Início » Pará » Tomé-Açu


Tomé-Açu - Pará



Tomé-Açu faz parte do estado do Pará. Encontra-se a uma latitude 02º25′08" sul e a uma longitude 48º09′08" oeste, estando a uma altitude de 45 metros. A população avaliada em julho de 2009 era de 48.607 habitantes.

Em 1938, conforme Decreto-Lei Estadual nº 2.972, de 31 de março, a divisão territorial do estado do Pará compreendia 27 (vinte e sete) comarcas, 47 (quarenta e sete) termos judiciários, 51 (cinquenta e um) municípios e 246 (duzentos e quarenta e seis) distritos. Em 1943, por força do Decreto-Lei Estadual nº 4.505, de 30 de dezembro, o Pará passou a contar com 57 municípios. Outros foram criados depois.

Em 1988, a divisão territorial do estado do Pará foi alterada, com a criação de 18 (dezoito) municípios. Em 1991, mais 23 (vinte e três) foram criados. No período de 1993 a 1996, mais 15 (quinze) foram constituídos, ficando o território paraense com o total de 143 (cento e quarenta e três) municípios.

História da cidade de Tomé-Açu Pará - PA

O TERRITóRIO do atual município de Tomé-Açu está localizado na zona fisiográfica guajarina. No período da 2º Guerra Mundial, abrigou japoneses, alemães e italianos, que trabalhavam na agricultura, sob a guarda da Polícia Militar do Estado do Pará. Naquela época, a localidade já contava com um armazém da Companhia Estadual de Tomé-Açu, CETA, que fornecia mantimentos para os prisioneiros da Guerra.

Em 1934, chegou de Singapura um navio com japoneses, entre eles Makinosuke Usui, que portava consigo 32 mudas de pimenta-do-reino, não nativas, das quais poucas vingaram . Dois anos depois, coube a Tomoji Kato a replantação das duas mudas restantes. Essa iniciativa foi logo seguida e, em 1944, já existia, ali, considerável número de pimentais.

Com o término da Guerra, inúmeros colonos afluíram para lá e, em pouco tempo, a localidade transformou-se num povoado com predominância de brasileiros e nipônicos. A partir daí várias cooperativas foram sendo instaladas, e, em 1955, Tomé-Açu adquiriu categoria de município, desmembrando-se de Acará. Entretanto, no ano seguinte, foi extinto, até que, obteve emancipação político-administrativo.

Atualmente, Tomé-Açu possui um dos mais modernos laboratórios de pesquisa e experimentação agrícola do Brasil, que é o Instituto Experimental Agrícola Tropical da Amazônia - INATAM, implantado em 1974.

Aos habitantes locais dá-se a denominação de tomeaçuenses.

Gentílico:tomé-açuense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Tomé-Açu, pela lei estadual nº 1127, de 11-03-1955, desmembrado de Acará. Sede no atual distrito de de Tomé-Açú ex-povoado. Constituído do distrito sede.

Pelo Acórdão do Superior Tribunal Federal, de 04-10-1955, o município é extinto, sendo sua área anexado ao município de Acará.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Tomé-Açú, pela lei estadual nº 1725, de 17-08-1959, desmembrado de Acará. Sede no atual distrito de Tomé-Açú ex-povoado. Constituído do distrito sede. Não temos a data de instalação do município.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituido do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Tomé-Açu: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Tomé-Açu? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: