreto estadual nº 1, de 08-05-1892, o município de Cordeiro é reduzido à categoria de distrito, sendo seu território anexado ao município de Cantagalo.

Em divisão administrativa referente ao 1911, o distrito de Cordeiro figura no município de Cantagalo.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 3-XII-1937.

Elevado à categoria de município com a denominação de Cordeiro, pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, desmembrado de Cantagalo. Sede no antigo distrito de Cordeiro. Constituído de 2 distritos: Cordeiro e Macuco. Ambos desmembrado de Cantagalo. Instalado em 01-01-1944.

Em divisão terrirorial datada de I-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Cordeiro e Macuco.

Assim permanecendo em "Síntese" de 31-XII-1994.

Pela lei estadual nº 2497, de 28-09-1995, desmembra do município de Cordeiro o distrito de Macuco. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Código do Município

3301504

Gentílico

cordeirense

Prefeito

LUCIANO RAMOS PINTO

População
População estimada [2018]21.806 pessoas  
População no último censo [2010]20.430 pessoas  
Densidade demográfica [2010]175,59 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,6 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]4.707 pessoas  
População ocupada [2016]22,2 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]29,8 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,6 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5,4  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,7  
Matrículas no ensino fundamental [2017]2.629 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]747 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]217 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]102 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]14 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]7 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]16.365,40 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]-  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,729  
Total de receitas realizadas [2017]67.314,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]59.630,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]8,51 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,8 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]14 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]113,320 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]83,4 %  
Arborização de vias públicas [2010]82,4 %  
Urbanização de vias públicas [2010]68,9 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  18. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  19. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  21. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Cordeiro: Imagens da cidade e Região

imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-1
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-2
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-3
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-4
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-5
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-6
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-7
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-8
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-9
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-10
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-11
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-12
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-13
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-14
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-15
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-16
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-17
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-18
imagem de Cordeiro+Rio+de+Janeiro n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Cordeiro e arredores.


Você conhece a cidade de Cordeiro? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. SEBRAE RJ's avatarSEBRAE RJ

    Olá!

    Sou do escritório do Sebrae em Nova Friburgo e gostaria de compartilhar com você as informações sobre a Reforma Trabalhista e o impacto nas Micro e Pequenas Empresas.

    Participe desse Seminário Gratuito, no dia 23 de fevereiro, às 09:00, no Hotel Vila Verde.

    Clique no link para fazer a sua inscrição:

    http://bit.ly/2HeP3FF

    Mais informações:

    Lívia Bon

    Coordenação da Região Serrana I

    Sebrae - Rio de Janeiro

    Rua Fernando Bizzotto, nº 72 - Centro

    Nova Friburgo - RJ CEP 28613-040

    Tel.: (22) 2523-6908

    E-mail: [email protected]

    _______________________________

    Sebrae/RJ rumo à excelência

    #1 – 20/02/2018 - 09:22

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: