Início » Maranhão » Araioses


Araioses - Maranhão



Araioses faz parte do estado do Maranhão. Possui uma população de 42.505 habitantes (Estimativa de 2010).

Araioses já foi Aldeia, Povoado e Vila, passou a condição de cidade no dia 29 de março de 1938 (74anos), pela Lei Estadual nº 045. A religião católica é predominante no município sendo festejada anualmente a Padroeira de Araióses Nossa Senhora da Conceição de 29 de nov. a 08 de dez. na Igreja Matriz da cidade e vários outros santos na sede e no interior do município.

Seus principais pontos turísticos são: as praias do Farol, da ilha do Caju, Barra do Meio, dos Guarás e dos Poldros; as ilhas do Caju, Canárias, dos Poldros, do ilha do passeio e outras quase 60 ilhas do Delta das Américas dentro dos limites do município, em sua esfera continental conta também com Cana-brava, São Raimundo, Balneário de Ponta Grossa, Mangueira, Mexeira, Melancia etc. localidades nas margens do Rio Magu, cuja água é cristalina e de pura beleza. No povoado de Aldeia está localizado o cemitério indígena onde foi sepultado o fundador de Araióses João de Deus Magu, na sede municipal os principais pontos são a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição datado do ano de 1748, a Praça Viva Araióses e a Ilha de Barreiras. As atividades econômicas do município são: a agricultura, a pesca, o comércio, o turismo e a coleta de caranguejo.

História da cidade de Araioses Maranhão - MA

A origem de Araioses dá por volta de 1769, quando um grupo de índios separados dos Tremenbés, tribo que habitava grande parte do litoral maranhense e passaram a se autodenominarem de Araios, se instalaram no local onde é atualmente o povoado de Aldeias e ali viviam da caça, da pesca, do plantio de Mandioca e do milho.

No dia 22 de abril de 1741 chegou a aldeia dos índios Araios um mestiço baiano chamado de João de Deus que logo após os primeiros contatos com o cacique Arinhã Magu e sua tribo, acompanhado de sua esposa D. Mariana, firmou um pacto de amizade com os índios e num gesto de reconhecimento, incorporou a seu nome a palavra Magu, em homenagem ao grande cacique e daí em diante passou a ser chamado João de Deus Magu.

A partir daí a história de Araioses está intimamente ligada a João de Deus Magu. Como acontecia nas comunidades civilizadas, dividiu os índios em grupos de famílias, loteou a aldeia, construiu casas para eles, vestiu-os e em 1743 construiu o primeiro campo agrícola da região de onde extraiu uma produção extraordinária de algodão.

Em 1748 construiu uma capela cuja padroeira era Nossa Senhora da Conceição.

Em 1751 o povoado já contava com 20 casas. Neste ano, João de Deus Magu, foi a São Luís pedir ao Bispo do Maranhão para que designasse um padre para rezar a primeira missa e batizar os índios já todos civilizados. Em 1752 chegou à comunidade o Padre Inácio Pereira da Fonseca onde, no dia 15 de agosto, rezou missa e batizou os índios, na capela Nossa Senhora da Conceição. Este fato marcou época na história do município; é a data da fundação do povoado de Araioses.

Gentílico: araiosense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Araioses, pela Resolução Régia, de 18-06-1757.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Araioses, pela lei estadual nº 53, de 1505-1893, desmembrado de Tutóia. Sede no antiga vila de Araioses. Constituído do distrito sede. Não temos até hoje a data de Instalação.

Pela lei municipal de 21-12-1901, são criados os distritos de Angico, Ilha Poções e Magu e anexado ao município de Araioses.Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Araioses, Ilha Poções, Magu e Angico. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede. Não figurando os três distritos da divisão de 1911. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, é criado o distrito de Frecheiras e anexado ao município de Araioses. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constiuído de 2 distritos:

Araioses e Frecheiras.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.

Pela lei estadual nº 6197, de 10-11-1994, desmembra do município de Araioses o distrito deFrecheiras, passando a constituir ao distrito sede do novo município de água Doce.

Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Código do Município

2100907

Gentílico

araiosense

Prefeito

CRISTINO GONÇALVES DE ARAUJO

População
População estimada [2018]46.103 pessoas  
População no último censo [2010]42.505 pessoas  
Densidade demográfica [2010]23,84 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,7 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]1.603 pessoas  
População ocupada [2016]3,5 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]57,4 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]96,8 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,1  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]3,2  
Matrículas no ensino fundamental [2017]7.568 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.793 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]576 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]95 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]73 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]6 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]5.672,48 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]-  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,521  
Total de receitas realizadas [2017]69.274,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]71.709,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]8,56 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]5 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]14 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.782,598 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]14,9 %  
Arborização de vias públicas [2010]54,4 %  
Urbanização de vias públicas [2010]0,6 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  18. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  19. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  21. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Araioses: Imagens da cidade e Região

imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-1
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-2
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-3
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-4
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-5
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-6
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-7
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-8
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-9
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-10
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-11
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-12
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-13
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-14
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-15
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-16
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-17
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-18
imagem de Araioses+Maranh%C3%A3o n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Araioses e arredores.


Você conhece a cidade de Araioses? Então deixe seu comentário!


Comentários (2)

  1. Felipe costa's avatarFelipe costa

    Oi sou Felipe moro em canárias e soum do município de araioses

    Araioses é uma cidade linda mais seria melhor se os mubiliões ajudassem a prefeitura de araioses porque enfrenta uma grande dívida

    #2 – 20/01/2018 - 23:17

  2. Francisca maria's avatarFrancisca maria

    Nasci em ARAIOSES é minha cidade natal e eu amo já foi uma terra pacata hoje é uma cidade vejo que evolui pouco se um dia alguém que for GOVERNAR Araioses tiver amor pela cidade então terá um crescimento ou dizer evolução fabulosa em EDUCAÇÃO, SAÚDE E TRABALHO DIGNO PARA OS SEUS FILHOS assim espero em DEUS meus sonhos realizados em minha cidade

    #1 – 04/03/2016 - 20:52

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: