Início » Ceará » Barro


Barro - Ceará



Barro faz parte do estado do Ceará, localizado na Microrregião de Barro, mesorregião do Sul Cearense. Era distrito do município de Milagres. É cortado pela BR-116, uma das mais importantes do Brasil. Segundo o IBGE, em 2009 sua população era estimada em 21.556 habitantes.

O topônimo Barro é uma alusão ao riacho e a fazenda Barro. Sua denominação original é Barro, sem modificações no decorrer dos tempos.

As terras localizada entre às margens do riacho do Cumbe e o rio das Cuncas, eram habitadas pelos índios Kariri, antes da chegada das entradas no interior brasileiro durante o século XVII. Os integrantes das entradas, militares e religiosos, mantiveram os primeiros contatos com os nativos, estudaram todas as regiões do Cariri, catequizaram os índigenas e os agruparam em aldeiamentos ou missões. Os resultados destes contatos e descobrimentos desencadeiaram notícias que na região tinha ouro em abundância e em seguida desencadeou-se uma verdadeira corrida para os sertões brasileiros, onde famílias oriundas de Portugal, sonhando com as riquezas de terras inexploradas e com a esperança de encontrar o minério, que as levariam a aumentar o seu patrimônio material, além de aumentar o seu prestigio pessoal com a corte portuguesa. A busca do metal precioso, nas ribanceiras do Rio Salgado, trouxe para a região do Sertão do Cariri, a colonização e com consequência a doação de sesmarias, o que permitiu o surgimento de lugarejos e vilas. Deste contexto surge Barro, um núcleo urbano que cresce ao redor da fazenda Barro, que na época do cangaço desepenha um papel importante.

História da cidade de Barro Ceará - CE

Os primeiros povoadores da região foram o Capitão Nicolau da Silva de Jesus e coronel Joaquim Jorge Papinha, que com seus descendentes deram a origem à povoação, onde hoje se encontra o município.

Em 1786 foi concedida a sesmaria nas margens do riacho Cumbe que desmembrada em vários trapos passaram a construir as glebas de fazendas e sítios:Timbaúba,Gangorra,

Xique-Xique, Manda Saia e Catolé.

Na confluência do Cumbe e do Barro formou-se uma povoação que resultaram na sede do município que teria como lider José Inácio de Barro, que, temido por todos, dominou o sertão.

Com a retirada de Inácio de Barro para Goiás, onde faleceu, instalou-se o terror na região, e o povoado, a 20 de janeiro reuniu os habitantes do lugar e das circunvizinhanças

numa feira.

Em 1880, a senhora D. Ana de Souza, espôsa de Januário José de Souza doou o patrimônio necessário, onde se ergueu a primeira capela sob a invocação de Santa Antonia.

Origem do topônimo: provém do riacho e fazenda Barro.

Gentílico: barrense

Formação Administrativa

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de Milagres o distrito de Barro.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Barro, pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, desmembrado de Milagres. Sede no atual distrito de Barro.

Constituído de 3 distritos: Barro, Cuncas e Iaras. Cuncas desmembrado do município de Milagres e Iara desmembrado do município de Aurora.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos:

Barro, Cuncas e Iara.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. Pela lei estadual nº 6619, de 26-09-1963, desmembra do município de Barro o distrito Iara. Elevado à categoria de município. Pela lei estadual nº 7067 de 31-12-1963, é criado o de Santo Antônio e anexado ao

município de Barro.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos:

Barro, Cuncas e Santo Antônio. Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, Barro adquiriu o extinto município de Iara.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 4 distritos:

Barro, Cuncas, Iara e Santo Antônio. Pela lei estadual nº 11452, de 02-06-1988, é criado o distrito de Monte Alegre e

anexado ao município de Barro. Pela lei estadual nº 11453, de 02-06-1988, é criado o distrito de Engenho Velho e

anexado ao município de Barro. Pela lei estadual nº 11454, de 02-06-1988, é criado o distrito de Serrota e anexado ao

município de Barro.

Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 7 distritos: Barro, Cuncas, Engenho Velho, Iara, Monte Alegre, Santo Antônio e Serrota.

Pela lei municipal nº 016, de 07-12-1990, é criado o distrito de Brejinho e anexado ao município de Barro.

Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município é constituído de 8 distritos: Barro, Brejinho, Cuncas, Engenho Velho, Iara, Monte Alegre, Santo Antônio e Serrota.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Autor do Histórico: RITA DE CáSSIA ALENCAR

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 711,887: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 14: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 2.829: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 765: matrículas
Número de unidades locais: 158: unidades
Pessoal ocupado total: 1.285: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 6.355,74: reais
População residente : 21.514: pessoas
População residente - Homens: 10.627: pessoas
População residente - Mulheres: 10.887: pessoas
População residente alfabetizada: 15.374: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 6.576: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 19.944: pessoas
População residente, religião espírita: 19: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.233: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 665,21: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.063,38: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 141,25: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 255,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,599:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Barro: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Barro? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. Luiz Francisco's avatarLuiz Francisco

    Nasci em Cuncas. Passei minha infância lá até os 10 anos. Atualmente moro em São José dos Campos - S.P.

    #1 – 03/12/2015 - 22:29

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: