Início » Santa Catarina » Caçador


Caçador - Santa Catarina



Caçador faz parte do estado de Santa Catarina. Localizada na Foz do rio Caçador no rio do Peixe, a uma altitude média de 1000 metros, Caçador possui uma área de 981,9km². Sua população é estimada em 71.333 habitantes, o que faz da cidade a 15a. mais populosa de Santa Catarina. Caçador detém o título de capital industrial do meio-oeste catarinense e é o maior produtor de tomates por hectare do Brasil.

Vestígios encontrados na região remetem a elementos das antigas tradições Taquara (tradição), Umbu (tradição) e Humaitá (tradição). Entre estes encontram-se artefatos de pedra como facas, raspadores, pontas de projéteis, furadores, zoólitos (estátuas de pedra assumindo formas animais) e até mesmo estatuetas antropomórficas.

No século XVI, quando da chegada dos primeiros portugueses ao litoral de Santa Catarina, a região próxima do entroncamento dos rios Caçador e do Peixe era habitada por nativos das etnias Kaingang e Xokleng.

História da cidade de Caçador Santa Catarina - SC

A região de Caçador inicialmente era habitada por índios das etnias Kaingang e Xokleng.

No ano de 1881 chegou à região Francisco Corrêa de Melo, que veio de Campos Novos e se estabeleceu às margens do rio Caçador, assim denominado devido à abundância da caça. Sendo seguido, seis anos depois, por Pedro Ribeiro e, em 1891, por Tomaz Gonçalves Padilha; este chegou até o rio 15 de novembro.

Tiveram os habitantes de lutar contra as feras e os índios, que ocupavam toda a zona, chegando mesmo a atacar as turmas de construção da Estrada de Ferro São Paulo Rio Grande, cujos trilhos alcançaram Caçador em 1910. A estrada de ferro atraiu grande número de habitantes de origem italiana, vindos sobretudo da zona colonial do Rio Grande do Sul. A colonização do núcleo do Rio das Antas, pela Brazil-Railway Co., empolgou os colonos teutobrasilieiros do litoral de Santa Catarina.

De 1914 a 1917, o território esteve conflagrado com a campanha do Contestado. A luta destruiu o que havia de organizado na região, sendo incendiados numerosos núcleos de povoamento.

Em 1917, com o acordo de limite entre o Paraná e Santa Catarina, abriu-se um período de paz, que possibilitou o reinicio das atividades normais da população.

Em 1918 foi instalada a primeira agência postal, onde já existia um posto de rendas estaduais

A abertura da estrada de Rodagem Caçador-Curitibanos, em 1933, veio dar grande impulso à região, com a chegada de imigrante e a instalação de serrarias, em meio às densas matas de Pinheiros.

Gentílico: caçadorense

Formação Administrativa:

Distrito criado com a denominação de Rio Caçador, pela lei municipal nº 289, de 0901-1923, subordinado ao município de Campos Novos.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Rio Caçador figura no município de Curitibanos.

Elevado à categoria de município com a denominação de Caçador pelo decreto estadual nº 508, de 22-02-1934, desmembrado do municípios de Curitibanos, Campos Novos, Cruzeiro, Porto União. Sede no antigo distrito de Caçador. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-03-1934.

Em divisão territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 6 distritos: Caçador, Rio das Antas, Rio Preto, São Luís, Taquara Verde e Vitória, sendo que o distrito de Taquara Verde. Desmembrado do município e Porto União.

Pelo decreto-lei estadual nº 238, de 01-12-1938, o distrito de Rio Preto passou a denominar-se Princesa Isabel.

Pelo decreto-lei estadual nº 941, de 31-12-1943, o distrito de São Luís passou a denominar-se Lomerê e foi transferido do município de Caçador para o novo município de Videira. Sob o mesmo decreto-lei acima citado o distrito de vitória foi extinto, sendo seu território transferido do município de Caçador para o novo município de Videira. Ainda sob o mesmo decreto o distrito de Princesa Isabel passou a denominar-se Ipomeia.

Pela lei estadual nº 247, de 30-12-1948, transfere o distrito de Ipomeia ex-Princesa Isabel do município de Caçador para o de Videira. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Caçador, Rio das Antas e Taquara Verde.

Pela lei municípal nº 7, de 30-06-1953, é criado o distrito de Macieira e anexado ao município de Caçador.

Por decisão do Supremo Tribunal Federal acórdão de 26-11-1955, representação nº 229, o distrito de Ipomeia volta a pertencer ao município de Caçador. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Caçador, Macieira, Ipomeia, Rio das Antas e Taquara Verde.

Pela lei estadual nº 348, de 21-06-1958, desmembra do município de Caçador do distrito de Rio das Antas e Ipomeia. Para formar o novo município de Rio das Antas. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município constituído de 3 distritos: Caçador, Macieira e Taquara Verde.

Pela lei estadual nº 8560, de 30-03-1992, desmembra do município de Caçador o distrito de Macieira. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 2 distritos: Caçador e Taquara Verde. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003.

*Curiosidades:

- O Município de Caçador fica no corção da região onde, de 1912 a 1916, ocorreu a chamanda Guerra do Contestado.

- A floresta Nacional de Caçador, com reflorestamendo de pinus e araucária tem registrado o recode de ser a maior floresta reflorestada de auraucária do mundo.

- Entre as atrações turísticas destaca-se a ponte coberta de madeira Antônio Bortolon, que foi construída originalmente em 1924, o Museu do Contestado e a Reserva Florestal do Contestado, considerado o maior santuário ecológico da região meio-oeste.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Caçador: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Caçador? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: