Início » Minas Gerais » Santa Luzia


Santa Luzia - Minas Gerais



Santa Luzia faz parte do estado de Minas Gerais, pertencente à Região Metropolitana de Belo Horizonte. Encontra-se a 19º46′11" de latitude sul e 43º51′05" de longitude oeste, a uma altitude de 751 metros. Sua população de acordo com a Estimativa 2012 pelo IBGE é de 205.666 habitantes, com a maior concentração populacional e atividade comercial no distrito de São Benedito, localizado a oito quilômetros do centro do município.

A história do município originou-se com aventureiros que em busca de riquezas, descobriram Santa Luzia. Tudo começou, em 1692, durante o ciclo do ouro. Uma expedição dos remanescentes da bandeira de Borba Gato implantou o primeiro núcleo da Vila, as margens do Rio das Velhas, no qual se fazia garimpo de ouro de aluvião. Em 1695 uma grande enchente do rio destruiu todo o povoado, localizado próximo ao atual bairro de Bicas, então o pequeno vilarejo mudou-se para o alto da colina, onde hoje, é o Centro Histórico da cidade. Em 1697, ergueu-se o definitivo povoado, que recebeu o nome de Bom Retiro. Em 1724 foi criado a Freguesia de Santa Luzia, subordinado a Sabará.

História da cidade de O Município de Santa Luzia é um dos mais antigos de Minas Gerais: são mais de três séculos de história. Em 18 de março de 1692, durante o ciclo do ouro, remanescentes da bandeira de Borba fundaram o primeiro núcleo da vila que deu origem a cidade de Santa Luzia. Em 1842, Santa Luzia foi palco da batalha final da Revolução Liberal, entre as tropas de Duque de Caxias (Governista) e de Teófilo Otoni (liberalista), que defendia a descentralizção do poder e a autonomia das províncias. Assim formou Santa Luzia, com a riqueza proporcionada pelo ouro e mais de três séculos de históriae cultura. A Rua Direita, o estilo barroco esta presente nos casarios do Centro Histórico da Cidade. O Santuário da Igreja Matriz de Santa Luzia, concluído em 1778, abrigam em seu interior pinturas do Mestre Ataíde e pequenas obras de Aleijadinho e o Museu de Artes Sacras, inaugurado recentemente. A Igreja do Rosário erguida em 1755 pelos negros, tem o seu interior simples, com altares dedicados, à Nossa Senhora do Rosário, Sagrado Coração de Jesus e Nossa Senhora das Dores, hoje totalmente restaurada. O antigo solar de Juli foi o quartel general de Teófilo Otoni e cenário de combate contra Duque de Caxias, no ano de 1842, hoje Casa da Cultura, abrigando peças de inestimável valor histórico. O solar da Baronesa é a maior residência em estilo barroco da nossa cidade, ele foi construído pelo primeiro marido da Baronesa Maria Alexandrina de Almeida em 1845, no solar foram feitas inúmeras festa, entre elas, a visita do Imperador D. Pedro II, em 1881, que era padrinho de batismo da Baronesa.O Muro de Pedras foi o derradeiro campo de batalha entre as tropas de Teófilo Otoni e Duque de Caxias na Revolução Liberal de 1842. Há 12 km do Centro Histórico encontara-se o Mosteiro de Macaúbas, construído em meados de 1708 foi, o primeiro Colégio feminino de Minas Gerais, onde estudaram as filhas de Chica da Silva. A caminho da Rua Direita, encontra-se a Capela do Bonfim, em estilo barroco, construída em 1711, em seu interior abriga a imagem de Nosso Senhor do Bonfim, esculpida por um escravo, em troca da sua alforria.

Fonte: PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA LUZIA -DIRETORIA DE TURISMO

Autor do Histórico: GLADSTON POLICARPO

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Santa Luzia: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Santa Luzia? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: