Início » São Paulo » Iepê


Iepê - São Paulo



Iepê faz parte do estado de São Paulo.

O município surgiu em resposta a impossibilidade dos protestantes enterrarem seus mortos e construírem uma escola para seus filhos no patrimônio de São Roque, onde moravam. Varias famílias então se mudaram para o novo povoado, em busca da liberdade religiosa almejada (Iepê, em tupi-guarani, significa Liberdade).

Encontra-se a uma latitude 22º39′38" sul e a uma longitude 51º04′34" oeste, estando a uma altitude de 400 metros. A população avaliada em 2004 era de 7.063 habitantes.Possui uma área de 596,0km².

História da cidade de IEPê SãO PAULO

Ás margens do rio Paranapanema, entre seus afluentes Capivara e Laranja Doce, iniciou-se, em 1917,o povoamento da região. Mas, somente em 1924, surgiu o primeiro povoado, com o nome de São Roque, em terras doadas no Município de Conceição do Monte Alegre.

Por Motivos religiosos, não foi permitida a fixação de protestantes na localidade, acarretando a formação de outro povoado, em terras de Antônio de Almeida Prado, ao qual foi dado o nome de Liberdade.

Com o rápido desenvolvimento do núcleo, em 1927, Liberdade foi elevado a Distrito de Paz, passando a se chamar Iepê, palavra que significa " Liberdade ". Alguns filólogos consideram o topônimo derivado de " oiepê ", que quer dizer " o número um ".

GENTíLICO: IEPENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Iepê (Yepé), por Lei Estadual nº 2254, de 29 de dezembro de 1927, no Município de Conceição de Monte Alegre.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Distrito de Iepê figura no Município de Conceição de Monte Alegre.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Iepê é distrito judiciário do Município de Rancharia.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Iepê permanece no Município de Rancharia, assim figurando no quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943.

Elevado à categoria de município com a denominação de Iepê, por Decreto-lei nº 14334, de 30 de novembro de 1944, desmembrado de Rancharia, Martinópolis e Araguaçu, com Sede no antigo Distrito de Iepê. Constituído de 2 Distritos: Iepê e Agissê. Sua instalação verificou-se no dia 01 de janeiro de1945.

No quadro fixado, pelo referido Decreto-lei no 14334, para vigorar em 1945-1948, o Município de Iepê ficou composto dos Distritos de Iepê e Agissê (Ex-Alegria).

Lei Estadual no 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembra do Município de Iepê o Distrito de Agissê indo seu território incoporar ao Município de Rancharia.

Figura no quadro territorial para 1949-53, composto de 1 só Distrito, Iepê e no fixado, pela Lei no 2456, de 30-XII-53, para vigorar em 1954-58, composto de 2 Distritos: Iepê e Nantes.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Lei Estadual no 9330, de 27 de dezembro de 1995, desmembra do Município de Iepê o Distrito de Nantes.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 594,974: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 6: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 874: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 321: matrículas
Número de unidades locais: 228: unidades
Pessoal ocupado total: 1.367: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 18.336,66: reais
População residente : 7.628: pessoas
População residente - Homens: 3.779: pessoas
População residente - Mulheres: 3.849: pessoas
População residente alfabetizada: 6.549: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 1.883: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 6.100: pessoas
População residente, religião espírita: 8: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.312: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.466,13: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.968,39: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 330,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 510,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,736:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Iepê: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Iepê? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: