Início » Tocantins » Palmeirópolis


Palmeirópolis - Tocantins



Palmeirópolis faz parte do estado do Tocantins.

As origens remotas de Palmeirópolis datam de 1922, com a instalação da Fazenda Itabaiana, então de propriedade de João Polidório. No início da década de 60 teve início o povoado de Palmeiras, nome dado ao lugar devido aos coqueirais de babaçu existentes em abundância na região. Pela Lei Estadual nº 7.471, de 2 de dezembro de 1971, o povoado de Palmeiras foi elevado à condição de Distrito de Paranã. Finalmente, pela Lei nº 8.850 em 10 de junho de 1.980, o Distrito foi emancipado com o nome de Palmeirópolis. O município, chegou a ser um dos maiores produtores de grãos do Estado de Goiás, mas sofreu um sério revés econômico com a criação do Estado do Tocantins, pois, com a divisão territorial, ficou fora da área de influência da capital do novel estado, e isolada geograficamente de Palmas. O comércio local é expressivo e, mesmo após a divisão do Estado, continuou tendo como principais centros de abastecimento as cidades de Anápolis e Goiânia, no estado Goiás, devido à logística e às facilidades de acesso. A partir do início deste século, vem experimentando um gradual processo de retomada do desenvolvimento, que teve início com a construção do linhão do sistema energético Furnas-Tucurui, seguida da pavimentação asfáltica da rodovia TO-498, que liga ao Estado de Goiás, o que deu uma alavancagem na economia da região. Posteriormente, veio a construção da Usina Hidrelétrica de São Salvador, no Rio Tocantins, que teve em Palmeirópolis o seu principal ponto de apoio logístico, o que motivou grande aumento do número de trabalhadores em circulação na cidade, propiciando o incremento do comércio e da economia do lugar, cujos reflexos positivos continuaram após a conclusão da obra. A UHE de São Salvador formou um grande lago no Rio Tocantins, banhando extensa área do município de Palmeirópolis, o que propiciou o incremento da piscicultura e do turismo na região. A cidade conta com uma razoável rede hoteleira, dispõe de boa infraestrutura urbana e tem uma logística considerável, com vias de acesso asfaltadas para Palmas, para o Estado de Goiás e para o Nordeste do Brasil.

O Município de Palmeirópolis To, está localizado na Região Norte do Brasil, ao Sul do estado do Tocantins mais especificamente no Paralelo 13. Situa-se a uma latitude 13º02′38" sul e a uma longitude 48º24′08" oeste, estando a uma altitude de 438 metros do nível do mar. De acordo com o censo de 2010 (IBGE) a população de Palmeirópolis é de 7.339 habitantes. O bioma é o cerrado, na sua maioria agricultável e de solo fértil. A bacia hidrográfica do município tem como principais cursos d′água o Rio Maranhão ou Tocantins e os ribeirões Mucambão, Limoeiro, Cocalinho, Mucambinho, Córrego do Mato, Mutum, Grotão e Piabanha, entre ouros menores. Geologicamente o município está inserido em uma das regiões mais complexas da Plataforma Sul-Americana e apresenta todos os eventos geotectônicos com unidades litoestratigráficas de idades extremamente variáveis, sendo que a mais importante delas é a Sequência Vulcano-Sedimentar de Palmeirópolis (SVSP), onde está localizado um dos maiores depósitos vulcanogênicos de minério de cobre do Brasil, com ouro e prata associados. O relevo do Município é caracterizado por terrenos pouco acidentados, com cotas variando em torno de 400m, destacando-se os Morrinhos e o Morro Preto ou Curruá, com altitudes pouco superiores a 500m e o Morro Solto, que se sobressai expressivamente no centro do Município, com altitude superior a 700m, além do espigão da Serra Dourada, na divisa com o Estado de Goiás, com cota superior a 1000m.

Palmeirópolis

As origens de Palmeirópolis datam de 1922, com a instalação da fazenda Itabaiana, propriedade de João Polidório.

No início da década de 1960, teve início o povoado de Palmeiras, nome dado ao lugar devido aos coqueirais de babaçu existentes em abundância na região.

O município que chegou a ser um dos maiores produtores de grãos do estado de Goiás, sofreu sério revés econômico com a criação do Estado do Tocantins, pois, com a divisão territorial, ficou fora da área de influência da capital do novo estado, e isolado geograficamente de Palmas.

O comércio local é expressivo e continuou tendo como principais centros de abastecimento as cidades de Anápolis e Goiânia, no estado de Goiás, devido às facilidades de acesso.

Ultimamente, vem experimentando um gradual processo de retomada do desenvolvimento, que teve início com a construção do linhão do sistema energético Furnas-Tucurui, seguido da pavimentação asfáltica da rodovia que o liga ao Estado de Goiás, o que deu uma alavancagem na economia da região.

Cabe destacar a construção da usina hidrelétrica de São Salvador, no rio Tocantins, que tem em Palmeirópolis o seu principal ponto de apoio logístico, o que motivou grande aumento do número de trabalhadores em circulação na cidade, propiciando o incremento do comércio e da economia do lugar.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Palmeirópolis, pela Lei Estadual nº 7471, de 02-12-1971, subordinado ao município de Paraná.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1971, o distrito de Palmeirópolis, figura no município de Paraná.

Assim permencendo em divisão territorial datada de 1-I-1979.

Elevado à categoria de município com a denominação de Palmeirópolis, pela Lei Estadual nº 8850, de 10-06-1980, desmembrado do município de Paraná.

Sede no distrito de Palmeirópolis.

Constituído do distrito sede, instalado em 01-02-1983.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o município é constituído do distrito sede.

Pela Lei Estadual nº 10421, de 01-01-1988, é criado o distrito São Salvador de Goiás e anexado ao município de Palmeirópolis.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 2 distritos: Palmeirópolis e São Salvador de Goiás.

Pela Lei Estadual nº 251, de 20-02-1991, alterada em seus limites, pela Lei Estadual nº 498, de 21-12-1998, desmembra do município Palmeirópolis o distrito de São Salvador de Goiás.

Elevado à categoria de município com a denominação de São Salvador do Tocantins.

Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: http://to.gov.br/palmeiropolis/925

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 1.703,944: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 6: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 1.219: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 338: matrículas
Número de unidades locais: 153: unidades
Pessoal ocupado total: 778: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 12.254,67: reais
População residente : 7.339: pessoas
População residente - Homens: 3.704: pessoas
População residente - Mulheres: 3.635: pessoas
População residente alfabetizada: 5.902: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 2.056: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 5.128: pessoas
População residente, religião espírita: 15: pessoas
População residente, religião evangélicas: 1.801: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.061,60: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.571,21: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 255,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 348,75: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,673:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Palmeirópolis: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Palmeirópolis? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. sidenir-lima-lima's avatarsidenir-lima-lima

    Eu conheço cidade boa sou de Inhumas Go mais trabalhei aí com vendas

    #1 – 09/09/2015 - 00:35

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: