Início » Minas Gerais » Maravilhas


Maravilhas - Minas Gerais



Maravilhas faz parte do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2010 era de 7.156 habitantes.

Maravilhas, antigo distrito criado em 1635 e desde 1891 subordinado ao município de Pitangui, foi elevado à categoria de município pela lei estadual nº 1039, de 12 de dezembro de 1953 e instalado em 1 de janeiro de 1954. Em homenagem ao padroeiro e por causa da abundância naquela região, de uma flor conhecida por bonina ou margarida do prado, a cidade passa a ser chamada de Maravilhas.

Anualmente, em Julho e Setembro acontecem respectivamente as festas de Santo Antônio e da Flor das Gerais (nome advindo do apelido da cidade que é "Cidade Flor das Gerais), que movimentam a cidade e a região por serem realizadas na Praça Central da cidade. Maravilhas também se destaca por manifestações culturais milenares como a Folia de Reis. A festa do padroeiro Santo Antônio tem quase dois séculos de história e começou com a lenda do santo fujão. Reza a lenda que a imagem que o proprietário deu ao povo para a capela do povoado não queria ficar no local e todos as noites fugia para a fazenda. Então o povo resolveu fazer uma grande festa para o santo afim de agradá-lo. Ele gostou tanto que nunca mais fugiu. A festa é organizada anualmente desde então. Tem também um tradicional Carnaval, principalmente com o Cordão do Tipo Fora de Hora, que sai todas as Sextas de Carnaval pelas ruas da cidade com bonecos e pessoas fantasiadas e termina com um Concurso de Fantasias.

História da cidade de Maravilhas

O povoado do qual se originou a atual Cidade, foi fundado nos primórdios do século XVIII, pela bandeira chefiada pelo bandeirante português Antônio Rodrigues Velho. Pouco depois chegaram os primeiros moradores, entre os quais as famílias do Coronel Felipe José da Cunha, seu irmão Pacífico José da Cunha e outros todos ligados à exploração agrícola. Foi constituída uma capela, bem como um cemitério murado a pedra, consolidando a fundação do arraial.

Posteriormente, padre Véríssimo de Souza Rocha comprou para a Capela ali existente um patrimônio, tornando-se o arraial propriedade privada. Falecendo o padre, tomou posse da Fazenda seu herdeiro legal, tenente José Aniceto Rodrigues, sendo forçado pelos moradores a fazer nova doação, comprando uma grande gleba com cerca de 200 hectares, em 1832, com esta finalidade. Ergueu-se nova capela e pouco a pouco o novo núcleo tomou vulto recebendo incontáveis colonos e lavradores, impulsionando o progresso local e dando origem aos troncos de ilustres famílias locais.

Gentílico: maravilhense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Maravilhas, pela Lei estadual nº 1635, de 15-09-1635 e Lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Pitangui.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Maravilhas, figura no município de Pitangui.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, o distrito de Maravilhas perdeu parte do seu território para o distrito da sede do município de Pequi.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Maravilhas permanece no município de Pitangui.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Elevado à categoria de município com a denominação de Maravilhas, pela Lei estadual nº 1039, de 12-12-1953, desmembrado de Pitangui. Sede no antigo distrito de Maravilhas. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Maravilhas: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Maravilhas? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: