Início » São Paulo » São Roque


São Roque - São Paulo



São Roque faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 23º31′45"Sul e a uma longitude 47º08′07" Oeste, estando a uma altitude de 771 metros. De acordo com os dados do IBGE, relativos ao ano de 2010, a população corresponde a 78873 habitantes.

São Roque é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Turística, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Fundada na segunda metade do século XVII pelo bandeirante Pedro Vaz de Barros - mais conhecido como Vaz-Guaçu - a cidade surgiu de uma enorme fazenda e uma capela por ele erigida no local. A capela - então erigida onde hoje é a Praça da Matriz - foi levantada em devoção a São Roque. A fazenda tinha por objeto o cultivo de vinhedos e de trigais, utilizando-se mão-de-obra indigena forcada e mais tarde, de escravizados negros. Pouco depois da criação dessa fazenda, o irmão de Pedro Vaz - Fernão Paes de Barros, também veio a se instalar em São Roque, nos mesmos moldes que seu irmão, fundando uma fazenda e uma capela, contudo em louvor a Santo Antonio.

História da cidade de SãO ROQUESãO PAULO

A data de fundação de São Roque não é conhecida com precisão. No entanto, levantamentos históricos indicam que por volta de 1665, o abastado Capitão Pedro Vaz de Barros, o"Vaz-Guaçu" (grande Vaz), tomou posse da sesmaria de terras, nas proximidades da confluência dos ribeirões Carambaí e Araçaí. No local, erigiu residência e a capela, sob invocação de São Roque, ao redor dos quais, foram surgindo diversas casas, formando um aldeamento que, conforme se referiu o cronologista Pedro Taques de Almeida Paes Leme, " casa e fazenda tiveram população tal, que bem podia ser vila".

Logo depois, um de seus irmãos, Fernão Paes de Barros, fixou-se na mesma região, erigindo, em 1681, ao lado de sua residência, uma capelinha sob a invocação de Santo Antônio.

Após o desenvolvimento das primeiras décadas, o pequeno núcleo manteve-se estagnado, sendo a propriedade sucedida por vários herdeiros de Vaz-Guaçu. Dentre eles, Matias Leite de Barros, Capitão-mor da região, concedeu tratos de terra aos colonizadores que ali se radicaram, verificando-se acentuado crescimento da população. Assim, em 1778, a " Capela de São Roque do Carambaí", como então conhecida, foi elevada à categoria de freguesia.

Em 1832, o Tenente Rosa Passos, então na chefia da localidade, conseguiu a elevação da freguesia à categoria de vila, com prerrogativas de Município, sendo instalado, ainda, a primeira escola.

A grande aspiração sanroquense foi alcançada somente em 1864, tornando-se cidade, por ato Governamental do Barão Homem de Melo, então Presidente da Província de São Paulo.

GENTíLICO: SãO-ROQUENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado em 1768.

Elevado à categoria de Município com a denominação de São Roque por Decreto de 10 de junho de 1832, desmembrado de Parnaíba. Constituído do Distrito sede. São Roque.

Cidade por Lei Provincial nº 26, de 22 de abril de 1864.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de São Roque se compõe de 2 Distritos: São Roque e Mayrink.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de São Roque permanece com os mesmo Distritos da divisão anterior.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de São Roque compreende o único termo judiciário da comarca de São Roque e se divide em 3 Distritos: São Roque, Araçariguama e Mairinque, estando este último grafado Mayrink no ano de 1936 e no de 1938.

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Município de São Roque é composto dos Distritos de São Roque, Araçariguama e Mairinque, e é termo da comarca de São Roque, formada de 1 único termo, São Roque, termo este formado pelos Municípios de São Roque e Una.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de São Roque ficou composto dos Distritos de São Roque, Araçariguama, Mairinque e Taxaquara.

Figura no quadro territorial fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948 para 1949-53, composto dos Distritos de São Roque, Araçariguama, Mairinque e São João Novo(ex-Taxaquara), comarca de São Roque.

Lei Estadual nº 5285, de 18 de fevereiro de 1959, desmembra do Município de São Roque o Distrito de Mairinque.

Assim permanecendo no fixado pela Lei Estadual nº 2456, de 30-XII-1953 para 1954

58.

Em divisão territorial datada de 01-VII-1960, o Município de São Roque é formado dos Distritos de São Roque, Araçariguama, Canguera e São João Novo, comarca de São Roque.

Lei Estadual nº 7644, de 30 de dezembro de 1991, desmembra do Município de São Roque o Distrito de Araçariguama.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 306,908: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 15: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 11.411: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 3.300: matrículas
Número de unidades locais: 2.757: unidades
Pessoal ocupado total: 23.991: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 26.577,83: reais
População residente : 78.821: pessoas
População residente - Homens: 38.762: pessoas
População residente - Mulheres: 40.059: pessoas
População residente alfabetizada: 70.032: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 22.713: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 51.616: pessoas
População residente, religião espírita: 2.998: pessoas
População residente, religião evangélicas: 16.069: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 2.589,93: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 3.147,12: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 493,33: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 660,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,768:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

São Roque: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de São Roque? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: