Início » Rio de Janeiro » Carmo


Carmo - Rio de Janeiro



Carmo faz parte do estado do Rio de Janeiro. Encontra-se a uma latitude 21º56′01" sul e a uma longitude 42º36′31" oeste, estando a uma altitude de 347 metros. A população avaliada em 2008 era de 17.784 habitantes.

Até o século XIX, as atuais terras compreendidas nos limites do município do Carmo eram caracterizadas pela presença marcante da Mata Atlântica original e pertenciam a uma sesmaria existente no município de Cantagalo.

Por volta de 1832, iniciou-se o povoamento da região através de colonos vindos do norte-fluminense, subindo o rio Paraíba do Sul, dentro do contexto do ciclo econômico do café.

História da cidade de Carmo

A construção de uma capela, em meados do século XIX, deu origem à colonização das terras compreendidas pelo Município do Carmo, quando vários proprietários da região, então pertencente ao Município de Cantagalo, mandaram fazer uma derrubada no local onde deveria surgir o Arraial de Samambaia, posteriormente denominado de Arraial do Carmo de Cantagalo.

Concluída a capela em meados de 1842, dedicada a Nossa Senhora do Carmo, passou o nascente povoado a ser chamado de "Arraial de Nossa Senhora do Carmo", nome reduzido para Carmo, que conserva até hoje.

Em 1846, recebeu o predicamento de freguesia, em 1881, passou à Vila, e, em 1889, a Sede municipal foi elevada à categoria de Cidade.

Gentílico: carmense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora do Monte do Carmo, pela lei provincial nº 369, de 25-04-184 e por decretos nºs 1, de 08-05-1892 e 1-A, de 03-06-1892, subordinado ao município de Cantagalo.

Elevado à categoria de vila com a denominação Nossa Senhora do Monte do Carmo, pela lei provincial ou decreto provincial nº 2577, de 13-10-1881, desmembrado de Cantagalo e Nova Friburgo. Sede na povoação de Nossa Senhora do Monte do Carmo. Constituído distrito sede. Instalado em 26-02- 1886.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Carmo, por força do decreto estadual nº.8, de 12-12-1889.

Pela deliberação de 30-08-1890 e decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A, de 03-06-1892, são criados os distritos de Córrego da Prata e Porto Velho do Cunha e anexado ao município de Carmo.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Carmo, Córrego da Prata e Porto Velho do Cunha.

Assim permanecendo em divisões territoriais de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Carmo, Córrego da Prata e Porto Velho do Cunha.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.



Síntese das Informações
Área da unidade territorial - 2015: 324,742: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 17: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 2.307: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 612: matrículas
Número de unidades locais: 443: unidades
Pessoal ocupado total: 3.592: pessoas
PIB per capita a preços correntes - 2014: 19.289,81: reais
População residente : 17.434: pessoas
População residente - Homens: 8.600: pessoas
População residente - Mulheres: 8.834: pessoas
População residente alfabetizada: 14.650: pessoas
População residente que frequentava creche ou escola : 4.766: pessoas
População residente, religião católica apostólica romana: 10.762: pessoas
População residente, religião espírita: 797: pessoas
População residente, religião evangélicas: 4.070: pessoas
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 1.484,89: reais
Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 1.737,81: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 400,00: reais
Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 460,00: reais
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,696:

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Carmo: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Carmo? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: