Início » Minuto de Sabedoria

Um minuto de sabedoria

SAIBA viver eternamente, buscando estudar e aprender coisas úteis e proveitosas a você e ao próximo. Quando paramos de aprender e de progredir, começamos a morrer realmente. Aprenda o mais que puder, em todos os ramos do saber, para iluminar ao máximo o seu espírito. Aproveite todos os seus minutos, para aprender, para aumentar seus conhecimentos.
Autoria desconhecida (Internet).

Sempre que visitar esta página, encontrará uma nova mensagem que nosso sistema selecionou especialmente para você. Compartilhe com seus amigos!





Comentários (22)

« Previous 20 Page 2 of 2

  1. MARCELO SILK SCREEN's avatarMARCELO SILK SCREEN

    Estátuas e cofres e paredes pintadas

    Ninguém sabe o que aconteceu.

    Ela se jogou da janela do quinto andar

    Nada é fácil de entender.

    Dorme agora,

    é só o vento lá fora.

    Quero colo! Vou fugir de casa!

    Posso dormir aqui com vocês?

    Estou com medo, tive um pesadelo

    Só vou voltar depois das três.

    Meu filho vai ter nome de santo

    Quero o nome mais bonito.

    É preciso amar as pessoas

    Como se não houvesse amanhã

    Porque se você parar pra pensar

    Na verdade não há.

    Me diz, por que que o céu é azul?

    Explica a grande fúria do mundo

    São meus filhos

    Que tomam conta de mim.

    Eu moro com a minha mãe

    Mas meu pai vem me visitar

    Eu moro na rua, não tenho ninguém

    Eu moro em qualquer lugar.

    Já morei em tanta casa

    Que nem me lembro mais

    Eu moro com os meus pais.

    É preciso amar as pessoas

    Como se não houvesse amanhã

    Porque se você parar pra pensar

    Na verdade não há.

    Sou uma gota d'água,

    sou um grão de areia

    Você me diz que seus pais não te entendem,

    Mas você não entende seus pais.

    Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo

    São crianças como você

    O que você vai ser,

    Quando você crescer?

    #2 – 06/03/2013 - 01:36

  2. Anonimo's avatarAnonimo

    Ainda ecoam em minha mente as palavras que ouvi de Bob Goree no Jubileu de Prata da Betesda, em Fortaleza. Aprendi que é possível saber o conceito, a imagem, que alguém tem de Deus através do que essa pessoa pede a Deus. Conforme o conteúdo de suas petições a Deus, descobre-se a visão que uma pessoa tem de Deus.

    Após ouvir isso, fiquei imaginando qual a visão que as pessoas que vivem pedindo, e às vezes reivindicando, coisas para Deus, têm dEle. Talvez seja como um almoxarife, por detrás de um balcão, com uma caneta sobre a orelha e uma prancheta na mão, pronto para anotar todos os pedidos. O que vai hoje? Dívidas pagas, anotado! Casa nova, anotado! Carro novo, ok! Promoção na empresa, é pra já! Quem vive pedindo apenas isso também pode ter a imagem de Deus como um Papai Noel celestial, sempre dando presentinhos aos seus filhos que se comportaram bem durante o ano.

    Alguns devem ver Deus como um feitor, um capitão do mato, sempre com chicote na mão. Estes querem sempre fazer “algo” para Deus o tempo todo, e morrem de medo de que Deus “cobre um preço” por não serem tão diligentes quanto gostariam. Vivem orando para “pagar o preço” pela salvação de alguém. Fico impressionado em como negam o valor do calvário assim, tão abertamente, quando falam de pagar um preço pela salvação do outro. Ainda bem que o preço já foi pago por Jesus, pois seria impagável para qualquer um de nós.

    Ainda conheço outros que vêem Deus como uma divindade pagã vingativa, porque oram pedindo vingança de Deus sobre os outros, rogam pragas e maldições sobre aqueles que os perseguem, quando na verdade a orientação bíblica é que orassem por eles. É uma revolução proposta por Jesus, amar os amigos e amar e orar pelos inimigos também.

    De fato, aquilo que as pessoas pedem em oração, demonstra a forma como vêem Deus.

    Então, em minhas orações, quero pedir que eu possa compreender toda dimensão de ser filho de Deus, amado por ele. Talvez assim eu possa enxergá-lo mais nitidamente como um Pai amoroso e bom. Quero orar mais para que sua misericórdia se renove sobre a minha vida e daqueles a quem amo, como também daqueles que não amo tanto assim, para percebê-lo como aquele cujas misericórdias são inesgotáveis.

    Minha oração será para que eu possa experimentar e encarnar o amor imensurável e incondicional de Deus, para que eu o veja como aquele que é amor.

    Orarei para que eu compreenda a Graça em toda sua extensão e significado, e tenha Sua ajuda para amar incondicionalmente, perdoar incondicionalmente, para que eu O veja ainda mais como um Deus pleno de Graça.

    Também quererei que Ele me ajude a ser mais servo, preferir mais o outro em honra, mais altruísta, mais dedicado, mais desprendido, mais disposto, pois assim poderei contemplá-lo como Senhor, que Ele é.

    Dobrarei meus joelhos rogando que eu possa caminhar com Ele em todo o tempo, compartilharei com Ele minha vida, minhas emoções, minhas decepções, minhas frustrações, meus triunfos. Desejarei sua presença nas minhas lutas e sofrimentos, na minha vida cotidiana, ajudando-me a perceber as bonitezas da vida, como disse o poeta, e as coisas mais importantes, que às vezes são imperceptíveis. Vou orar para ser mais presente nos meus relacionamentos, na minha família, com meus irmãos queridos. Assim farei para que eu o compreenda e o veja amigo. Foi desta maneira que Jesus se colocou para com os seus discípulos, como amigo, e assim quero enxergá-lo.

    Texto de Márcio Rosa da Silva.

    #1 – 01/03/2013 - 19:26

« Previous 20 Page 2 of 2

Postar um comentário

     (Opcional)





Compartilhe Esta Página: