Início » Paraíba » Puxinanã


Puxinanã - Paraíba



Puxinanã é uma cidade localizada na Região Metropolitana de Campina Grande, estado da Paraíba. Sua população em 2011 foi estimada pelo IBGE em 12.995 habitantes, distribuídos em 73 km² de área.

No município a maioria dos habitantes residem na zona rural, caracterizando Puxinanã como um município de aspecto agropécuario. Em questão a religiosidade, os destaques são as duas principais vertentes do Cristianismo: Católica, tendo como templo a "Igreja Nossa Senhora do Carmo" (majoritariamente professada pela população) e a Protestante, destacando-se a igreja evangélica "Assembleia de Deus", cujo número de adeptos cresce em ritmo acelerado. A festa da padroeira do município ocorre no dia 16 de julho, onde anualmente é feita uma procisão com um andor da imagem peregrina da santa, por algumas ruas do município. Muitas pessoas mostram aos jovens aspectos de uma tradição antiga, que é a de enfeitar a porta das casas onde a imagem irá passar. Isso mostra a preservação da cultura que se encontra, em certos aspectos, exaurida. O município desfruta de um comércio razoável, que permite o suprimento de necessidades fundamentais aos moradores, lhes oferecendo uma qualidade de vida razoavelmente boa, se comparada com cidades de mesmo porte e da mesma região. Em 2008, o município se encontrava com um grave problema de falta de água, pois não choveu suficiente para reparar a perda de águao do açude que, por não ter sido alimentado pela sangria das barragens superiores, ameçou atingir o estado de calamidade pública. O açude esteve em estado de observação com apenas 6.7% de volume total. Se esse valor baixar para 5% o açude entra em situação crítica.

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

História da cidade de Puxinanã Paraíba - PB

Para chegarmos à formação do atual município de Puxinanã, é preciso que antes seja mencionada a construção da barragem que se situa hoje junto à Sede Municipal, pois a construção dessa barragem foi o ponto de partida para a ocupação e colonização da região. Através de autorização do governador João Suassuna, no ano de mil novecentos e vinte e quatro, tiveram início as obras da barragem que servia para o abastecimento de água à Campina Grande. Anteriormente já existiam no local algumas casas de propriedade de José Fidélis e Severino José de Melo, além de alguns sítios mais afastados como os de Antônio Gomes do Nascimento e da família Pereira da qual o governo do Estado adquiriu o terreno para a construção do açude.

Com o projeto para ser iniciado, chegou ao local o engenheiro Rômulo Campos para a realização de estudos mais específicos e a implantação do canteiro de obras. A Igreja que é hoje a matriz do município foi doada por Antônio Gomes do Nascimento e começou a ser construída no ano de mil novecentos e cinquenta e cinco. Dando-se início à construção da barragem, ali chegaram muitos trabalhadores que começaram a estabelecer-se a construir suas casas, formando o que se poderia chamar a início de uma povoação. No dia dez de dezembro de mil novecentos e cinquenta e três, quando da criação do município de Pocinhos, Puxinanã, que pertencia à Campina Grande, passou a fazer parte, administrativamente, do recém-criado município.

Com o desenvolvimento da povoação, muitos habitantes começaram a lutar pela emancipação política do povoado. Entre esses bravos pioneiros da emancipação, podemos citar a família Zoroatro Coutinho, Justino de Azevedo, Pedro Rodrigues Sobrinho. Graças ao empenho de todos, a emancipação veio a onze de dezembro de mil novecentos e sessenta e um através da Lei número dois mil seiscentos e onze.

Gentílico: puxinanaense

Formação Administrativa

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de Campina Grande o distrito de Puxinanã.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela lei estadual nº 986, de 10-12-1953, o distrito de Puxinanã deixa de pertencer ao município de Campina Grande para ser anexado ao novo município de Pocinhos.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Puxinanã, figura no município de Pocinhos.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Puxinanã, pela lei estadual nº 2611, de 11-12-1961, desmembrado de Pocinhos. Sede no antigo distrito de Puxinanã. Constituído do distrito sede. Instalado em 28-12-1962.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Transferência distrital

Pela lei estadual nº 986, 10-12-1953, transfere o distrito de Puxinanã do município de Campina Grande para o novo município de Pocinhos.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Puxinanã: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Puxinanã? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: