Início » Minas Gerais » Cataguases


Cataguases - Minas Gerais



Cataguases faz parte do estado de Minas Gerais. De acordo com o censo realizado pelo IBGE em 2010, sua população é de 69.810 habitantes.

Em se tratando da fundação de Cataguases, há notoriedade para Guido Thomas Marllière - apontado como o fundador da cidade. Ele fora enviado à região com o objetivo de realizar trabalhos referentes a povoação da área, caracterizada por abundância em diamantes, nunca efetivamente encontrados. Logo a região começou a se erguer conforme as diretrizes de Guido, pois ele se empenhara na elaboração de um delineamento estrutural urbano sofisticado e particularizado para a região.

Não apenas Marllière participou dessa construção, uma vez que a cidade recebeu também imenso apoio de estruturação advindo da família Vieira, instalada nas localidades atualmente denominadas Glória e Sereno – distritos de Cataguases. Primeiramente o major Joaquim Vieira da Silva Pinto fundou a fazenda da Glória em distrito de mesmo nome e o filho dele, coronel José Vieira de Resende e Silva, fundou posteriormente a fazenda do Rochedo, nas proximidades do distrito de Sereno.

História da cidade de CATAGUASES MINAS GERAIS Monografia - N.º 239 ANO: 1961

ASPECTOS HistóricoS

Consta que em 1809 ou 1810 vários padres, atraídos pelas notícias da existência de diamantes no local, aportaram no Rio Pomba. em um ponto que passou então a ser chamado de ′Porto dos Diamantes". Em consequência, ali se formou um pequeno núcleo populacional, constituído por alguns brancos e várias aldeias de índios coroados, carapós e puris.

Outra versão, divulgada por Moreira Pinto. em seu "Dicionário Geográfico do Brasil". diz que aventureiros exploradores da região sudoeste de Minas Gerais teriam acampado no mesmo local e colhido o peso de meia pataca de ouro em uma só bateada nas areias de um ribeirão próximo, afluente do rio Pomba, passando o ribeirão, por esse motivo, a ser conhecido pelo nome de "Meia Pataca".

O fato é que, inspecionando os trabalhos da estrada que deveria ligar Minas Gerais aos campos de Goitacases, a cargo da Terceira Divisão Militar do Rio Doce, sob seu comando. o Coronel Guido Tomaz Marlière, francês de nascimento e Diretor-Geral dos índios, chegou ao Pôrto dos Diamantes e, em nome do Governador da Província, recebeu do Sargento Henrique José de Azevedo, ali residente, terrenos destinados a construção de uma igreja consagrada a Santa Rita de Cássia e fundação de um povoado. Assim surgiu no local referido um arraial denominado Santa Rita de Meia Pataca ou, simplesmente, Meia Pataca.

Desenvolveu-se o arraial na base de cuidadoso piano urbanístico, elaborado pelo Coronel Marlière, sendo elevado à categoria de curato pela Lei provincial n.° 209, de 7 de abril de 1841.

Por essa época foi fundada nas proximidades a Fazenda da Glória, numa área de 3 alqueires de terra e cujo proprietário, Major Joaquim Vieira da Silva Pinto, muito veio a contribuir para o desenvolvimento do arraial, de tal forma que em 10 de outubro de 1851. pela Lei provincial n.° 534, foi o curato elevado ao nível de freguesia, fazendo parte do Município de São José do Presídio, hoje Visconde do Rio Branco, com sede em Meia Pataca e dois outros curatos sob sue jurisdição: São Francisco de Assis de capivara e Nossa Senhora da Conceição do Laranjal.

Pela Lei n.° 666, de 27 de abril de 1854, foram incorporadas a nova freguesia diversas fazendas e posteriormente sofreu ela varies reduções em seu território.

Consta que o topônimo Cataguases foi adotado por sugestão do Coronel José Vieira. filho do Major Joaquim Vieira e nascido numa fazenda banhada por um pequeno rio com aquele nome, localizado no atual Município de Prado. Seu significado é, segundo uns, "gente boa", segundo outros, "terra das lagoas tortas", ou, ainda, "povo que mora no país das.matas" .

Formação Administrativa

Distrito foi criado, com a denominação de Santa Rita de Meia Pataca, pela Lei n.° 534, de 10 de outubro de 1851, da Assembléia Provincial mineira.

Em 25 de novembro de 1875, a Lei n.° 2 180, da mesma Assembléia, criou o Município de Cataguases, com território desmembrado dos de Leopoldina, Muriaé (ex-São Paulo do Muriaé) e Ubá, e

o fez termo judiciário da comarca deste último nome. A instalação do Município verificou-se a 7 de setembro de 1877. Por efeito da Lei provincial n.° 2 766. de 13 de setembro de 1881, a vila de Cataguases foi elevada à categoria de cidade e o Município passou a termo judiciário da comarca de Leopoldina. Em 14 de setembro de 1891, a Lei estadual n.° 2 confirmou a criação do distrito-sede de Cataguases.

Segundo a divisão administrativa do Brasil referente ao ano de 1911, o município compõe-se de 9 distritos: Cataguases, Vista Alegre, Laranjal, Cataguarino, Itamarati, Porto de Santo Antônio, Mirai, Sereno e Santana do Cataguases. Esta composição aparece também na apuração do Recenseamento de 1920.

A Lei estadual n.° 843, de 7 de setembro de 1923, cria o distrito de Astolfo Dutra e desmembra o de Miraí, continuando Cataguases com 9 distritos.

O Decreto-lei estadual n.° 88, de 30 de março de 1938, manteve a mesma divisão administrativa, quanto a judiciária, estabelece que o Município de Cataguases compreende o termo judiciário único da comarca desse nome.

O Decreto-lei n.° 148, de 17 de dezembro de 1938, desmembra diversos distritos pare formarem novos Municípios e estende o ambito do termo e comarca de Cataguases a mais dois Municípios: Astolfo Dutra e Laranjal .

Segundo a divisão administrativa vigente a 1.° de janeiro de 1961, o Município e constituído de 6 distritos: Cataguases, Cataguarino, Itamarati, Santana do Cataguases, Sereno e Vista Alegre.

Fonte: IBGE

Código do Município

3115300

Gentílico

cataguasense

Prefeito

WILLIAN LOBO DE ALMEIDA

População
População estimada [2018]74.691 pessoas  
População no último censo [2010]69.757 pessoas  
Densidade demográfica [2010]141,85 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,9 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]17.977 pessoas  
População ocupada [2016]24,1 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]30,7 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,1 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5.8  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.2  
Matrículas no ensino fundamental [2017]7.484 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]2.137 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]523 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]171 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]34 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]11 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]19.908,04 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]81,7 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.751  
Total de receitas realizadas [2017]137.262,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]126.313,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]8,48 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,3 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]44 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]491,767 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]85,8 %  
Arborização de vias públicas [2010]87,5 %  
Urbanização de vias públicas [2010]58,2 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Cataguases: Imagens da cidade e Região

imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-1
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-2
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-3
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-4
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-5
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-6
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-7
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-8
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-9
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-10
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-11
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-12
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-13
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-14
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-15
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-16
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-17
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-18
imagem de Cataguases+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Cataguases e arredores.


Você conhece a cidade de Cataguases? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: