Início » Minas Gerais » Ingaí


Ingaí - Minas Gerais



Ingaí faz parte do estado de Minas Gerais.

Existem relatos históricos de que Ingaí já era povoada na segunda metade do século 17,as primeiras casas surgiram por volta de 1775 por liderança do padre e pároco Inácio Franco Torres. Em 1846 se tornou distrito de Lavras. Em agosto de 1890 aconteceu o famoso incidente: após a municipalidade,um sério desacordo entre os moradores do ainda povoado conchecido como Arraial da Ponte. Um grupo de 14 moradores mais elitizados liderados pelo capitão Francisco Pinto de Souza resolveram sair do Arraial da Ponte e foram instalar-se num novo local, conhecido com "Aliança". Construiram uma igreja no novo local e as pessoas começaram a edificar as casas delas, e, mais tarde, o local ficou conhecido como Pinherinho e a igreja matriz como Igreja Matriz de São Sebastião,pois a criação do povoado se concretizou no dia 20 de janeiro (dia do mártire São Sebastião). Com o desenvolvimento do local, famílias se mudaram do antigo Arraial da Ponte para o povoado de Pinherinho que mais tarde pertenceria ao município de Itumirim.

O nome Ingaí teve sua origem graças ao nome de uma árvore que, de acordo com relatos, era abundante na região,a árvore do Ingá,que é muito encontrada próxima de rios ou riachos, além de ter uma fruta com um sabor muito doce.

História da cidade de Localização:Vale do Rio Grande, sul de Minas Gerais

Fundação: 1846

Emancipação: 30 de dezembro de 1962 nos termos da lei n°. 2764

Padroeiro: São Sebastião. Em 20 de janeiro é comemorado festivamente o seu dia.

Nomes Anteriores: Arraial da Ponte e Pinheirinhos

Fundadores: Capitão Francisco Pinto de Souza, Padre Inácio Franco Torres

Origem do Nome

O nome Ingaí originou-se da palavra indígena INGA-YBA, dado a árvore do INGÁ, muito encontrada nessa época aqui na região.

Segundo historiadores locais, existe outra versão sobre o nome da cidade; eles contam que em uma das viagens de D. Pedro II ao município de Luminárias, onde residia um conde seu amigo, passou pelo arraial de Pinheirinhos, e viu a quantidade de árvores de Ingá; comentou: "Este local deveria receber o nome de INGAÁ". Esta passagem foi tao marcante, que o nome perdura até hoje.

Evolução Histórica

Desde a rota dos bandeirantes que vinham de São Paulo e adentravam as gerais, passando pelos numerosos cursos de água da Bacia do Rio Grande, Ingaí ja era povoada. Na segunda metade do século XVII foi Construída a primeira capela, por iniciativa do padre Inácio Franco Torres, em 1775.

Em 1846, ganhou categoria de distrito do município de Lavras do Funil, hoje chamado de Lavras.

Segundo informaçãoes de habitantes da época, registradas pelo municipio, em agosto de 1890, houve séria desavença entre moradores do povoado, conhecido como Arraial da Ponte.

O capitão Francisco Pinto de Souza e mais 10 destacados moradores, resolveram sair do arraial e instalar outro povoado no lugar conhecido como Aliança.

Demoliram a Igreja Matriz do Arraial da Ponte e a edificaram em um novo local.

O povoado foi se formando com terras de patrimônio doadas e compradas, ficando logo conhecido como Pinheirinhos, e a matriz como de São Sebastião devido a fundação do novo povoado ter tido seu início no dia 20 de janeiro.

Após a construção da Igreja as famílias começaram a mudar do Arraial da Ponte, pois sentiram que no novo local o desenvolvimento teria maior acesso.

Evolução Política

O município teve sua emancipação em 30 de dezembro de 1962 nos termos da lei n°. 2764 do mesmo ano, tendo sido nomeado intendente o Sr. José Pinto de Andrade.

A primeira eleição para prefeito aconteceu no ano de 1963, tendo sido eleito o Sr. Gabriel Andrade Junqueira, que tomou posse no dia 31 de agosto do mesmo ano.

Nomes dos prefeitos desde a fundação do município

-José Pinto de Andrade

-Gabriel Andrade Junqueira

-Jair Alves Nogueira

-Gabriel Andrade Junqueira

-Antonio Galvão de Rezende

-Jair de Andrade Rezende

-Murilo Andrade Pinto

-Jair de Andrade Rezende

- Antonio Galvão de Rezende

- Teresinha Angélica de Paiva Paula

Curiosidades

Como todos arraiais, Ingaí também teve suas ruas iluminadas por candeeiros e era comum nas portas das casas reuniãoes noturnas, principalmente em épocas de lua cheia, onde havia sempre violeiros e sanfoneiros rememorando saudosas cançãoes.

Um fato histórico ocorrido e que merece destaque é que em uma data não informada, um raio caiu sobre a Igreja deixando-a em chamas, que a destruiu. As pessoas piedosas da época, prometeram construir outra igreja no mesmo local, rogaram a São João Batista pedindo que tal fato não ocorresse novamente e para tal prometeram acender todos os anos uma fogueira com quantos carros de lenha fosse possível conseguir, na passagem do dia 23 para 24 de junho. Este fato se tornou tradição e até hoje nestes dias se reúnem milhares de pessoas para tão grandiosa festa, onde todos ficam maravilhados coom o grandioso espetáculo. São na maioria lenhas verdes, que por milagre se transforma em chamas e queimam até o amanhecer do dia 24. Há pessoas que fazem promessas de atravessar as chamas e é difícil acreditar mas, seus pés não se queimam.

Fonte: www.ingai.mg.gov.br

Autor do Histórico: MÁRCIO SILVA BALÁO

Código do Município

3130804

Gentílico

ingaiense

Prefeito

JOAO PAULO LEITE

População
População estimada [2018]2.757 pessoas  
População no último censo [2010]2.629 pessoas  
Densidade demográfica [2010]8,60 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,9 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]549 pessoas  
População ocupada [2016]19,8 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]34,3 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,7 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]5,8  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4  
Matrículas no ensino fundamental [2017]348 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]128 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]28 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]19 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]2 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]1 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]18.859,25 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]88,6 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,697  
Total de receitas realizadas [2017]13.397,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]12.631,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]- óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]-  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]4 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]305,591 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]70,1 %  
Arborização de vias públicas [2010]32,1 %  
Urbanização de vias públicas [2010]14,6 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  6. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  7. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Ingaí: Imagens da cidade e Região

imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-1
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-2
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-3
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-4
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-5
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-6
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-7
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-8
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-9
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-10
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-11
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-12
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-13
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-14
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-15
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-16
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-17
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-18
imagem de Inga%C3%AD+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Ingaí e arredores.


Você conhece a cidade de Ingaí? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: