Início » São Paulo » Santa Ernestina


Santa Ernestina - São Paulo



Santa Ernestina faz parte do estado de São Paulo. De acordo com o CENSO 2010 possui uma população de 5.568 habitantes.

O município levou o nome de uma santa(alemã), para homenagear a nora do fundador da Estrada de Ferro Araraquarense, Carlos Batista de Magalhães, que lá implantou uma estação. Ernestina Reis de Magalhães, foi casada com o "barão do café" Carlos Leôncio de Magalhães, o maior cafeicultor do Brasil no início do século XX. Com ele teve 8 filhos: Maria José, Carlos, Oswaldo, Ernestina, Maria Cecilia, Paulo, Adelaide e José Carlos Reis de Magalhães. A grande dama, senhora de excelsas virtudes cristãs, nasceu no Rio de Janeiro, em 1876, filha de José Monteiro Reis e Adelaide Monteiro Palha, viveu na lendária Fazenda Cambuhy em Matão, entre 1900 e 1914, e faleceu em São Paulo, em 1968.

A referida Estação Ferroviária, inaugurada em 2 de abril de 1901, que é o "berço" da cidade, foi construída para favorecer o escoamento do café, oriundo da fazenda de Carlos Magalhães, que ficava na região. Na época, quase não havia moradores no lugar, destacavam apenas dois: Manoel de Almeida Rollo e João Lourenço Leite, o qual doou terras para um pequeno loteamento. No entanto, para identificar a parada do trem, foi posto a princípio, o nome de "Estação Ernestina". Logo em seguida, começou a formar um povoado ao redor da estação, o qual foi batizado como "Vila de Santa Ernestina", que depois passou a Distrito de Taquaritinga.

História da cidade de Santa Ernestina

Após a construção de uma estação da Estrada de Ferro Araraquarense, em 1901, os irmãos Teixeira, proprietários das terras locais, autorizaram João Lourenço Leite a proceder um loteamento para formação da Vila de Santa Ernestina, assim denominada em homenagem à esposa de Carlos Leôncio de Magalhães, um dos fundadores da ferrovia.

O rápido progresso alcançado com a cafeicultura possibilitou a criação do Distrito, em 1924. Mas as sucessivas crises do café provocaram um período de retração, somente superado entre os anos 1950-1960, quando passaram a ser plantados laranjais na região. O novo surto de progresso de Santa Ernestina originou sua emancipação, em 1964. Nessa época passaram a ser cultivadas, também, a cana-de-açúcar, atualmente a principal atividade local.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santa Ernestina, pela lei estadual nº 1441, de 19 de dezembro de 1914, subordinado ao município de Taquaritinga.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Santa Ernestina figura no município de Taquaritinga.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Santa Ernestina, pela lei estadual nº 8092, de 28-02-1964, desmembrado do município de Taquaritinga. Sede no antigo distrito de Santa Ernestina. Constituído do distrito sede. Instalado em 21-03-1965.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 134,421: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 1: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 735: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 200: matrículas
Número de unidades locais: 209: unidades
Pessoal ocupado total: 715: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 13.032,95: reais
População residente : 5.568: pessoas
População residente - Homens: 2.852: pessoas
População residente - Mulheres: 2.716: pessoas
População residente alfabetizada: 4.751: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 1.655: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 3.837: pessoas
População residente, religião espírita: 22: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.391: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.721,67: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.369,72: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 500,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 550,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,738:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Santa Ernestina: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Santa Ernestina? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: