Início » São Paulo » Tietê


Tietê - São Paulo



Tietê faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 23º06′07" sul e a uma longitude 47º42′53" oeste, estando a uma altitude de 508 metros. A população avaliada em 2009 era de 36 211 habitantes. Possui uma área de 392,509 km². O que corresponde a uma densidade populacional de 86,6 hab/km².

A história de Tietê teve origens com os bandeirantes que desbravavam o interior paulista navegando pelo rio Tietê.

A fertilidade do solo atraiu grande número de aventureiros e pessoas afeitas à lavoura que vieram para cá. Quase na embocadura do Ribeirão do Pito Acesso (Ribeirão da Serra), estava localizado o ancoradouro das canoas que, formando as monções demandavam de Cuiabá carregados de ouro e pedras preciosas. À margem do rio, moradores construíram as primeiras habitações formando assim o vilarejo Pirapora do Curuçá. Ele recebeu esse nome devido a uma pedra localizada à margem esquerda do rio, que os índios chamavam Curuçu-Guaçu (que em tupi significa cruz) pois, nela havia uma cruz entalhada.

História da cidade de TIETê SãO PAULO

Banhados pêlos rios Tietê, Sorocaba e Capivari, o território hoje ocupado pelo Município de Tietê, foi povoado a partir do fim do século XVII, em virtude da fertilidade dos solos próprios para cultura da cana de açúcar, que atraiu sesmeiros e posseiros.

Ao iniciar o século XIX já existia um núcleo com o nome de Pirapora que, a pedido dos seus moradores, recebeu uma paróquia do Bispado de São Paulo.

Em 1811, o povoado foi elevado à condição de freguesia, com o nome de Santíssima Trindade de Pirapora.

As terras para constituição do patrimônio da freguesia, recém criada foram doadas por Pedro Vaz de Almeida e pelo Alferes José Antônio Paes.

A pedido dos seus habitantes ao Governo Provincial, em março de 1842, Pirapora foi elevada a Vila, que na segunda metade do século XIX, já contava com correio, jornal, arruamento e estação da Estrada de Ferro Sorocabana.

Em 1867, a Vila de Santíssima Trindade de Pirapora foi elevada à cidade, com o nome de Tietê, derivado do importante rio que banha sua sede e que no tupi, "ti-etê", significa rio verdadeiro.

GENTíLICO: TIETêENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Santíssima Trindade de Pirapora, por Alvará de 03 de agosto de 1811, no Município de Porto Feliz.

Elevado à categoria de Município com a denominação de Pirapora de Curuçá por lei provincial nº 24, de 08 de março de 1842, desmembrado de Porto Feliz com sede no povoado de Pirapora do Curuçá . Sua instalação verificou-se no dia 07 de janeiro de 1845.

Cidade com a denominação de Tietê por lei provincial nº 33, de 19 de julho de 1867.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Tietê se compõe de 3 Distritos: Tietê, Laranjal e Conchas.

Lei Estadual nº 1513, de 04 de dezembro de 1916, desmembra do Município de Tietê

o Distrito de Conchas. Lei Estadual nº 1555, de 08 de outubro de 1917, desmembra do Município de Tietê o Distrito de Laranjal. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Tietê figura igualmente com 3 Distritos: Tietê, Cerquilho e Laras.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Tietê compreende o único termo judiciário da comarca de Tietê e permanece com 3 Distritos: Tietê, Cerquilho e Lavras, sendo que em 1938, o último Distrito citado, denomina-se Laras( ex-Lavras).

Decreto-lei Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, desmembra do Município de Tietê o Distrito de Laras (Ex-Lavras). Indo seu território incorporar ao Município de Laranjal.

Decreto nº 10069, de 24 de março de 1939, cria o Distrito de Jurumirim e incorpora ao Município de Tietê.

Em 1939-1943 o Município de Tietê é composto de 3 Distritos: Tietê, Jurumirim e Cerquilho e é termo da comarca de Tietê, formada de 1 único termo, Tietê, termo formado por 3 Municípios: Tietê, Conchas e Laranjal.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Tietê ficou composto dos Distritos de Tietê, Cerquilho e Jurumirim, e constitui o único termo judiciário da comarca de Tietê, a qual é formada pêlos Municípios de Tietê e Laranjal Paulista.

Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembra do Município de Tietê o Distrito do Cerquilho.

Aparece nos quadros fixados pela Lei Esadual nº 2456, de 30-XII-1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958, composto dos Distritos de Tietê e Jurumirim.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Lei Estadual nº 9330, 27 de dezembro de 1995, desmembra do Município de Tietê o Distrito Jurumim.

Em divisão territorial datada de 15-07-1997, o Município de Tietê e constituído do Distrito Sede.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Tietê: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Tietê? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: