Início » Paraná » Douradina


Douradina - Paraná



Douradina é um município do estado do Paraná, no Brasil. Está localizada no noroeste paranaense, numa área de 470 quilômetros quadrados. Está a 635 quilômetros da capital do estado, Curitiba e muito próxima de outros grandes polos regionais, como Maringá, Umuarama, Cascavel e Londrina.

Toda a região do noroeste do estado brasileiro do Paraná era ocupada, até meados do século XX, pela etnia indígena dos xetás. Com os projetos de colonização da região levados a cabo a partir dessa época, os xetás foram praticamente exterminados, seja através da perda de suas terras, através de doenças trazidas pelos não índios ou através do assassínio puro e simples.

Nos anos 1950, surgiu, no Noroeste do Estado do Paraná, na gleba oito, a Comarca de Peabiru, hoje Comarca de Umuarama, um novo povoado, iniciando-se com a vinda de Antônio Lustosa de Freitas e família, que trouxe consigo 22 peões, no dia 25 de junho de 1952, para residir como capataz em uma área de florestas a pedido de seu tio, o deputado Antônio Lustosa de Oliveira, que tinha 2 000 alqueires de terra que adquiriu através da permuta feita com o governo do estado, nos campos de Guarapuava, a qual doou a Freitas 55 alqueires, que, mais tarde, denominou-se Fazenda Santa Rosa.

História da cidade de Douradina, foi fundada em 17 de janeiro de 1979, através da Lei Estadual n.º 7.107 e foi emancipado politicamente do Município de Maria Helena em 01 de fevereiro de 1983. Está localizada no noroeste paranaense, numa área de 470 km2. está à 635 km da capital do Estado que é Curitiba e muito próxima de outros grandes pólos como Maringá, Umuarama, Cascavel, Londrina.

Nos Anos 50, surgiu no Noroeste do Estado do Paraná, na gleba 8 Comarca de Peabirú, hoje Comarca de Umuarama, um novo povoado, iniciando-se com a vinda do Sr. Antônio Lustosa de Freitas e família que trouxe consigo 22 peões, no dia 25 de junho de 1952 para residir como capataz em uma área de florestas a pedido de seu tio, Deputado Antônio Lustosa de Oliveira, que tinha 2.000 alqueires de terra que adquiriu através da permuta feita com o Governo do Estado, nos campos de Guarapuava, a qual doou ao Sr. Freitas 55 alqueires, que mais tarde denominou-se a "Fazenda Santa Rosa"

O Sr. Salvador Lopes Gomes, ex-vereador de Maringá-PR, nos anos 50, havia adquirido as terras através de empréstimo bancário em Curitiba. O Sr. Salvador, falecido em 1.996, chegou as terras por via fluvial, num bote pelo Rio Paraná, a seguir entrou pelo rio Ivaí e fez 3 dias de caminhada pela mata até localizar o marco dos primeiros 1000 alqueires que adquiriu. Nesta época, o Sr. Lustosa já tinha suas terras ao lado, onde apareceram os primeiros indígenas a procura de alimento. Após, o Sr. Salvador começou a abrir a primeira estrada, vindo de Umuarama; trabalho árduo, pois foi necessária a construção de 4 pontes de madeira. Ele demarcou os 1000 alqueires em lotes de aproximadamente 15 alqueires para ser vendido aos meeiros da região de Maringá e São Jorge, sendo que o projetista foi o engenheiro Shoju Sato, juntamente com seu filho Cândido Sato e um outro jovem por nome de Vaquizaqui, que fizeram todo levantamento de córregos e espigões. Em seguida, adquiriu mais 1100 alqueires ao lado do primeiro, onde demarcou os sítios, e na parte alta deste, projetou as ruas e avenidas da cidade, nos 43 alqueires reservados para ela.

O nome Douradina surgiu em função da Serra dos Dourados. Havia uma dúvida quanto a ser: Douradinha ou Douradina, porém, o Sr. Salvador, optou pelo segundo.

Fonte: Prefeitura Municipal de Douradina

Autor do Histórico: SEBASTIãO APARECIDO DE AZEVEDO

Código do Município

4107256

Gentílico

douradinense

Prefeito

JOÃO JORGE SOSSAI

População
População estimada [2018]8.621 pessoas  
População no último censo [2010]7.445 pessoas  
Densidade demográfica [2010]17,73 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]3,0 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]2.917 pessoas  
População ocupada [2016]35,0 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]26,5 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,2 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,9  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,5  
Matrículas no ensino fundamental [2017]1.057 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]292 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]78 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]25 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]5 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]58.912,77 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]80 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,724  
Total de receitas realizadas [2017]29.112,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]25.816,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]- óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]8 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]5 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]419,853 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]53,6 %  
Arborização de vias públicas [2010]76,9 %  
Urbanização de vias públicas [2010]42,5 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Douradina: Imagens da cidade e Região

imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-1
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-2
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-3
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-4
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-5
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-6
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-7
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-8
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-9
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-10
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-11
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-12
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-13
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-14
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-15
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-16
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-17
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-18
imagem de Douradina+Paran%C3%A1 n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Douradina e arredores.


Você conhece a cidade de Douradina? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: