Início » São Paulo » Ibitinga


Ibitinga - São Paulo



Ibitinga faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 21º45′28" sul e a uma longitude 48º49′44" oeste, estando a uma altitude de 491 metros. A população avaliada em 2004 era de 50 918 habitantes. Possui uma área de 688,7km². O município possui um distrito chamado Cambaratiba.

Ibitinga é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do estado para a promoção do turismo regional. O município também adquire o direito de agregar, junto ao seu nome, o título de "estância turística", termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

A origem do nome "Ibitinga" é tupi, significando "terra branca", através da junção dos termos:

História da cidade de IBITINGA SãO PAULO

Em 1842, os mineiros de Santo Antônio do Machado, Miguel Pereira Landim e Pedro de Oliveira o "velho Amaro", e suas famílias , fixaram-se às margens do Ribeirão dos Porcos, região conhecida como " Boa Vista ".

Em 1856, quando Pedro Alves de Oliveira adquiriu a propriedade Boa Vista, começaram a surgir as primeiras divergências entre os Landims e os Amaros, cuja separação foi determinado pela escritura lavrada na aquisição.

Os Amaros dirigiam-se para um lado, onde fundaram um novo povoado, denominando-o Boa Vista da Pedra ( atual Itápolis ).

Os Landims dirigiam-se para as imediações da corredeira Vamicanga, no rio Tietê. Contudo os silvícolas ali instalado não possibilitaram sua fixação. Retiraram-se alguns quilômetros até as margens do córrego São Joaquim, onde fundaram a Vila do Senhor Bom Jesus de Ibitinga (o tupi-guarani, yby= terra, tinga =branca, significando terra branca ).

O povoado teve início com a construção de uma capela por José Custódio e irmãos Landim.

Em 1870, Miguel Landim e sua mulher fizeram doação à Mitra Diocesana, de um quarto de légua de terras onde se instalou a Vila Ibitinga.

Em abril de 1885, foi criado o Distrito de Paz e no ano seguinte, o Curato de Ibitinga. Inicio-se, assim o progresso da povoação, sendo instalada, em 1887, uma agência do Correios e, dois anos depois, a primeira escola.

Uma lei posterior transferiu a sede e o nome da comarca para Boa Vista das Pedras. Retornou a Ibitinga e novamente a Boa Vista das Pedras, isso em 1910, assim permanecendo. Uma nova comarca, a de Ibitinga, foi criada a 1922.

Nessa época, foram introduzidos em Ibitinga vários melhoramentos, tais como inauguração da estação da ferrovia, rede de luz elétrica, grupo escolar, etc.

GENTíLICO: IBITINGUETAENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Ibitinga, por Lei Provincial nº 105, de 21 de abril de 1885, no Município de Araraquara.

Elevado a categoria de vila com a denominação de Ibitinga, por Decreto no 66, de 04 de julho de 1890, desmembrado de Araraquara. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 06 de agosto de 1890.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Ibitinga se compõe de 2 Distritos: Ibitinga e Tabatinga.

Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o Município de Ibitinga se compõe de 3 Distritos: Ibitinga, Tabatinga e Nova Europa.

Lei Estadual no 2085, de 18 de dezembro de 1925, desmembra do Município de Ibitinga os Distritos de Tabatinga e Nova Europa.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Ibitinga figura com o Distrito Sede.

Decreto no 6510, de 22 de junho de 1934, cria o Distrito de Cambará e incorpora ao Município de Ibitinga.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decretolei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Ibitinga compreende o único termo judiciário da comarca de Ibitinga e se divide em 2 Distritos: Ibitinga e Cambará.

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Município de Ibitinga é composto dos seguintes Distritos: Ibitinga e Cambará, e é termo único da comarca de Ibitinga.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Ibitinga ficou composto dos Distritos de Ibitinga e Cambaratiba (Ex-Cambará) e constitui o único termo judiciário da comarca de Ibitinga, a qual é formada pelos Municípios de Ibitinga e Borborema.

Permanece composto dos Distritos de Ibitinga e Cambaratiba, comarca de Ibitinga, nos quadros territoriais fixados pelas Leis Estaduais nos 233, de 24-XII-1948 e 2456, de 30-XII-1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos de 1949-53 e 1954-58.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 Distritos: Ibitinga e Cambaratiba.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 689,391: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 15: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 6.203: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 1.795: matrículas
Número de unidades locais: 2.393: unidades
Pessoal ocupado total: 16.743: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 20.825,19: reais
População residente : 53.158: pessoas
População residente - Homens: 26.212: pessoas
População residente - Mulheres: 26.946: pessoas
População residente alfabetizada: 46.781: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 12.549: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 36.022: pessoas
População residente, religião espírita: 1.111: pessoas
População residente, religião evangélicas: 12.488: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 2.075,84: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.520,54: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 510,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 600,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,747:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Ibitinga: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Ibitinga? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: