Início » Espírito Santo » Linhares


Linhares - Espírito Santo



Linhares faz parte do estado do Espírito Santo. Encontra-se a uma latitude 19º23′28" sul e a uma longitude 40º04′20" oeste, estando a uma altitude de 33 metros. Sua população em 2010 era de 141.254 habitantes. Possui uma área de 3502km². Linhares é a principal cidade do norte capixaba e a cidade com maior extensão litorânea e maior extensão territorial do estado.

Neste município há duas reservas florestais, a de Sooretama e a da Cia. Vale do Rio Doce. Esta última é o único local onde ainda é encontrada uma árvore rara da Mata Atlântica, a Buchenavia pabstii, em extinção.

História da cidade de Linhares

As inúmeras viagens através dos 800 quilometros do rio Doce e de seus afluentes, à procura de ouro e pedras preciosas em todo o seu litoral foram certamente, as causadoras do surgimento do povoado de Linhares e de outros que margeiam aquele rio, desde Minas Gerais até o Atlântico no Espírito Santo.

A partir de 1573, com o anúncio da descoberta de ouro e esmeraldas pela expedição de Sebastião Fernandes Tourinho, sobrinho do Governador da Capitania de Porto Seguro, o afluxo às minas foi tão intenso que pôr volta de 1710, visando impedir a evasão da produção, o governador Capitão General do Estado do Brasil, D. Lourenço de Almada, determinou a suspensão dos trabalhos e o fechamento de todos os caminhos destinados à exploração.

Só em 1800, com a chegada do novo Governador da Capitania do Espírito Santo, Antônio Pires da Silva Pontes, amigo de D. Rogério de Souza Coutinho, Ministro da Marinha de Portugal, a região voltou a ser articulada, com início da povoação e a criação de quartéis às margens do rio Doce.

O propósito governamental de incentivar a navegação não obteve o êxito esperado, devido às dificuldades que o rio apresentava e aos constantes ataques dos índios botocudos. Em 1803, os indígenas atacaram o Porto de Souza e deixaram o Quartel, conhecido como Coutins, totalmente destruído.

Empossado o Governador Manoel Vieira de Albuquerque Tovar, em 1809, ativou a perseguição aos selvagens e sobre os escombros do Quartel de Coutins, fundou uma povoação a que deu o nome de Linhares, em homenagem a D. Rodrigo de Souza Coutinho, agraciado com o título de Conde de Linhares.

No mesmo ano, chegou D. João Felipe Calmon Du Pin e Almeida, para tomar posse de uma Sesmaria, denominada Fazenda Bom Jardim, onde hoje é o posto agropecuário de Linhares. Em menos de 10 anos, experimentou o cultivo do trigo e do linho, construiu barcas e exportou farinha e açúcar.

Em 1827, foi concedida uma légua de terras em quadra para o patrimônio da Câmara Municipal e, cinco anos depois, foi demarcada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Linhares, elevada a município em 1833.

Gentílico: linharense

Formação Administrativa

Freguesia criada com a denominação de Linhares, por decreto de 26-08-1818.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Linhares, pela resolução do conselho do governo de 02-04-1833. Com sede na povoação de Linhares. Constituído de distrito sede. Instalado em 21-08-1833.

Pela lei municipal de 26-12-1895, é criado o distrito de Mutum e anexado à vila de Linhares.

Pela lei municipal de 27-01-1905, é criado o distrito de Acioli de Vasconcelos e anexado a vila de Linhares.

Pela lei estadual nº 488, de 22-11-1907, é criado o distrito de Colatina e anexado o município de Linhares.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, a vila de Linhares é constituída de 6 distritos: Linhares, Acioli de Vasconcelos e Regência (ex-Barra do Rio Doce) , Colatina, Mascarenhas e Mutum.

Pela lei estadual nº 1045, de 09-12-1915, é criado o distrito de Baixo Guandu e anexado a vila de Linhares.

Pela lei estadual nº 1093, de 05-01-1917, é criado o distrito de Baunilha e anexado a vila de Linhares.

Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 01-09-1920, a vila de Linhares é constituída de 8 distritos: Linhares, Acioli de Vasconcelos, Regência, Baixo Guandu, Baunilha, Colatina, Masacarenhas, Mutum e Regência.

Pela lei estadual nº 1307, de 30-12-1921, a vila de Linhares passou a denominar-se Colatina.

Elevada à condição de cidade, pela lei estadual nº 1317, de 30-12-1921.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, Linhares figura como distrito no município de Colatina.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-12-1936 e 31-12-1937.

Elevado à categoria de município com a denominação de Linhares, pelo decreto-lei estadual nº 15177, de 31-12-1943, desmembrado de Colatina. Sede no antigo distrito de Linhares. Constituído de 2 distritos: Linhares e Regência, desmembrado de Colatina. Não temos a data de Instalação.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 2 distritos: Linhares e Regência.

Pela lei estadual nº 265, de 22-10-1949, são criados os distritos de Desengano, Rio Bananal e São Rafael.

Em divisão territorial datada de 01-07-1955, o município é constituído de 5 distritos: Linhares, Desengano, Regência, Rio Bananal e São Rafael.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960.

Pela lei estadual nº 3293, de 14-09-1973, desmembra do município de Linhares o distrito de Rio Bananal. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 3606, de 13-12-1983, é criado o distrito de Bebedouro e anexado ao município de Linhares.

Pela lei estadual nº 3585, de 10-11-1983, é criado o distrito de Córrego D`água e anexado ao município de Linhares.

Pela lei estadual nº 3608, de 13-12-1987, é criado o distrito de São Jorge da Barra Seca e anexado ao município de Linhares.

Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 7 distritos: Linhares, Bebedouro, Corrego D`água, Desengano, Regência, São Jorge da Barra Seca e São Rafael.

Em divisão territorial datada de 01-06-1995, o município é constituído de 6 distritos: Linhares, Bebedouro, Corrego D`água, Desengano, Regência e São Rafael.

Em divisão territorial datada de 15-07-1997, o município é constituído de 5 distritos: Linhares, Bebedouro, Desengano, Regência e São Rafael.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 3.504,137: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 52: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 23.261: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 5.109: matrículas
Número de unidades locais: 4.269: unidades
Pessoal ocupado total: 49.239: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 32.932,96: reais
População residente : 141.306: pessoas
População residente - Homens: 70.415: pessoas
População residente - Mulheres: 70.891: pessoas
População residente alfabetizada: 115.741: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 42.363: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 81.425: pessoas
População residente, religião espírita: 602: pessoas
População residente, religião evangélicas: 42.697: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.209,52: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.571,29: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 300,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 533,33: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,724:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Linhares: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Linhares? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: