Início » Santa Catarina » Caçador


Caçador - Santa Catarina



Caçador faz parte do estado de Santa Catarina. Localizada na Foz do rio Caçador no rio do Peixe, a uma altitude média de 1000 metros, Caçador possui uma área de 981,9km². Sua população é estimada em 71.333 habitantes, o que faz da cidade a 15a. mais populosa de Santa Catarina. Caçador detém o título de capital industrial do meio-oeste catarinense e é o maior produtor de tomates por hectare do Brasil.

Vestígios encontrados na região remetem a elementos das antigas tradições Taquara (tradição), Umbu (tradição) e Humaitá (tradição). Entre estes encontram-se artefatos de pedra como facas, raspadores, pontas de projéteis, furadores, zoólitos (estátuas de pedra assumindo formas animais) e até mesmo estatuetas antropomórficas.

No século XVI, quando da chegada dos primeiros portugueses ao litoral de Santa Catarina, a região próxima do entroncamento dos rios Caçador e do Peixe era habitada por nativos das etnias Kaingang e Xokleng.

História da cidade de Caçador Santa Catarina - SC

A região de Caçador inicialmente era habitada por índios das etnias Kaingang e Xokleng.

No ano de 1881 chegou à região Francisco Corrêa de Melo, que veio de Campos Novos e se estabeleceu às margens do rio Caçador, assim denominado devido à abundância da caça. Sendo seguido, seis anos depois, por Pedro Ribeiro e, em 1891, por Tomaz Gonçalves Padilha; este chegou até o rio 15 de novembro.

Tiveram os habitantes de lutar contra as feras e os índios, que ocupavam toda a zona, chegando mesmo a atacar as turmas de construção da Estrada de Ferro São Paulo Rio Grande, cujos trilhos alcançaram Caçador em 1910. A estrada de ferro atraiu grande número de habitantes de origem italiana, vindos sobretudo da zona colonial do Rio Grande do Sul. A colonização do núcleo do Rio das Antas, pela Brazil-Railway Co., empolgou os colonos teutobrasilieiros do litoral de Santa Catarina.

De 1914 a 1917, o território esteve conflagrado com a campanha do Contestado. A luta destruiu o que havia de organizado na região, sendo incendiados numerosos núcleos de povoamento.

Em 1917, com o acordo de limite entre o Paraná e Santa Catarina, abriu-se um período de paz, que possibilitou o reinicio das atividades normais da população.

Em 1918 foi instalada a primeira agência postal, onde já existia um posto de rendas estaduais

A abertura da estrada de Rodagem Caçador-Curitibanos, em 1933, veio dar grande impulso à região, com a chegada de imigrante e a instalação de serrarias, em meio às densas matas de Pinheiros.

Gentílico: caçadorense

Formação Administrativa:

Distrito criado com a denominação de Rio Caçador, pela lei municipal nº 289, de 0901-1923, subordinado ao município de Campos Novos.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Rio Caçador figura no município de Curitibanos.

Elevado à categoria de município com a denominação de Caçador pelo decreto estadual nº 508, de 22-02-1934, desmembrado do municípios de Curitibanos, Campos Novos, Cruzeiro, Porto União. Sede no antigo distrito de Caçador. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-03-1934.

Em divisão territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 6 distritos: Caçador, Rio das Antas, Rio Preto, São Luís, Taquara Verde e Vitória, sendo que o distrito de Taquara Verde. Desmembrado do município e Porto União.

Pelo decreto-lei estadual nº 238, de 01-12-1938, o distrito de Rio Preto passou a denominar-se Princesa Isabel.

Pelo decreto-lei estadual nº 941, de 31-12-1943, o distrito de São Luís passou a denominar-se Lomerê e foi transferido do município de Caçador para o novo município de Videira. Sob o mesmo decreto-lei acima citado o distrito de vitória foi extinto, sendo seu território transferido do município de Caçador para o novo município de Videira. Ainda sob o mesmo decreto o distrito de Princesa Isabel passou a denominar-se Ipomeia.

Pela lei estadual nº 247, de 30-12-1948, transfere o distrito de Ipomeia ex-Princesa Isabel do município de Caçador para o de Videira. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Caçador, Rio das Antas e Taquara Verde.

Pela lei municípal nº 7, de 30-06-1953, é criado o distrito de Macieira e anexado ao município de Caçador.

Por decisão do Supremo Tribunal Federal acórdão de 26-11-1955, representação nº 229, o distrito de Ipomeia volta a pertencer ao município de Caçador. Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Caçador, Macieira, Ipomeia, Rio das Antas e Taquara Verde.

Pela lei estadual nº 348, de 21-06-1958, desmembra do município de Caçador do distrito de Rio das Antas e Ipomeia. Para formar o novo município de Rio das Antas. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município constituído de 3 distritos: Caçador, Macieira e Taquara Verde.

Pela lei estadual nº 8560, de 30-03-1992, desmembra do município de Caçador o distrito de Macieira. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 2 distritos: Caçador e Taquara Verde. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003.

*Curiosidades:

- O Município de Caçador fica no corção da região onde, de 1912 a 1916, ocorreu a chamanda Guerra do Contestado.

- A floresta Nacional de Caçador, com reflorestamendo de pinus e araucária tem registrado o recode de ser a maior floresta reflorestada de auraucária do mundo.

- Entre as atrações turísticas destaca-se a ponte coberta de madeira Antônio Bortolon, que foi construída originalmente em 1924, o Museu do Contestado e a Reserva Florestal do Contestado, considerado o maior santuário ecológico da região meio-oeste.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2016: 984,285: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 19: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 10.125: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 2.413: matrículas
Número de unidades locais: 2.360: unidades
Pessoal ocupado total: 25.106: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 36.431,98: reais
População residente : 70.762: pessoas
População residente - Homens: 35.040: pessoas
População residente - Mulheres: 35.722: pessoas
População residente alfabetizada: 60.776: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 21.768: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 53.843: pessoas
População residente, religião espírita: 364: pessoas
População residente, religião evangélicas: 13.434: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.405,39: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 2.507,51: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 350,50: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 576,50: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,735:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Caçador: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Caçador? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: