Início » Pernambuco » Taquaritinga do Norte


Taquaritinga do Norte - Pernambuco



Taquaritinga do Norte faz parte do estado de Pernambuco. Administrativamente, o município é composto pelo distrito-sede, Gravatá do Ibiapina e Pão-de-Açúcar e pelos povoados de Vila do Socorro, Gerimum, Mateus Vieira e Algodão.

É conhecida como a "Dália da Serra", por apresentar muitos exemplares desta flor em suas praças. Considerando sua baixa latitude, possui um clima relativamente ameno, com temperatura suavizada pela altitude. A temperatura média anual é de dezoito graus centígrados.

"Taquaritinga" é uma palavra proveniente da língua tupi e significa "água branca da taquara", a partir da junção dos termos takûara ("taquara"), ′y ("água") e tinga ("branco").

História da cidade de Taquaratinga do Norte Pernambuco - PE

Taquaratinga, atualmente Taquaritinga do Norte, que pimitivamente fora uma taba de índios, começou a povoar-se em meados do século XVIII. No primeiro quartel do século XIX já era um núcleo populoso formado em terras de culturas pertencentes à Dona Maria Ferraz de Brito, a qual dividira a sua propriedade em lotes, o que dera lugar ao desenvolvimento da povoação. Nesse tempo, mais ou menos no ano de 1790, realizou-se no lugarejo uma missão de prédicas religiosas, dirigida pelo padre da congregação de São Felipe Nery, ocasião em que resolveram edificar uma Igreja com a inovação de Santo Amaro, obra que recebeu o apoio e a colocação de todos os habitantes da localidade.

Taquaritinga é palavra indígena verdadeiro topônimo "itacoaraetetinga" buraco da pedra, grande, branca; formado de "ita" pedra, "coroa", Buraco ou abertura "etc" grande, que por elisão prosódica, ficou "i", e "tinga", branca.

Gentílico: taquaritinguense ou taquaritingoara

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Taquaratinga, pela lei provincial nº 1260, de 26-05-1877, desmembrado de Limoeiro. Sede na povoação de Taquaratinga. Constituído do distrito sede. Instalado em 20-06-1879.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Taquaratinga, pela lei provincial nº 1895, de 10-05-1887.

Pela lei municipal nº 2, de 18-04-1892, são criados os distritos de Santa Cruz e Vertentes e anexados ao município de Taquaratinga.

Pela lei municipal nº 41, de 25-07-1895, é criado o distrito de Santa Maria e anexado ao município de Taquaratinga.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Taquaratinga, Santa Cruz, Santa Maria e Vertentes.

Pela lei estadual nº 1267, de 04-06-1915, transfere a sede do município de Taquaratinga para a de Vertentes.

Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de I-IX-1920, Taquaratinga figura como distrito do município de Vertentes.

Pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, a sede do município volta a denominar-se Taquaratinga. Sob a mesma lei do distrito de Santa Maria passa a pertencer ao município de Vertentes.

Pela lei municipal nº 5, de 21-10-1930, é criado o distrito de Pará e anexado ao município de Taquaritinga.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Taquaratinga, Santa Cruz e Pará.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pela decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, o município de Taquaratinga adquiriu do município de Vertentes o distrito de Torres.

Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943, o município de Taquaratinga passou a denominar-se Taquaratinga do Norte. Sob o mesmo decreto acima citado o distrito de Santa Cruz passou a denominar-se Capibaribe e ainda o distrito de Torres a denominar-se Toritama.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Taquaratinga do Norte ex-Taquaritinga, Capibaribe ex-Santa Cruz, Pará e Toritama ex-Torres.

Pela lei municipal nº 17, de 20-08-1948, é criado o distrito de Gravatá do Jaburu ex-Povoado e anexado ao município de Taquaratinga do Norte.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 4 distritos: Taquaratinga do Norte, Capibaribe, Gravatá do Jaburu, Pará e Toritama.

Pela lei estadual nº 1818, de 29-12-1953 e de nº 1819, de 30-12-1953, desmembra do município de Taquaratinga do Norte o distrito de Toritama. Elevado à categoria de município. Sob as mesmas leis acima citadas, desmembra do município de Taquaratinga do Norte os distritos de Capibaribe e Pará. Para formar o novo município com a denominação de Santa Cruz do Capibaribe.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Taquaratinga do Norte e Gravatá do Jaburu.

Pela lei municipal nº 305, de 26-08-1958, é criado o distrito de Pão de Açúcar, ex-Povoado e anexado ao município de Taquaratinga do Norte.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Taquaratinga do Norte, Gravatá do Jaburu e Pão de Açúcar.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica distrital

Taquaratinga para Taquaratinga do Norte alterado, pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943.

Transferência de sede

Taquaratinga para Vertentes alterado pela lei estadual nº 1267, de 04-06-1915. Vertentes para Taquaratinga alterado, pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928.

Transferências distritais

Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, Taquaratinga do Norte adquiriu do municípioVertentes o distrito de Torres.Pelo decreto-lei estadual nº 952, de 31-12-1943,

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Taquaritinga do Norte: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Taquaritinga do Norte? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: