Início » Paraná » Astorga


Astorga - Paraná



Astorga é uma cidade localizado no Norte Central do Paraná, e está 420km da capital do estado, Curitiba.

O município de Astorga é o que se pode chamar de uma das realizações vitoriosas da Companhia de Terras Norte do Paraná, que colonizou quase todo o novo norte paranaense. Em 1945, a companhia organizou um loteamento em uma área de 8 alqueires, que deu origem a cidade de Astorga. Os primeiros moradores de Astorga foram Antenor Domingues Moraviski, que veio com sua mulher e sete filhos, juntamente com o casal Miguel Francisco da Costa e esposa e Sebastião José Lino. A Lei Estadual nº 02, de 10 de outubro de 1947, criou o Distrito Administrativo de Astorga, no município de Arapongas. O município foi criado em 14 de novembro de 1951, através da Lei Estadual nº 790, com território desmembrado de Arapongas. A instalação deu-se em 14 de dezembro de 1952. O nome da cidade de Astorga foi dado pelo engenheiro e agrimensor de origem russa, Wladimir Babkov. Babkov chegou ao Brasil na década de trinta e prestou valiosos serviços à nação através da Companhia de Terras Norte do Paraná. O nome Astorga, segundo Wladimir Babkov, foi escolhido após girar um globo terrestre e parar com o dedo indicador sobre o nome Astorga, na Espanha, no continente europeu.

Fundada em 14 de novembro de 1951, foi elevado a município em 14 de dezembro de 1952, sendo desmembrado de Arapongas. O nome da cidade é uma homenagem à homônima espanhola.

História da cidade de Astorga

No seu trabalho de promover a colonização do norte do Paraná, a Companhia de Terras Norte do Paraná, desde que, em 1924, adquiriu do Governo do Estado a extensa área de terra que abrange três quartas partes da Bacia do Paranapanema, até os lindes paranaenses com o Estado de Mato Grosso, realizou obra eminentemente colonizadora e pioneira. Dando cumprimento ao seu programa, a Companhia desbravou o sertão, mediu e demarcou as terras, fazendo uma vigorosa civilização, do seio da terra fértil e ubérrima.

Após a fundação de Londrina, em 1929, lançou-se a Companhia em busca de novas realizações, sendo aquele marco inicial da conquista do norte do Paraná, a geratriz fecunda de várias dezenas de centros urbanos. A cidade de Astorga é uma das realizações da Companhia de Terras Norte do Paraná. Na sua obra, a Companhia promoveu o loteamento de uma parte das terras que constituem o atual território do município, dando início à fundação de uma nova cidade. Assim, em 1945, organizou um loteamento de oito alqueires em terras de sua propriedade e integrantes do território do Município de Mandaguari, cuja fundação já tinha sido obra de sua iniciativa em anos anteriores.

Os primeiros colonos que se estabeleceram no novo patrimônio foram Antenor Domingues, casado e pai de sete filhos, e Miguel Francisco da Costa e esposa. Este último faleceu logo após a sua chegada a Astorga. Depois, outros compradores foram chegando e fixando residência no local, onde seria erguida a nova cidade.

Gentílico:

Formação Administrativa

Pela Lei Estadual n° 02, de 11 de outubro de 1947, foi criado o Distrito de Astorga, no Município de Arapongas.

Pela Lei Estadual n° 790, de 14 de novembro de 1951, foi criado o Município de Astorga.

Pela Lei Estadual n° 253, de 26 de novembro de 1954, foi criado o Distrito Administrativo de Tupinambá.

Fonte: IBGE; Prefeitura Municipal de Astorga(PR).

Autor do Histórico: ANTôNIO NORBERTO SCHNEIDER

Código do Município

4102109

Gentílico

astorgano

Prefeito

ANTONIO CARLOS LOPES

População
População estimada [2018]26.011 pessoas  
População no último censo [2010]24.698 pessoas  
Densidade demográfica [2010]56,80 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,7 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]6.639 pessoas  
População ocupada [2016]25,4 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]27,6 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,4 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]7  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4.5  
Matrículas no ensino fundamental [2017]3.093 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.029 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]197 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]84 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]16 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]4 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]23.835,88 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]75,5 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.747  
Total de receitas realizadas [2017]81.605,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]69.112,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]9,35 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]2 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]9 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]434,792 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]60,5 %  
Arborização de vias públicas [2010]92,3 %  
Urbanização de vias públicas [2010]63,4 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Astorga: Imagens da cidade e Região

imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-1
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-2
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-3
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-4
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-5
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-6
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-7
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-8
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-9
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-10
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-11
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-12
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-13
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-14
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-15
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-16
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-17
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-18
imagem de Astorga+Paran%C3%A1 n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Astorga e arredores.


Você conhece a cidade de Astorga? Então deixe seu comentário!


Comentários (2)

  1. Elizabeth de F Rosa's avatarElizabeth de F Rosa

    Bom dia

    Meu nome e Elizabeth, nasci em Astorga, tenho primas ai mas não sei o endereço delas, gostaria muito que alguem me ajudasse a encontra-las, a minha mãe é a unica parente viva por parte de pai delas. Minha mãe se chama Delourdes da Silva Rosa, trabalhou no hospital Universitário de Londrina morou no bairro aeroporto em londrina, O meu apelido e Açuquinha, e as minhas primas se chamam Laura e Elza, filhas do Valdomiro e Filomena, ambos falecidos. Meus telefones (41)3473-3350, 9711-8934 ou 8811-3808, por favor me ajudam

    Obrigada

    #2 – 25/08/2016 - 13:22

  2. MOACIR FRANZONI's avatarMOACIR FRANZONI

    FICO FELIZ EM VER MINHA CIDADE TÃO QUERIDA, DE ASTORGA, ESTAR NA INTERNET, E MAIS UMA VEZ, FICO FELIZ POR SABER QUE VIVE EM ASTORGA, 5.220 IRMÃOS EVANGÉLICOS, PELO QUE DOU GRAÇAS A DEUS.

    #1 – 27/09/2015 - 16:28

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: