Início » Rio Grande do Sul » Canguçu


Canguçu - Rio Grande do Sul



Canguçu faz parte do estado do Rio Grande do Sul, considerado o município com o maior número de minifúndios do Brasil, possui cerca de 14 mil propriedades rurais .

Além da língua portuguesa, há muitos habitantes que utilizam a língua pomerana no município.

A denominação de Canguçu deriva da palavra indígena Caa-guaçu, significando mata grande ou mato grosso, de igual forma que já foi denominada primitivamente a região onde se situa a célebre Avenida Paulista em São Paulo, bem como outros locais, segundo se conclui ou lê-se em descrições mais antigas.

História da cidade de Canguçu

Essa região, como tantas outras do nosso Estado, teve seu povoamento prejudicado pela luta entre portugueses e espanhóis pelo Rio Grande do Sul e Uruguai. Poresse motivo, após o ano de 1777 foram distribuídas as sesmarias.

A sede iniciou seu povoamento em 1739. Por volta de 1830, a atividade predominante era a pecuária, havendo um início de agricultura. Pela segunda vez, a zona sofreu, quando suas terras foram palco de lutas da Guerra dos Farrapos.

O topônimo Canguçu é de origem indígena. Significa Cabeça Grande. A causa dessa estranha denominação foi um tipo de onça que havia na região e possuía a cabeça muito grande.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cangussú, pela Resolução Régia, de 31-01-1812.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Cangussú, pela Lei Provincial n.º 340, de 28-01-1857. Instalada em 27-06-1857.

Pelo Ato Municipal n.º 10, de 10-01-1901, foram criados os distritos de Iguatemi, Pantanoso e Rincão dos Cravos anexados a vila de Cangussú.

Pelo Ato Municipal n.º 19, de 09-01-1901, foram criados os distritos de Cerrito Velho, Coxilha das Flores e Coxilha do Fogo e anexados a vila de Cangussú.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila é constituída de 7 distritos: Cangussú, Cerrito do Cangussú (ex-Cerrito Velho), Coxilha das Flores, Coxilha do Fogo, Iguatemi, Pantanoso e Rincão dos Cravos.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 7 distritos: Cangussú, Cerrito Velho, Coxilha das Flores, Coxila do Fogo, Iguatemi, Pantanoso e Rincão dos Cravos.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 7 distritos: Cangussú, Cerrito, (ex-Cerrito do Cangussú), Coxilha de Fogo, Estação Cerrito, Iguatemi, Pantanoso e Rincão dos Cravos.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município de 3 distritos: Canguçu (ex-Cangussú), Cerrito e Freire. Não figurando os distritos de Coxilha das Flores, Coxilha do Fogo, Iguatemi, Pantanoso Coxilha dos Piegas (ex-Rincão dos Cravos), todos extintos passando seus territórios a ser anexado o distrito sede de Ganguçu.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Canguçu, Cerrito e Freire.

Pela Lei Estadual n.º 3.735, de 08-04-1959, o distrito de Freire foi transferido de Canguçu para o novo município de Pedro Osório. Pela mesma Lei Estadual é extinto o distrito de Cerrito, sendo seu território anexado ao município de Pedro Osório.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração Toponímica Municipal

Cangussú para Canguçu teve sua grafia alterada pelo Decreto-lei n.º 7.199, de 31-03-1938.

Fonte: Confederação Nacional de Municípios

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Canguçu: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Canguçu? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: