Início » Minas Gerais » Monte Carmelo


Monte Carmelo - Minas Gerais



Monte Carmelo faz parte do estado de Minas Gerais. Sua população estimada, segundo dados do IBGE em 2010 é de 45.772 habitantes. A principal atividade econômica da cidade é a produção de telhas, tijolos, artefatos cerâmicos e também é destaque na produção de curtume e de embalagens e ainda na produção de café,onde há graõs de altissíma qualidade servindo o Brasil com o café do cerrado carmelitano. O município, juntamente com Araguari , Uberaba e Patrocínio, está no eixo de destaque da produção do melhor café do cerrado para exportação, no Brasil.

A escolha da localidade se deu quando os bandeirantes estavam desbravando a região e como aqui é longe da costa onde havia gente, ou seja, mercado consumidor e fácil exportação, eles então estavam procurando alguma mercadoria que poderiam explorar e carregar facilmente para vender ou trocar.

Na época a região de Estrela do Sul, era conhecida pelo Rio Bagagem, onde as lavadeiras da região achavam diamantes na "flor d′água" e os bandeirantes como bons exploradores que eram, chegavam na região e conversavam com os moradores e esta história foi contada a eles. Então começaram a exploração onde já era o município de Bagagem (hoje Estrela Do Sul). Após o começo da exploração de diamantes o povoado cresceu rapidamente e conseqüentemente desorganizado e cheio de aventureiros e pessoas sem boa indole.

Monte Carmelo

Esta região era habitada por índios, conforme provas encontradas em diversos lugares, tais como: machados de pedra, potes, roletes, etc. Eram índios das tribos ´Caiapós´ e ´Araxás´. Os primeiros movimentos que deram origem ao nosso povoado tiveram início em 1840.

Moradores de São João Del Rei e Itapecerica, vieram para cá atraídos pela descoberta de garimpos diamantíferos em Estrela do Sul, que na época se chamava ´Bagagem´. Por causa do ambiente dos garimpos, pouco recomendado a famílias e também devido ao clima saudável e à excelente água de nossa região, os garimpeiros deixavam aqui suas famílias. Estas pessoas se instalaram às margens do ´Córrego Mumbuca´, onde é hoje o bairro Tamboril.

Havia aqui, uma generosa fazendeira, D. Clara Chaves, que doou um terreno de seis léguas quadradas aos moradores, para construírem uma capela para N. Sra. do Carmo, de quem era devota. Nesta área, onde hoje é a Praça da Matriz, os moradores fizeram suas casas em torno da primeira Igreja e assim formou-se o ´Arraial do Carmo da Bagagem´.

Em 1882, o ´Arraial´ foi elevado à categoria de ´Vila´, passando a chamar-se ´Nossa Senhora do Carmo da Bagagem´.

Em 1892,, a ´Vila´ é elevada à categoria de cidade e em , a cidade passou a denominar-se ´Monte Carmelo´.

Monte Carmelo é o nome de uma montanha existente no litoral de Israel, nas proximidades da cidade de Haifa. ´Carmelo´, em hebraico, significa ´uvas de Deus´, e como Carmo da Bagagem situa-se próximo a um monte semelhante ao da antiga Palestina, onde se encontra a sede da Congregação das Carmelitas, adotaram o nome de Monte Carmelo, em consideração ao local onde se fundou a Ordem de Nossa Senhora do Carmo e também ao monte nas proximidades da cidade.

Nessa ocasião o município de Monte Carmelo abrangia cinco distritos de paz: Monte Carmelo (sede), Douradoquara, Iraí de Minas, Nossa Senhora D´ Abadia de água Suja e São Sebastião da Ponte Nova.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Carmo da Bagagem, pela Lei Provincial nº 1650, de de 14-09-1870, e Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Bagagem (mais tarde Estrela do Sul).

Pela Lei Provincial nº 1900, de 19-07-1872, e Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de água Suja e anexado ao município de Carmo da Bagagem.

Elevado á categoria de vila com a denominação de Carmo da Bagagem, pela Lei Provincial nº 2972, de 06-10-1882. desmembrado de Bagagem. Sede na povoação de Carmo da Bagagem. Constituído do distrito sede. Instado em 07-01-1889.

Pela Lei Estadual nº 2, de 14-09-1891, forma criados os distritos de Espírito Santo do Cemitério e São Sebastião da Ponte Alta e anexados ao município de Carmo da Bagagem.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Carmo da Bagagem, pela Lei Estadual nº 23, de 24-05-1892.

Pela Lei Estadual nº 286, de 25-06-1900, o município de Carmo da Bagagem tomou o nome de Monte Carmelo.

Pela Lei Estadual nº 513, de 11-10-1909, o distrito de Espírito Santo do Cemitério passoua chamar-se Irai.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Monte Carmelo (ex-Carmo da Bagagem), água Suja, Boa, Irai (ex-Espírito Santo do Cemitério) e São Sebastião da Ponte Alta.

Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-I-1920.

Pela Lei Estadual nº 843, de 07-09-1923, é criado o distrito de Doradoquara e anexado ao município de Monte Carmelo.

Pela mesma Lei Estadual acima citado o distrito de água Suja tomou a denominação de Nossa Senhora da Abadia da água Suja.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Monte Carmelo, Doradoquara, Iraí, Nossa Senhora da Abadia da água Suja e São Sebastião da Ponte Alta.

Assim em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de Nossa Senhora da Abadia da água Suja tomou a denominação de Romaria. Pela mesma lei estadual acima citado o distrito de São Sebastião da Ponte Alta foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Nova Ponte.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Monte Carmelo, Doradoquara, Irai e Romaria (ex-Nossa Senhora da Abadia da água Suja).

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 1058, de 31-12-1943, o distrito de Irai passou a denominar-se Bagagem.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município permanece constituído de 4 distritos: Monte Carmelo, Bagagem (ex-Iraí), Doradoquara e Romaria.

Pela Lei Estadual nº 1039, de 12-12-1953, o distrito de Bagagem passou a chamar-se Irai de Minas.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído 4 distritos: Monte Carmelo, Doradoquara, Irai de Minas (ex-Bagagem) e Romaria.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembra do município de Monte Carmelo os distritos de Douradoquara (ex-Doradoquara), Irai de Minas e Ramaria elevandos á categoria de município.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica municipal

Carmo da Bagagem para Monte Carmelo, alterado pela Lei Estadual nº 286, de 25-06-1900.

Fonte: www.montecarmelo.mg.gov.br

Código do Município

3143104

Gentílico

carmelitano

Prefeito

SAULO FALEIROS CARDOSO

População
População estimada [2018]47.682 pessoas  
População no último censo [2010]45.772 pessoas  
Densidade demográfica [2010]34,08 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,8 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]9.591 pessoas  
População ocupada [2016]19,9 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]32,3 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,4 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,8  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]5,2  
Matrículas no ensino fundamental [2017]5.690 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.899 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]337 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]125 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]20 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]5 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]21.540,76 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]73,6 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,728  
Total de receitas realizadas [2017]110.240,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]93.227,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]8,01 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]4,5 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]20 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]1.343,035 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]89,2 %  
Arborização de vias públicas [2010]88,6 %  
Urbanização de vias públicas [2010]20,9 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Monte Carmelo: Imagens da cidade e Região

imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-1
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-2
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-3
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-4
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-5
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-6
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-7
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-8
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-9
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-10
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-11
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-12
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-13
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-14
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-15
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-16
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-17
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-18
imagem de Monte+Carmelo+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Monte Carmelo e arredores.


Você conhece a cidade de Monte Carmelo? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: