Início » Paraná » Itaguajé


Itaguajé - Paraná



Itaguajé é uma cidade da região noroeste do estado do Paraná.

Itaguajé nasceu e se desenvolveu com o progresso cafeeiro que se estendeu por todo o estado do Parana. Foi criado em de 26 de novembro de 1951 e instalado em 30 de novembro de 1952, desmembrado de Santo Inácio. O nome Itaguagé, que vem do tupi-guarani (ita+guag), significa "pedra brilhante ou pintada", possivelmente pela existência de cristais de rocha ou quartzo na região. No início dos anos de 1950 chegaram à região onde hoje se localiza o município de Itaguajé, vários migrantes, principalmente vindos do nordeste. Em 1950um dos fundadores da cidade, Sr. Otaviano Matos já chegara com sua família para ali se instalar. Na época havia somente 3 casas. Durante algum tempo Itaguajé pertenceu à comarca de Jaguapitã, hoje pertence a Comarca de Colorado/PR. Seu primeiro Prefeito foi o Sr. José Gregório de Oliveira.

Ruínas Nossa Senhora do Loreto.

História da cidade de Itaguajé Paraná - PR

Remontam ao século XVI as primeiras referências históricas da região onde hoje se situa o Município de Itaguajé e que tem a origem de sua história, nas expedições castelhanas e nas penetrações das bandeiras portuguesas.

Em Itaguajé surgiu um reduto de índios batizados que viviam na redução de Nossa Senhora do Loreto. Esta redução foi fundada pelos padres jesuitas Mazete e Cstaldino, encontra-se à margem esquerda do Rio Paranapanema na confluência deste com o Rio Pirapó, local hoje denomindo Pontal do Paranpanema.

Efetivamente, a região Norte do Paraná, na bacia do Paranapanema, foi a primeira a ser invadida pelos espanhóis que resolveram tomar posse das terras para o Rei de Espanha, destruindo as reduções e os padres espanhóis foram obrigados a abandonar a região; fundando, no local, a Provínica de Guaíra.

Em 1610, os padres jesuítas espanhóis fundaram na Província de Guaíra, ao longo do Rio Paranapanema, entre outras, a Redução de Santo Inácio Mini.

Em 1629, porém os bandeirantes paulistas, na sua luta pela posse das terras, em busca de ouro, comandados por Antonio Raposo Tavares invadiram a Província de Guaíra, destruíram as reduções e expulsaram os Jesuítas e os dominadores castelhanos, reconquistando extensa faixa de terras para o Brasil.

Data, portanto, do início do século XVII, a penetração do território onde hoje se localiza o Município de Itaguajé. Isso, entretanto, não significa que a comuna seja tão antiga, pois muitos anos depois desses acontecimentos, a região voltou ao domínio dos indígenas, para, desaparecidos estes, cair no mais completo abandono.

Em 1924, o Doutor Manuel Firmino de Almeida, engenheiro civil, requereu e obteve do Governo do Estado do Paraná, a concessão de uma gleba de terras devolutas pertencentes ao patrimônio do Estado, dentro das quais se encontravam as ruínas da histórica Redução de Santo Inácio Mini.

Aquele engenheiro fundou na região, decorridos quatro séculos da fundação das Reduções Jesuítas, o povoado de Santo Inácio que, em 1947 figurava como Distrito Administrativo do Município de Jaguapitã.

Por volta de 1950, surgia na área do Distrito de Santo Inácio, uma outra povoação que recebeu a denominação de Boa Esperança.

O Povoado de Boa Esperança, sob o influxo de um bandeirantismo moderno e com a política de loteamento das terras, fixando o homem ao solo, teve rápido desenvolvimento tendo por base, principalmente, a cultura do café que transformou todo o Norte do Paraná.

Em 14 de novembro de 1951, pela Lei Estadual nº 790, o Distrito de Santo Inácio foi elevado à categoria de município e, em função desta mesma Lei, o Patrimônio de Boa Esperança passou à condição de Distrito Administrativo do novo município mas, tendo sua denominação alterada para Itaguajé. Em 1954, Itaguajé foi elevado à categoria de município autônomo, desmembrado que foi do de Santo Inácio.

A denominação do município é de origem indígena e significa: Ita = pedra; Guajé = misteriosa/grande. Itaguajé = Pedra Misteriosa/grande.

Gentílico: itaguajeense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Itaguajé (ex-povoado), pela lei estadual n.º 790, de 14-11-1951, no município de Santo Inácio (ex-redução de Santo Inácio).

Elevado à categoria de município com a denominação de Itaguajé, pela lei estadual n.º 253, de 26-11-1954, desmembrado de Itaguajé. Sede no atual distrito de Itaguajé expovoado de Boa Esperança. Constituído do distrito sede. Instalado em 30-11-1955.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.

Fonte: IBGE

Código do Município

4110904

Gentílico

itaguajeense

Prefeito

CRISOGONO NOLETO E SILVA JUNIOR

População
População estimada [2018]4.487 pessoas  
População no último censo [2010]4.568 pessoas  
Densidade demográfica [2010]24,00 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,0 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]578 pessoas  
População ocupada [2016]12,5 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]35,7 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,9 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4.9  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3.6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]574 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]148 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]48 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]19 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]3 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]20.066,03 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]83,4 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.707  
Total de receitas realizadas [2017]23.191,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]19.899,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]- óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]1,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]2 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]190,374 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]1,6 %  
Arborização de vias públicas [2010]83,9 %  
Urbanização de vias públicas [2010]63,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Itaguajé: Imagens da cidade e Região

imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-1
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-2
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-3
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-4
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-5
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-6
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-7
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-8
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-9
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-10
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-11
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-12
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-13
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-14
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-15
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-16
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-17
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-18
imagem de Itaguaj%C3%A9+Paran%C3%A1 n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Itaguajé e arredores.


Você conhece a cidade de Itaguajé? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: