Início » Minas Gerais » Capinópolis


Capinópolis - Minas Gerais



Capinópolis faz parte do estado de Minas Gerais.

Sua população segundo o IBGE/2010 é de 15.297 habitantes

O município faz parte da região do Triângulo Mineiro, e tem fronteiras com Canápolis, Cachoeira Dourada e Ituiutaba.

História da cidade de Segundo a tradição, os primitivos ocupantes da região, onde hoje se ergue o município de Capinópolis, eram gentios integrantes do grupo Gê ou Caiapós e, possivelmente, também, alguns elementos da tribo "Panariá".

Dos brancos, têm-se como certo os nomes do Alferes José Rodrigues da Silva, Dona Francisca Ángela da Silva e José Luciano Teixeira, como os primeiros a se fixarem na região, donos de sesmarias, lá por volta de 1810. Mais tarde, vieram Joaquim maximiano de Almeida e sua mulher, poais de JERÁNIMO MAXIMIANO DA SILVA, o inesquecível fundador de Capinópolis, este audaz bandeirante do século XX, que os sucederam.

Quanto ao topônimo, explica-se pela existência de uma "CORDA DE CAPIM" no local em que o fazendeiro reservara para o loteamento, usando a expressão "LÁ NO CAPIM", para designá-lo; surgindo o arraial, chamou-se inicialmente, o arraial do "CAPIM", topônimo que foi trocado pelo de CAPINÁPOLIS, pouco depois. O gentílico é capinopolense.

Em 1927, o local da sede era propriedade rural de JERÁNIMO MAXIMIANO DA SILVA que resolveu lotear uma parte do terreno para a fundação de um povoado. Sobre a figura laboriosa deste pioneiro fundador de cidade, relembra-nos, oportunamente, o atual Assistente da DEGE/MG da Microrregião de Uberlândia, Profoº José Maria da Costa: "JERÁNIMO MAXIMIANO DA SILVA é um homem ímpar, modelo de cidadão, exemplar chefe de família, probo, humano, idealista e afeito ao trabalho em benefício coletivo. Eu tive a honra e o prazer de conviver com o JERÁNIMO MAXIMIANO. Ah! Pena que o Brasil não tenha só homens como JERÁNIMO MAXIMIANO DA SILVA!"

Em 1927, o local da sede era propriedade rural deste devotado homem comunitário e de visão, que resolveu lotear uma parte do terreno para a fundação de um povoado. O levantamento topográfico foi concluido em 05 de julho de 1927, sendo o dito loteamento vendido a José Abadio da Silva, José Alves Garcia, Antonio Balduino de Menezes, Lamartine César, João Tomé da Silva, João aureliano Dias, José Antonio Francisco e Francisco Alves Garcia, a preços baixos, sob a condição de se interessarem os novos adquirentes pelo maior progresso do local; no entanto, não se satisfez o fundador JERÁNIMO MAXIMIANO DA SILVA com as medidastomadas pelos compradores e readquiriu-lhes os lotes, revendendo-os a terceiros e passando, ele próprio, a tomar iniciativas novas pelo progresso do povoado; assim, em 1937, construiu o prédio que passou a ser ocupado pelo Grupo Escolar, até a data em que se redigem estas notas: em 1940, com ajuda dos demais moradores, construiu a Capela de São Pedro; em terrenos de sua propriedade, um genro seu construiu o primeiro campo de aviação; em 1946, construiu a usina que passou a abastecer a localidade de luz e energia elétrica; em 1952, doou 10.000 metros quadrados de terras para a construção do Cemitério local; e, quando o povoado de elevou a distrito e, posteriormente, a município, este obnegado fundador de CAPINÁPOLIS não reservou para si ou parentes seus quaisquer dos lugares, cargos ou empregos públicos da nova comuna. Quando das primeiras eleiçãoes, candidatou-se a Prefeito, não sendo eleito. Contudo "um homem que faz uma cidade nunca é derrotado!" E JERÁNIMO MAXIMIANO DA SILVA passa para a História da "CIDADE CELEIRO DE MINAS GERAIS".

FORMAÁÁO ADMINISTRATIVA - O Distrito foi criado pela Lei Noº 1058, de 31/12/1943 e sua instalação deu-se a 1oº/01/1944. O Município foi criado pela Lei Noº 1039, de 12/12/1953 e instalado em 10/01/1954. Foi criado com dois distritos: Capinópolis e Cachoeira Dourada.

FORMAÁÁO JUDICIÁRIA: Capinópolis é sede de comarca, estando sob sua jurisdição, também, os municípios de Cachoeira Dourada e Ipiaçu.

Fonte: MONOGRAFIA MUNICIPAL - NOTAS HISTÁRICAS - IBGE (arquivo Agência Ituiutaba)

Autor do Histórico: LUIS PEDRO GUIMARÁES

Código do Município

3112604

Gentílico

capinopolino

Prefeito

CLEIDIMAR ZANOTTO

População
População estimada [2018]16.109 pessoas  
População no último censo [2010]15.290 pessoas  
Densidade demográfica [2010]24,63 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]2.544 pessoas  
População ocupada [2016]15,7 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]32,8 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]99,6 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6.1  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.8  
Matrículas no ensino fundamental [2017]1.743 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]502 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]102 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]30 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]6 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]21.133,08 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]81,1 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.723  
Total de receitas realizadas [2017]48.671,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]44.201,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]7,09 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,4 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]11 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]620,716 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]95,1 %  
Arborização de vias públicas [2010]94 %  
Urbanização de vias públicas [2010]18,3 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Capinópolis: Imagens da cidade e Região

imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-1
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-2
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-3
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-4
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-5
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-6
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-7
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-8
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-9
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-10
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-11
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-12
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-13
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-14
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-15
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-16
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-17
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-18
imagem de Capin%C3%B3polis+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Capinópolis e arredores.


Você conhece a cidade de Capinópolis? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: