Início » Goiás » Campo Limpo de Goiás


Campo Limpo de Goiás - Goiás



Campo Limpo de Goiás faz parte do estado de Goiás.

Desmembrado de Anápolis, sua emancipação se deu em 1997.

A população estimada para o município em 2010 é de 6.270 habitantes.

História da cidade de Campo Limpo de Goiás

As informações que aqui serão relatadas, partem em sua maioria de entrevistas informais e não documentadas. No anos de 1920 a 1930 instala-se na região o Sr. João Cassiano e família, pequeno comerciante, que fornecia local para que os vaqueiros e boiadeiros pudessem pernoitar e acampar. Como a região possui uma vasta região plana foi denominado de Campo Limpo. A família de Rodrigues Nascimento, proprietária de enorme quantidade de terras entre a região do município de Anápolis e Petrolina, representada pelo Sr. Francisco Rodrigues do Nascimento, foi a doadora do terreno à sua Padroeira Santa Terezinha.

Após o seu falecimento a comunidade e as autoridades, trocam o nome do então distrito para Rodrigues Nascimento, distrito este fazendo parte do Município de Anápolis-GO, que era o responsável pela nomeação das autoridades representativas. Nos anos de 1980 a 1990, houve um desenvolvimento que poderia dar embasamento para requerer sua emancipação política. Este desenvolvimento de deu principalmente pela sua crescente concentração de indústrias de cerâmica, um bom pólo de produção leiteira, de sua agricultura sustentável e de uma pecuária em pleno desenvolvimento, viu-se a necessidade de se iniciar uma longa e árdua luta para que pudesse pleitear a emancipação política.

Esta emancipação ocorreu por força de Lei Estadual de nº 13.133, de 21/07/1997. Desde então o distrito de Rodrigues de Nascimento, passou a se denominar Campo Limpo de Goiás. No seu processo democrático, a sua primeira eleição municipal ocorreu no dia 15 de novembro de 2000, onde saiu vitorioso o Sr. Joaquim Silveira Duarte, sendo o primeiro Prefeito Municipal. No dia 1º de Janeiro de 2001, tem início a primeira administração municipal, contando com uma Câmara dos Vereadores com 9 integrantes representantes de todos os segmentos da sociedade.

Nesses primeiros meses de administração, constatou-se que o Município tem boas condições de se auto-sustentar. Problemas existem, principalmente no que tange as instalações físicas, programas específicos à nossa realidade e principalmente a distância física junto aos órgãos governamentais, sejam estaduais ou federais. O processo de municipalização está em andamento, vários projetos estão em processo de execução, outro maior número está sendo elaborado e analisado visando buscar parcerias governamentais e não-governamentais com o objetivo-fim de proporcionar uma melhor qualidade de vida à sua comunidade, seja ela urbana ou rural.

Com a emancipação do município percebe-se o crescimento do número de estabelecimentos comerciais e residenciais, e em consequência cresce também a expectativa de melhoria econômica da região. A sustentabilidade do município baseia-se principalmente na produção de hortifrutigranjeiros, na agricultura, na pecuária leiteira e de corte, de indústrias no ramo de cerâmica, de laticínios e de abatedouros de carne, sendo todos eles licenciados e regulamentados.

A Prefeitura Municipal conta com uma pequena mas eficiente estrutura, ela agrega a Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo, a Secretaria Municipal de Administração e Finanças, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a Secretaria Municipal da Saúde a Secretaria Municipal de Educação, Serviços Sociais, Esporte, Cultura e Turismo. Na área não governamental o município conta com um apoio irrestrito por parte da Pastoral da Criança, Pastoral da Família, Igreja Católica e Evangélicas, Associação dos Moradores, Conselhos instituídos, Associação de Pais e Alunos e algumas mais que estãoem fase de implantação.

Gentílico: campolipense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Rodrigues Nascimento, pela lei municipal nº 413, de 17-07-1963, subordinado ao município de Anápolis.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o distrito de Rodrigues Nascimento, figura no município de Anápolis.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI-1995.

Elevado à categoria de município com a denominação de Campo Limpo de Goiás, pela lei estadual nº 13133, de 21-07-1997, desmembrado de Anápolis. Sede no antigo distrito de Campo Limpo de Goiás ex-Rodrigues Nascimento. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-2001.

Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

O Município de Campo Limpo de Goiás está localizado na Mesorregião do Centro Goiano, na zona fisiográfica do Mato Grosso de Goiás, no início do Planalto Central. A sede municipal está situada a 29º 29′ 07" de latitude sul e 49º 08′ 08" de longitude W. Gr. O Município de Campo Limpo de Goiás limita-se com os municípios de Anápolis e Ouro Verde de Goiás.

O clima do município pode ser considerado como provável clima tropical de altitude e a sua temperatura média não passa dos 20 graus centígrados, variando entre os 15 a 28 graus.

Ladeia uma parte das divisas do município, as Serras da Pedra Sabão e do Sapato Arcado e os seus principais cursos d′água são o Ribeirão João Leite, Córrego das Pedras e Córrego do Cunha.

Fonte: IBGE

Código do Município

5204854

Gentílico

campolimpense

Prefeito

ARIVART ALVES DE SOUSA

População
População estimada [2018]7.636 pessoas  
População no último censo [2010]6.241 pessoas  
Densidade demográfica [2010]39,11 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,3 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]934 pessoas  
População ocupada [2016]12,9 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]33,9 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]97,2 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,7  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,8  
Matrículas no ensino fundamental [2017]1.067 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]217 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]53 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]28 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]2 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]11.314,24 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]88 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,661  
Total de receitas realizadas [2017]18.984,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]17.099,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]18,02 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]2 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]159,557 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]19,1 %  
Arborização de vias públicas [2010]90 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Campo Limpo de Goiás: Imagens da cidade e Região

imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-1
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-2
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-3
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-4
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-5
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-6
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-7
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-8
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-9
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-10
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-11
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-12
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-13
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-14
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-15
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-16
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-17
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-18
imagem de Campo+Limpo+de+Goi%C3%A1s+Goi%C3%A1s n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Campo Limpo de Goiás e arredores.


Você conhece a cidade de Campo Limpo de Goiás? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: