Início » Minas Gerais » Capela Nova


Capela Nova - Minas Gerais



Capela Nova faz parte do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2004 era de 4.874 habitantes.

Em 1790, segundo o historiador padre Pe. José Duarte de Souza, o Senhor Manoel de Souza Maia, fazendeiro da região, pediu permissão à Sé de Mariana para a construção da capela dedicada a Nossa Senhora das Dores, localizada atrás da serra da Pedra Menina, sendo freguesia de Queluz. Surge, desse modo, o arraial de "Capela Nova das Dores" ou, simplesmente, "Dores". No entanto, consta no registro de Provisões, nas Ordens Régias e no Arquivo Eclesiástico de Mariana, o requerimento feito por Antônio dos Santos Couto, a fim de nomear o povoado como Dores da Pedra Menina. Quando se planejava a construção do templo na região, Capela Nova já era bastante populosa, com cerca de 72 famílias, em fins do século XVIII. Em 1856, foi criada a freguesia. Em 1864, a paróquia foi transferida para o arraial do Glória, com a denominação de Nossa Senhora do Glória, sendo restaurada em 1870. O decreto de 17 de dezembro de 1938 reduziu a denominação de Capela Nova das Dores para Capela Nova. Em 12 de dezembro de 1953, foi criado o município de Capela Nova, desmembrando-se de Carandaí.

(História e Genealogia de Capela Nova das Dores - Pe. José Duarte de Souza, págs 1,2 e3)

História da cidade de CAPELA NOVA MINAS GERAIS

Os primitivos habitantes da micro-região dos Campos da Mantiqueira, onde situam-se as terras do município, foram os índios da tribo dos carijós, evadidos do litoral fluminense e já pacificados. Consta que os primeiros brancos a povoar a região teriam sido José Gomes de Oliveira e Vicente Lopes. No final do século XVIII, possivelmente,por volta 1795,os então moradores ergueram uma capela, situada atrás da Serra da Pedra Menina. Essa Capela foi dedicada a Nossa Senhora das Dores, sendo freguesia de Queluz (atual Conselheiro Lafaiete). Surge desse modo, o arraial de "Capela Nova das Dores".

O núcleo começou a se desenvolver em suas cercanias, sendo que José Gomes e Vicente Lopes vieram à região em busca de ouro e pedras preciosas, atividade que determinou o início da povoação. Depois, a agricultura foi introduzida, primeiro para subsistência e, mais tarde com finalidade econômica. Em 1856, o Bispo de Mariana, Dom Domingos da Encarnação Pontível, autorizou a criação da Paróquia de Nossa Senhora das Dores de Capela Nova, tendo como primeiro vigário o Padre Agostinho Cezar Andrade.

O topônimo, Capela Nova, originou-se da construçao da capelinha na localidade e, para distinguir das demais capelas da redondeza,recebia o nome de Capela Nova.

GENTíLICO: CAPELANOVENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA:

Distrito de Capela Nova, criado por Lei Provincial nº 767, de 02 de maio de 1856 e por Lei Estadual nº2, de 14 de setembro de 1891.

Capela Nova das Dores permaneceu como distrito de Conselheiro Lafaiete até 1923, quando passou a integrar o Município de Carandaí.

O decreto de 17 de dezembro de 1938 reduziu a denominação de "Capela Nova das Dores" para "Capela Nova".

Em 12 de dezembro de 1953, pela lei Estadual nº 1039, foi elevado à categoria de Município, conservando o mesmo topônimo.

é subordinado judicialmente à Comarca de Carandaí.

O Município é constituído de apenas 1(um) Distrito: Capela Nova.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Capela Nova: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Capela Nova? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: