Início » Maranhão » Pastos Bons


Pastos Bons - Maranhão



Pastos Bons faz parte do estado do Maranhão. A população avaliada em 2011 era de 19.223 habitantes.

Ao tempo da entrada dos primeiros colonizadores, segundo a opinião de César Marques e a tradição ainda corrente, a região de Pastos Bons era habitada pelos Amanajós, índios que seriam louros ou de cor mais clara que a dos indivíduos das demais tribos existentes no Maranhão.

O povoamento da região foi iniciado por bandeirantes e fazendeiros que, vindos do vale do São Francisco e da Serra da Ibiapaba, em Pernambuco, ficaram extasiados com a imensidão verde dos campos gerais que lá encontraram, donde advém a denominação de Pastos Bons.

História da cidade de Pasto Bons Maranhão - MA

A tradição é a única quanto a penetração do território e que foram os pernambucanos e baianos os primeiros a se estabelecerem no muicípio.

Conserva o nome que lhe deram os primeiros bandeirantes - Pastos Bons.

Os aludidos bandeirantes criadores, fixando-se no território, edificaram uma Igreja, também fiseram plantações e pastagens.

Não existe tribos indigenas no município ocorre contudo a tradição de haver existido a tribo do Amanajós, estabelecidos na serra que fica a Noroeste da vila. Trata-se de incolas loiros, de olhos azuis na sua maioria, que se originavam, talvez, de alguns sobreviventes holandezes dos naufragios da costa altlântica.

Ignora-se época em que desapareceram referidos selvagens.

O elemento negro prestou grande contribuição no devassamento do território do município. Varias foram as fazendas de escravos aqui instaladas, tendo esse elemento contribuindo fortemente na tarefa de plantar e devassar a terra.

Pernambucanos e baianos, transpondo o rio Parnaíba, fundaram uma vila qual deram o nome de Pastos-Bons-denominação que se estendeu a toda região ao Norte até São José dos Matões e a Oeste até o Tocantins e além - Para o Sul até ás cabeceiras do Paratinga (Manoel Alves Grande) e as do Parnaíba. Diz Carlota Carvalho: "Pastos-Bons" foi então uma denominação regional geral, dada pelos ocupantes á imensa extensão de campos abertos para o Ocidente, em uma sucessão pasmosa em que ao bom sucedia o melhor". Após o povoamento do alto sertão, com subdenominação locais, somente o ponto inicial das entradas ficou sendo chamado de Pastos-Bons.

Os primeiros povoadores vieram de Pernambuco e da Baía-Foram os com subdenominações locais, somente o ponto inicial das entradas ficou sendo chamado da Pastos-Bons.

Os primeiros povoadores vieram de Pernambuco e da Baía-Foram os conquistadores do sertão: isso em 1764, data gravada no frontispicio do templo católico. Criadores de gado foram os primeiros povoadores, situaram fazendas em toda a região. Com a fundação de Pastos Bons os habitantes de Caxias à margem do Itapecurú, subiram para o agreste à procura dos afamados campos para o seus rebanhos.

Gentílico: pastos-bonense

Formação Administrativa:

Distrito criado com a denominação de Pastos Bons, anteriormente a 1779.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Pastos Bons, por Alvará de 29-01-1820, desmembrado de Caxias.

Pelas lei provinciais nº 386, de 30-06-1855 e 898, de 11-07-1870, é extinta a Vila, sendo seu território anexado ao município de Mirador.

Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Pastos Bons, pelas leis provinciais nº 575, de 11-07-1860 e 1206, de 09-03-1880, desmembrado do município de Mirador. Reistalada em 18-11-1880.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 4 distritos: Pastos Bons, Buriti, Angical e Roçado.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído do distrito sede. Não figurando os distritos de Buriti, Angical e Roçado.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pela lei estadual nº 269, de 31-12-1948, é criado o distrito de Roçado e anexado ao município de Pastos Bons.

Em divisão territorial datada 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Pastos Bons e Roçado.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Outras características -

No mês de junho, é realizada a Vaquejada do Município.

No mês de julho, é comemorado o festejo de São Bento (Padroeiro da cidade).

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 1.635,317: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 6: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.028: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 671: matrículas
Número de unidades locais: 73: unidades
Pessoal ocupado total: 1.068: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 8.012,69: reais
População residente : 18.067: pessoas
População residente - Homens: 9.179: pessoas
População residente - Mulheres: 8.888: pessoas
População residente alfabetizada: 12.226: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 6.812: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 14.919: pessoas
População residente, religião espírita: -: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.215: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 651,69: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.057,72: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 107,33: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 200,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,610:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Pastos Bons: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Pastos Bons? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: