Início » Minas Gerais » Coromandel


Coromandel - Minas Gerais



Coromandel faz parte do estado de Minas Gerais. A origem do nome não é um consenso, mas atribui-se relação à Costa de Coromandel na Índia, de onde teriam partido navios carregados com escravos.

Coromandel, antigo distrito anexado ao município de Patrocínio e vila (1882—1891) foi elevado à categoria de município pela lei estadual nº843, de 7 de setembro de 1923.

O Município de Coromandel está localizado na Mesorregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba e na Microrregião de Patrocínio, com uma extensão territorial de 3.296,27 Km2 e tendo como Limites: Ao Norte, O Estado de Goiás e o município de Guarda-Mor. A Leste, os municípios de Vazante, Lagamar, Patos de Minas e Guimarânia. A Oeste, Os municípios de Abadia dos Dourados e Monte Carmelo. Ao Sul, o município de Patrocínio. Coromandel possui além da sede, os distritos de Alegre, Santa Rosa dos Dourados, Pântano de Santa Cruz, Lagamar dos Coqueiros e Mateiro estes três últimos recentemente criados.

História da cidade de Coromandel

Consagra a tradição, como ponto pacífico, a fundação do arraial por aventureiros portugueses que teriam vindo da costa oriental da índia, chamada ´Costa do Coromandel´. Teriam vindos atraídos pela fama de minas diamantíferas e dado este nome ao local em princípios do século XIX. A origem do nome parece assim definitivamente explicada. A única dúvida mantida por alguns baseia-se no fato de haver, numa escritura de doação de patrimônio para a Paróquia, em dezembro de 1823, figurado a futura paróquia com a denominação de ´Paróquia de Nossa Senhora de Santana do Curimandela´, o que pode ter ocorrido por em erro de grafia.

Fixados os primeiros moradores, o local passou a servir de pouso obrigatório para os viajantes que vinham de Paracatu ou de Goiás. Nessa altura, foram descobertos garimpos de diamantes e o antigo pouso recebeu algumas famílias oriundas de Paracatu, surgindo, então, um povoado que prosperou, não só pela afluência de garimpeiros, como também, pelo desenvolvimento da pecuária.

Gentílico: coromandelense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Coromandel, pela lei provincial nº 1670, de 17-09-1870, e lei estadual nº 2, de 14-09-1891,

Elevado á categoria de vila com a denominação de Coromandel, pela lei Provincial nº 2930, de 06-10-1882.

Pela lei estadual nº 11, de 13-11-1891, a vila de Coromandel é extinta, sendo seu território anexado ao município de Patrocínio, como simples distrito.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Coromandel, figura no município de Patrocínio.

Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o distrito se denomina

Elevado à categoria de município com a denominação de Coromandel, pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, desmembrado de Patrocínio. Sede no atual distrito de Coromandel (ex-Santana do Pouso Alegre do Coromandel). Constituído de 2 distritos: Coromandel e Abadias dos Dourados, ambos desmembrados de Patrocínio. Instalado em 19-10-1924.

Em divisão administrava referente ao ano de 1933, o município é constituído dos distritos: Coromandel e Abadias dos Dourados.

Assim permanecendo em divisões territoriais datada de 31-XII-1936 e 31-XIIX-1937.

Pela lei estadual 336, de 27-12-1948, desmembra do município de Coromandel o distrito de Abadias dos Dourados. Elevado á categoria de município. Pela mesma lei estadual é criado o distrito de Alegre ex-povoado e anexado ao município de Coromandel.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Coromandel e Alegre.

Pela lei estadual nº 1039, de 12-12-1953, é criado o distrito de Santa Rosa dos Dourados e anexado ao município de Coromandel.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Coromandel, Alegre e Santa Rosa dos Dourados.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2001,

Pela lei municipal nº 044, de 24-12-2002, é criado o distrito de Pântano de Santa Cruz (ex-povoado) e anexado ao município de Coromandel.

Pela lei municipal nº 2778, de 13-04-2004, foram criados os distritos de Lagamar dos Coqueiros e Mateiro, ambos (ex-povoados) e anexados ao município de Coromandel.

Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído de 6 distritos: Coromandel, Alegre, Lagamar dos Coqueiros, Mateiro, Pântano de Santa Cruz e Santa Rosa dos Dourados.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE. Enciclopedia dos Municípios Brasileiros. Rio de Janeiro, 1958. vol.XXIV.

Código do Município

3119302

Gentílico

coromandelense

Prefeito

DIONE MARIA PERES

População
População estimada [2018]27.982 pessoas  
População no último censo [2010]27.547 pessoas  
Densidade demográfica [2010]8,31 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,9 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]4.628 pessoas  
População ocupada [2016]16,2 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]32,4 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]96,4 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6.9  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]5.3  
Matrículas no ensino fundamental [2017]3.400 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.303 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]238 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]103 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]18 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]6 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]33.017,06 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]75,8 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0.708  
Total de receitas realizadas [2017]80.959,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]72.169,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]3,12 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]2,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]22 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]3.313,116 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]75,5 %  
Arborização de vias públicas [2010]83,8 %  
Urbanização de vias públicas [2010]47,9 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Coromandel: Imagens da cidade e Região

imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-1
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-2
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-3
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-4
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-5
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-6
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-7
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-8
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-9
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-10
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-11
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-12
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-13
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-14
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-15
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-16
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-17
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-18
imagem de Coromandel+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Coromandel e arredores.


Você conhece a cidade de Coromandel? Então deixe seu comentário!


Comentários (5)

  1. nioramis barletta's avatarnioramis barletta

    moro em extrema MG , praticamente nasci nessa cidade, hahaha , pois meu pai Antonio Jose Barletta casou- se em 31 de maio de 1947 e foi passar a lua de mel nessa cidade, pois a sua irma Iracema Barletta casou se em Extrema MG com o sr,Benedito Onisto e se transferiram para essa cidade, e eu nasci em Sao Caetano do Sul-SP em 01 de Março de 1948 , ou seja nove meses cravados ao do casamento de meus pais, tenho diversas fotos dessa cidade na epoca, alias se alguem conhece meus parentes que descendem de Benedito Onisto e Iracema Barletta Onisto por favor informem

    #5 – 21/09/2017 - 23:51

  2. Edelson Ricardo Correia's avatarEdelson Ricardo Correia

    Nasci em são Paulo onde moro atualmente,mas fui criado em Coromandel,onde tenho orgulho desta cidade é de seus moradores,minha vida hoje e aqui,mas meu coração pertence a Coromandel.

    #4 – 09/08/2017 - 15:35

  3. Marcos's avatarMarcos

    Nací nesta cidade, não existe lugar melhor q esse na terra

    #3 – 03/09/2016 - 17:50

  4. Afonso Batista Pimenta's avatarAfonso Batista Pimenta

    QUERO COMPRAR UM SITIO NESTA CIDADE. DE MAIS OU MENOS 30 A 50 MIL METROS QUADRADO , QUE TENHA ÁGUA E LOCAL DE CRIAR 5 VACAS ,PORCOS ,GALINHAS E UM CAVALO, TAMBÉM UMA CASA NA CIDADE. SE SOUBEREM QUEM TEM ,POR FAVOR ME LIGAR. 015-27-998331951 =ZAP.

    #2 – 22/05/2016 - 01:49

  5. Divinno Marques's avatarDivinno Marques

    Ola, visitei esta cidade a pouco tempo fiquei, alias minha família ficou encantador, ficamos deslumbrados pela hospitalidade das pessoas, receptividade. Gostei... voltarei outra vez, inclusive marquei em meu gps weiser social para que outras pessoas visitem este lugar hospitaleiro.

    #1 – 06/04/2016 - 14:03

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: