Início » Santa Catarina » Xanxerê


Xanxerê - Santa Catarina



Xanxerê faz parte do estado de Santa Catarina. A cultura predominante italiana e alemã foi trazida pelos imigrantes no início do século XX, através da migração dos gaúchos.

Hoje, a cidade é muito mais do que a "Capital do Milho", cuja produtividade é destaque nacional. O município também apresenta um crescimento em todos os segmentos industriais, comerciais e de prestação de serviços, servindo como referência para todo o oeste catarinense pela pujança que apresenta.

É bem localizada, favorecendo o comércio via Mercosul e gerando o interesse de vários investidores na região.

História da cidade de XANXERê SANTA CATARINA MONOGRAFIA - n.º 107 Ano: 1967

A região compreendida entre os rios Iguaçu e Uruguai era, até 1839, habitada unicamente por índios selvagens.

No ano de 1838, segundo a tradição, a cidade de Guarapuava e as fazendas de suas redondezas foram saqueadas por índios selvagens, que além de trucidarem civilizados levaram consigo jóias, dinheiro e várias moças. Nasceu daí uma expedição, cuja finalidade era a de reaver os bens roubados e as moças raptadas. Fez parte dessa expedição um moço, vindo de Minas Gerais, de nome José Raymundo Fortes, que, mais tarde, tornou-se um dos primeiros moradores da região.

No ano de 1839, com as notícias da existência de grandes extensões de campo, trazidas pelos expedicionários, um grupo de fazendeiros resolveu explorar o sertão localizado ao sul, a fim de estabelecer fazendas de criações.

O Presidente da Província de São Paulo, tendo conhecimento desses fatos, comunicou-os à Assembléia Provincial, como conquista de território até então a ninguém pertencente, mas o Presidente da Província de Santa Catarina protestou, sob o fundamento de que ditas terras pertenciam a essa Província. Curitiba, tendo sido elevada à categoria de Província do Paraná, no ano de 1853, adotou a pretensão paulista e prosseguiu na discussão contra Santa Catarina.

O Governo Imperial brasileiro criou a colônia militar de Chapecó, também chamada de Xanxerê, em terras da margem esquerda do rio Chapecó, pelo Decreto nº 2.502, de 16 de novembro de 1859.

A Argentina reclamou então contra a criação dessas colônias militares alegando que as terras estavam em litígio, o que retardou a instalação da referida colônia até 14 de março de 1882.

Foi diretor da colônia militar de Xanxerê, o capitão José Bernardino Bormann, que a dirigiu durante 17 anos, dando-lhe grande impulso e progresso. Posteriormente, a colônia militar de Xanxerê decaiu e, no ano de 1890, era um distrito do Município de Palmas, tal como Passo Bormann, Campo-Erê e Chapecozinho.

Após a proclamação da República, em 1889, os Estados do Paraná e Santa Catarina continuaram sustentando os seus respectivos pontos de vista sobre as terras. A intervenção amistosa do Presidente da República, Dr. Wenceslau Braz, em 1916, conseguiu solucionar a questão por acordo. E, dentre outros municípios do território contestado , passou para o Estado de Santa Catarina, pela Lei estadual nº 1.147, de 24 de agosto de 1917, o então Município de Chapecó, tendo por sua sede, conforme estabelecia a mencionada Lei, a povoação de Passo Bormann, e sua instalação se realizou a 15 de novembro de 1917. Entre seus distritos, figurava o de Xanxerê. O Município de Xanxerê, desmembrado do de Chapecó, surgiu em 1953.

Formação Administrativa

O distrito foi criado, em 22 de dezembro de 1917, pela Lei municipal n.º 2. Pela Lei estadual nº 1.260, de 5 de setembro de 1919, a sede do Município de Chapecó foi transferida para Xanxerê, então elevado à categoria de vila. Tomou o nome de Rui Barbosa por efeito da Lei municipal nº 57, de 10 de março de 1923, sendo restabelecido o de Xanxerê, pela Lei estadual n.º 1.645, de 3 de outubro de 1929. Em 9 de abril de 1931, perdeu a categoria de sede de município, pela Lei n.º 100 passando a figurar como distrito do Município de Chapecó, até 1953.

Por força da Lei estadual n.º 133, de 30 de dezembro de 1953, foi criado o Município de Xanxerê, com território dos distritos de Xanxerê, Abelardo Luz e Fachinal dos Guedes, desmembrados de Chapecó. Sua instalação ocorreu a 27 de fevereiro do ano seguinte.

Em 1957, sofreu reformulação administrativa com a criação do distrito de Bom Jesus, e, em 1958, perdeu os distritos de Fachinal dos Guedes e Abelardo Luz, que adquiriram autonomia administrativa.

Atualmente,com a emancipação do Distrito de Bom Jesus,que passou a condição de Município em 19/07/1995, pela Lei 9.891, é composto dos distritos de Xanxerê e CAMBUINZAL

A Comarca foi criada pela Lei n.º 1.171, de 10 de dezembro de 1954 e instalada em 5 de junho de 1956.

ORIGEM DO NOME: Xanxerê, vem da Língua Indígina KAIGANG, que quer dizer CAMPINA DA CASCAVéL.

Xanxerê, é Hoje, considerada a Capital nacional do Milho, em razão da altíssima produtividade média alcançada em decorrência da altíssima tecnologia aplicada na Cultura.

CARACTERíSTICAS

Cascatas em meio à mata fechada e preservada e a cultura indígena são os maiores atrativos de Xanxerê.

Data de fundação - 27 de fevereiro de 1954.

Data festiva - 27 de fevereiro (aniversário da cidade).

Principais atividades econômicas - Agricultura e pecuária.

População - 40.000 habitantes.

Colonização - Italiana e alemã.

Principais etnias - Italiana, alemã e kaingang.

Localização - Oeste, a 516km de Florianópolis.

área - 380,8km2.

Clima - Mesotérmico úmido, com temperatura média entre 18ºC e 30ºC.

Altitude - 800m acima do nível do mar.

Cidades próximas - Chapecó, Xaxim, Faxinal dos Guedes, Xavantina, Lajeado, Entre Rios.

Gentílico: Xanxerense

Fonte: IBGE-Histórico MUNICIPAL/www.xanxere.sc.gov.br

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 377,764: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 14: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 5.829: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.784: matrículas
Número de unidades locais: 2.599: unidades
Pessoal ocupado total: 15.788: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 29.612,39: reais
População residente : 44.128: pessoas
População residente - Homens: 21.581: pessoas
População residente - Mulheres: 22.547: pessoas
População residente alfabetizada: 38.511: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 13.071: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 32.229: pessoas
População residente, religião espírita: 435: pessoas
População residente, religião evangélicas: 9.857: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 2.996,64: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.885,87: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 583,33: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 650,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,775:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Xanxerê: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Xanxerê? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: