Início » Bahia » Caculé


Caculé - Bahia



Caculé faz parte do estado da Bahia, distante cerca de 782 quilômetros da capital. A população avaliada em 2010 era de 22.236 habitantes.

A lei estadual nº 1.365, de 14 de agosto de 1919, criou o Município de Caculé, com território desmembrado do de Caetité.

A sua instalação ocorreu a 1 de janeiro de 1920. Desta maneira foi o arraial de Caculé elevado à categoria de vila. Em 30 de março de 1938, a vila de Caculé transformou-se em cidade.

História da cidade de Caculé é um município brasileiro do estado da Bahia, distante cerca de 782 quilômetros da capital. A população avaliada em 2005 era de 21.922 habitantes. IBGE

Formação Administrativa

A lei estadual nº 1.365, de 14 de agosto de 1919, criou o Município de Caculé, com território desmembrado do de Caetité. A sua instalação ocorreu a 1 de janeiro de 1920. Desta maneira foi o arraial de Caculé elevado à categoria de vila. Em 30 de março de 1938, a vila de Caculé transformou-se em cidade.

O Decreto-lei estadual nº 519, de 19 de junho de 1945, criou a Comarca de Caculé constituída pelo termo único de idêntico nome, desmembrado da de Caetité. Segundo o quadro administrativo do País, vigorante em 1 de janeiro de 1960, o Município é composto de 4 distritos: Caculé, Ibiassucê, Ibitira e Rio do Antônio.

Nas terras que hoje integram o Município de Caculé existiu primeiro a Fazenda Jacaré, de propriedade de Dona Rosa Prates: estendiam-se elas de Jacaré, povoado do distrito de Ibiassucê, até os atuais limites do distrito de Caculé.

Em 1860, Dona Rosa doou um terreno ao Santíssimo Coração de Jesus, para ser erigida uma capela sob essa invocação, no local onde atualmente se ergue a cidade.

A tradição registra que um escravo da fazendeira Manoel Caculé - após a abolição da escravatura passou a morar à margem de uma lagoa existente no local.

Os viajantes que tomavam aquela direção, ao se cruzarem pelo caminho, perguntavam, uns aos outros, de onde vinham e para onde iam, e a resposta era sempre a mesma: lagoa do Caculé. Este nome passou assim a designar o acidente geográfico, depois o povoado e mais tarde estendeu-se a todo o Município

Fonte: Wikipédia

Fonte: WIKIPEDIA

Autor do Histórico: ZENY PEREIRA AZEVEDO

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 610,983: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 8: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.027: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 936: matrículas
Número de unidades locais: 672: unidades
Pessoal ocupado total: 3.295: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 12.764,03: reais
População residente : 22.236: pessoas
População residente - Homens: 11.137: pessoas
População residente - Mulheres: 11.099: pessoas
População residente alfabetizada: 16.753: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 6.036: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 19.858: pessoas
População residente, religião espírita: 29: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.494: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.061,91: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.538,82: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 265,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 333,75: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,637:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Caculé: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Caculé? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: