Início » Rio Grande do Sul » Arroio do Meio


Arroio do Meio - Rio Grande do Sul



Arroio do Meio faz parte do estado do Rio Grande do Sul.

A área hoje ocupada pelo município de Arroio do Meio pertencia, até sua emancipação, aos municípios de Lajeado e Encantado. O município encontra-se às margens do Rio Taquari.

Sua denominação, ao que tudo indica, parece ter-se originado da existência de três arroios vizinhos: o Grande, o do Meio, e o Forqueta, estando localizado, evidentemente, entre os outros dois.

História da cidade de A denominação do município provém da existência de três arroios vizinhos: o Grande, o do Meio e o Forqueta, estando localizado, evidentemente, entre os dois.

Primitivamente seu território esteve coberto por densa mata virgem. Em 1636 seu solo deve ter sido cruzado pela bandeira de Antônio Raposo Tavares, que, vindo do norte, fazia uma terrível investida contra os jesuítas.

Essa região, ao que parece, era povoada por índios bastante agressivos, impermeáveis à influência jesuítica.

No valioso trabalho de Dante de Laytano, "Taquari e a História Documental de sua fundação", encontra-se o que seja talvez a mais antiga sesmaria concedida em terras de Arroio do Meio, concedida em 1816, pelo Marques de Alegrete, era composto por meia légua em quadro, a Ricardo José Villanova, às

margens do Rio Taquari, tendo como limite Sul o Rio Forqueta.

Pouco depois é agraciado com outra sesmaria, Bernardo Joaquim da Silva, também com meia légua em quadro, ao lado da sesmaria de Ricardo José Villanova, tendo como limite Sul e Leste o Rio Taquari.

Por essa época, já se haviam retirado para o Norte os índios "Patos", inicialmente pressionados pelos Tapes, Guanáas e Botucaraís, e pelos portugueses, que em 1764, já fundavam o hoje município de Taquari. No século XVIII, o distrito de Taquari, abrangia toda a área da bacia do mesmo rio, e portanto, Arroio do Meio.

Em 1853 foi fundada a colônia de Arroio do Meio, com elementos brasileiros e alemães. época em que no Vale do Taquari, se organizam núcleos populacionais teuto-brasileiros. Os processos agrícolas não parecem inicialmente ter atingido grandes resultados, desde que a primeira e trabalhosa atividade era a derrubada das matas, depois a queimada, para finalmente dar início ao plantio.

Entre 1870 e 1880, grande parte das terras pertencia a Joaquim Filaho de Vargas, sendo praticamente inexploradas. Suas propriedades foram adquiridas pelos colonizadores, que logo iniciaram a penetração e o desbravamento. Dedicaram-se em especial à agricultura, cultivando milho, feijão e trigo.

A revolução de 1893 atingiu em muito pouco a localidade, somente a 1º de dezembro daquele ano, houve um tiroteio entre o Coronel Santos Filho, que perseguia os revolucionários, e um destacamento destes.

A povoação que gerou a cidade, estava assentada sobre uma modesta elevação, à margens do Rio Taquari. Situada em região de fácil escoamento para a produção local, era um porto fluvial de razoável importância. O escoamento da produção era feito para a cidade de Porto Alegre, através dos Rios Taquari e Jacuí.

Em 1922, Arroio do Meio Constituía o 4º distrito de Lajeado, contando com a freguesia de Nossa Senhora da Purificação de Arroio do Meio, criada por Provisão de 9 de Maio de 1916. Contava também com um Templo Protestante.

Os habitantes da região provinham de três tipos étnicos: descendentes de portugueses, italianos e alemães. Em 1872, chegaram mais colonos no município, a sua maioria de origem alemã, mas também de outras etnias, como italianos, portugueses e remanescentes de africanos, desencadeando assim o processo de colonização. Os italianos estabeleceram-se nas partes mais altas, que correspondem aos atuais municípios de Pouso Novo, Travesseiro, Capitão e Nova Bréscia.

O desenvolvimento da região atingiu tal incremento que, em 28 de Novembro de 1934, foi promulgado a município, constituíndo-se com o nome de Arroio do Meio, abrangendo os territórios de 4º distrito de Lajeado, partes de 5º e 7º distritos, também de Lajeado e, parte do 5º distrito de Encantado. O município foi instalado a 2 de Janeiro de 1935.

Conforme estimativa do D. E. E. de 1º de Janeiro de 1956, o município possuía 27.050 habitantes, distribuídos em uma área de 494 km. Eram 54,76 hab/Km.

CARACTERíSTICAS

Gentílico: Arroiomeense

Data de Emancipação: 28 de novembro de 1934

Distritos: Sede, Forqueta, Palmas e Arroio Grande

Limites:

Norte: Capitão e Travesseiro; Sul: Estrela e Colinas; Leste: Roca Sales e Encantado; Oeste: Lajeado.

População: 18.079 habitantes (censo 2007)

(25% residem na zona rural e 75% na zona urbana)

Área: 153,70 Km

(representando 0,0571% da área do RS)

Altitude: 43m acima do nível do mar

Clima: Sub-tropical úmido

Padroeira: Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Eleitores: 14.207 (maio/2006)

Distâncias:

Porto Alegre - 126 Km

Lajeado: - 6 Km

Encantado - 21 Km

Capitão - 21 Km

Travesseiro - 22 Km

Rodovias de Acesso: BR 386, RS 130

- Economia

Em 2007, Arroio do Meio se consolidou pelo segundo ano consecutivo como a segunda economia do Vale do Taquari (composto por 36 municípios). Os setores de Indústria e Comércio representam mais de 60% da economia do Município.

A Agricultura cresce gradativamente, e hoje o município ostenta o 3º lugar em abate de suínos do Estado. São mais de 20 programas diferentes que dão o suporte necessário para o agricultor avançar nesta empreitada. Existem aproximadamente 1.965 propriedades agrícolas no município.

Composição da riqueza:

Agricultura Indústria Comércio Serviços e Outros Total

25,01% 51,82%11,88% 11,29% 100%

Agricultura:

Produtos:

1.Milho

2.Soja

3.Hortaliças

4.Trigo

5.Fumo

Produção Animal:

Suínos, Aves e Bovinos

Indústria, Comércio e Serviços:

Estabelecimentos Comerciais: 341 (Atacadistas e Varejistas)

Estabelecimentos Industriais: 196

Estabelecimentos de Serviço: 86

Total: 623

Empresas e estabelecimentos que contribuem para a formação do índice ICMS.

Prestadoras de Serviços e Contribuintes do ISS: 227

- Educação

Na área da Educação, professores qualificados e comprometidos ajudam a formar cidadãos cada vez mais preparados para o futuro. A reprovação escolar diminuiu nos últimos anos e o Município foi honrado pelo Ministério da Educação com o Selo Município Livre do Analfabetismo (junho 2007) e com o Certificado de Bom Desenvolvimento Educacional pela Contribuição à Melhoria da Qualidade da Educação Básica Pública (junho 2007).

Escolas Comunitárias de Educação Infantil: 07

Escolas de Ensino Fundamental

Municipais: 13

Estaduais: 01

Particulares: 01

Escolas de Ensino Médio

Estaduais: 01

Particulares: 01

Fonte: IBGE PREFEITURA MUNICIPAL SECRETAIA DA AGICULTURA DO ESTADO DO RS

Autor do Histórico: JONES DOMINGO BIANCHETTI

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.






































Aniversários dos Municípios



























<: Voltar









Selecionar local









Estados















Municípios



Todos

Por estado





Selecione o estado:



  • Acre

  • Alagoas

  • Amapá

  • Amazonas

  • Bahia

  • Ceará

  • Distrito Federal

  • Espírito Santo

  • Goiás

  • Maranhão

  • Mato Grosso

  • Mato Grosso do Sul

  • Minas Gerais

  • Paraná

  • Paraíba

  • Pará

  • Pernambuco

  • Piauí

  • Rio Grande do Norte

  • Rio Grande do Sul

  • Rio de Janeiro

  • Rondônia

  • Roraima

  • Santa Catarina

  • Sergipe

  • São Paulo

  • Tocantins








0 de5570 municípios









Nenhum município encontrado.












Nenhum município encontrado.





























Código do Município



4301008




Gentílico



arroio-meense




Prefeito



KLAUS WERNER SCHNACK































































































































































































































































































































































































































































































































































População

População estimada
[2018]


20.637

pessoas  :






População no último censo
[2010]


18.783

pessoas  :






Densidade demográfica
[2010]


118,91

hab/km²  :








Trabalho e Rendimento

Salário médio mensal dos trabalhadores formais
[2016]


2,1

salários mínimos  :






Pessoal ocupado
[2016]


8.208

pessoas  :






População ocupada
[2016]


40,7

%  :






Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo
[2010]


17,1

%  :








Educação

Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade
[2010]


99,8

%  :






IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental
[2015]


6.4

 :






IDEB – Anos finais do ensino fundamental
[2015]


5.5

 :






Matrículas no ensino fundamental
[2017]


2.020

matrículas  :






Matrículas no ensino médio
[2017]


502

matrículas  :






Docentes no ensino fundamental
[2015]


149

docentes  :






Docentes no ensino médio
[2017]


39

docentes  :






Número de estabelecimentos de ensino fundamental
[2017]


15

escolas  :






Número de estabelecimentos de ensino médio
[2017]


2

escolas  :








Economia

PIB per capita
[2015]


46.828,78

R$  :






Percentual das receitas oriundas de fontes externas
[2015]


78,2

%  :






Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)
[2010]


0.769

 :






Total de receitas realizadas
[2017]


74.593,00

R$ (×1000)  :






Total de despesas empenhadas
[2017]


66.200,00

R$ (×1000)  :








Saúde

Mortalidade Infantil
[2014]


7,33

óbitos por mil nascidos vivos  :






Internações por diarreia
[2016]


2,7

internações por mil habitantes  :






Estabelecimentos de Saúde SUS
[2009]


9

estabelecimentos  :








Território e Ambiente

Área da unidade territorial
[2017]


157,957

km²  :






Esgotamento sanitário adequado
[2010]


50

%  :






Arborização de vias públicas
[2010]


94,7

%  :






Urbanização de vias públicas
[2010]


27,1

%  :








Notas &: Fontes











Notas:




  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100



  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100



  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100



  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.



  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000



  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100



  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100



  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100








Fontes:




  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018



  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011



  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)



  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010



  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus -
    SUFRAMA



  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015



  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD



  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014



  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente



  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009



  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística



  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010



  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010


















População

















População no último censo

18783 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1754º





No Estado


1º

497º



109º






Na micro região


1º

31º



6º







Acessar página de ranking










Densidade demográfica

118.91 hab/km²





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



601º





No Estado


1º

497º



51º






Na micro região


1º

31º



5º



























Pirâmide Etária






















































































100 ou mais















95 a 99
90 a 94
85 a 89
80 a 84
75 a 79
70 a 74
65 a 69
60 a 64
55 a 59
50 a 54
45 a 49
40 a 44
35 a 39
30 a 34
25 a 29
20 a 24
15 a 19
10 a 14
5 a 9
0 a 4
Homens  :  :  :  :  :  :  :  :  :  : Mulheres
Brasil












População residente por religião

( Unidade:
pessoas

)







Católica apostólica romana




Evangélica




Espírita




































Trabalho e Rendimento








Em 2016, o salário médio mensal era de 2.1 salários mínimos.
A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 40.7%.
Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 275 de 497 e 38 de 497, respectivamente.
Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 1368 de 5570 e 160 de 5570, respectivamente.
Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 17.1% da população nessas condições, o que o colocava na posição 470 de 497 dentre as cidades do estado e na posição 5538 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Salário médio mensal dos trabalhadores formais

2.1 salários mínimos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1368º





No Estado


1º

497º



275º






Na micro região


1º

31º



16º







Acessar página de ranking










Pessoal ocupado

8208 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



703º





No Estado


1º

497º



74º






Na micro região


1º

31º



5º







Acessar página de ranking










População ocupada

40.7 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



160º





No Estado


1º

497º



38º






Na micro região


1º

31º



6º


















Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo

17.1 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



5538º





No Estado


1º

497º



470º






Na micro região


1º

31º



23º




































Educação








Em 2015, os alunos dos anos inicias da rede pública da cidade tiveram nota média de 6.4 no IDEB.
Para os alunos dos anos finais, essa nota foi de 5.5.
Na comparação com cidades do mesmo estado, a nota dos alunos dos anos iniciais colocava esta cidade na posição 68 de 497.
Considerando a nota dos alunos dos anos finais, a posição passava a 8 de 497.
A taxa de escolarização (para pessoas de 6 a 14 anos) foi de 99.8 em 2010.
Isso posicionava o município na posição 43 de 497 dentre as cidades do estado e na posição 134 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade

99.8 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



134º





No Estado


1º

497º



43º






Na micro região


1º

31º



4º


















IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental

6.4





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



714º





No Estado


1º

497º



68º






Na micro região


1º

31º



12º


















IDEB – Anos finais do ensino fundamental

5.5





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



154º





No Estado


1º

497º



8º






Na micro região


1º

31º



1º



























Matrículas

( Unidade:
matrículas

)







Ensino pré-escolar




Ensino fundamental




Ensino médio




Ensino superior




































Economia

















PIB per capita

46828.78 R$





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



292º





No Estado


1º

497º



52º






Na micro região


1º

31º



2º







Acessar página de ranking










Percentual das receitas oriundas de fontes externas

78.2 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3951º





No Estado


1º

497º



292º






Na micro região


1º

31º



25º


















Total de receitas realizadas

74593 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1195º





No Estado


1º

497º



102º






Na micro região


1º

31º



5º







Acessar página de ranking










Total de despesas empenhadas

66200 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1223º





No Estado


1º

497º



97º






Na micro região


1º

31º



5º







Acessar página de ranking




























Saúde








A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 7.33 para 1.000 nascidos vivos.
As internações devido a diarreias são de 2.7 para cada 1.000 habitantes.
Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 230 de 497 e 86 de 497, respectivamente.
Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 3792 de 5570 e 1252 de 5570, respectivamente.




















Mortalidade Infantil

7.33 óbitos por mil nascidos vivos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3792º





No Estado


1º

497º



230º






Na micro região


1º

31º



11º







Acessar página de ranking










Internações por diarreia

2.7 internações por mil habitantes





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1252º





No Estado


1º

497º



86º






Na micro região


1º

31º



8º




































Território e Ambiente








Apresenta 50% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 94.7% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 27.1% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).
Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 235 de 497, 112 de 497 e 173 de 497, respectivamente.
Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 2233 de 5570, 961 de 5570 e 1387 de 5570, respectivamente.




















Esgotamento sanitário adequado

50 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2233º





No Estado


1º

497º



235º






Na micro região


1º

31º



12º


















Arborização de vias públicas

94.7 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



961º





No Estado


1º

497º



112º






Na micro região


1º

31º



9º


















Urbanização de vias públicas

27.1 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1387º





No Estado


1º

497º



173º






Na micro região


1º

31º



20º





































© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística| v4.3.8.18.9


































Arroio do Meio: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Arroio do Meio? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: