Início » Minas Gerais » Passa-Quatro


Passa-Quatro - Minas Gerais



Passa Quatro é um município da Microrregião de São Lourenço, no estado de Minas Gerais, no Brasil. De acordo com o censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2000, sua população era de 14 885 habitantes e, em 2010, de 15 578. A sua área é de 277km² e a densidade demográfica, de 53,73 habitantes por quilômetro quadrado. É uma estância hidromineral e região turística.

No século XVI, toda a região do sul do atual estado brasileiro de Minas Gerais era território disputado entre vários povos indígenas brasileiros: a oeste, situavam-se os caingangues; ao sudoeste, situavam-se os tupiniquins; a sudeste, situavam-se os tupinambás e, a leste, situavam-se os puris. Remonta ao tempo da bandeira de Fernão Dias Paes Leme, em 1674, a origem dessa cidade encravada na Serra da Mantiqueira, no sul do Estado de Minas Gerais. Situada logo após um marco geográfico bastante notável na serra, a Garganta do Embaú, por onde passou a expedição liderada por aquele bandeirante, teve sua localização descrita em documentos que dão origem ao nome da cidade. Constam também expedições de Jacques Felix, fundador de Taubaté e seu filho de mesmo nome, em expedições anteriores, datadas de 1646, pela região, que podem ter dado origem ao povoamento mais antigo. Este caminho ficou conhecido, mais tarde, como Caminho Velho da Estrada Real. No caminho descrito por André João Antonil, consta o nome do Ribeirão do Passatrinta, logo após a descida da serra da Amantiqueira, mas segundo nota de Andrée Mansuy Diniz Silva, o nome atual desse afluente do Rio Verde é Passaquatro, ou Passa Quatro.

A região começou a ser povoada mais ativamente na segunda metade do século XIX após ser elevado a Distrito em 1854, servindo de parada para quem atravessava a Mantiqueira e se dirigia à cidade de Pouso Alto pela Estrada Real (Caminho Velho). Em 1884, a antiga Estrada de Ferro Minas-Rio, construída pelos ingleses, contribuiu decisivamente para aumentar o povoamento e desenvolvimento da região, tendo tido em sua inauguração a presença do governante de então, o Imperador D. Pedro II. Em 1888, separou-se de Pouso Alto e emancipou-se como município de Passa Quatro pela Lei 3 657 de 1° de setembro, passando esse dia a ser feriado municipal em comemoração do Dia da Cidade.

História da cidade de Quando os bandeirantes paulistas, Félix Jacques e Fernão Dias Paes, ingressaram em território mineiro, pela garantia do Embaú, caminhavam orientados pelo astrolábio, o que lhes ditava um rumo certo em linha reta, no percurso da qual venciam todos os obstáculos. Por isso mesmo, não seguiam o roteiro de rios, preferindo atravessa-los. Ao cruzarem o "Embaú", toparam com um rio cuja sinuosidade cortava repetidas vezes a reta que vinham seguindo, obrigando-os a outras tantas travessias, antes de encontrarem um local propício para o estabelecimento do primeiro pouso. Quando enfim, encontraram-no a contendo, haviam atravessado o mesmo rio quatro vezes, donde a origem do topônimo, que assinala um dos mais antigos núcleos de povoação da terra mineira. Após a passagem dos bandeirantes, forasteiros vieram fixar-se no local. A tradição guardou o nome dos irmãos Ribeiro como dos primeiros a radicarem-se ali, por volta de 1700, sobressaindo entre eles o mais velho, apelidado "Chapada", que, chegando, chamou de Portugal os demais irmãos, conseguindo-lhes sesmarias e encaminhando-os. Descendentes desses Ribeiros e de outras familias radicadas no arraial é que construiram no local a primeira igreja, em 1860, mandando vir, de Portugal, as imagens de São Sebastião e de Nossa Senhora do Rosário, que ainda existem na Matriz local.

O desenvolvimento do povoado foi lento, só adquirindo maior aceleração com a passagem da via férrea Minas e Rio (hoje Rede Mineira de Viação).

Durante as revoluções de 1842, de 1930 e de 1932, Passa Quatro, pela sua posição estratégica na ligação de Minas e São Paulo, desempenhou papel de relêvo ora ocupada por legistas, ora por revolucionários, aquartelando forças, algumas comandadas por nomes que passaram à história, como Caxias, em 1842, mais tarde Duque e Patrono do Exército e Eurico Gaspar Dutra, então coronel, mais tarde general e Presidente da República.

FORMAçãO ADMINISTRATIVA -

Passa Quatro foi elevado à categoria de Distrito, como parte do município de Pouso Alto, pela Lei nº 893, de 24 de maio de 1854.

O município foi instalado em 1892.

FORMAçãO JUDICIáRIA -

O têrmo Judiciário criado em 1815 pela Lei nº 663, de 18 de setembro do mesmo ano, e instalado em 12 de outubro de 1922.

A Comarca teve sua criação em 1935 e instalação em 1936.

Fonte: ENCICLOPéDIA DOS MUNICíPIOS BRASILEIROS

Autor do Histórico: DEISE MARIA GUERREIRO RIBEIRO

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.






































Aniversários dos Municípios



























<: Voltar









Selecionar local









Estados















Municípios



Todos

Por estado





Selecione o estado:



  • Acre

  • Alagoas

  • Amapá

  • Amazonas

  • Bahia

  • Ceará

  • Distrito Federal

  • Espírito Santo

  • Goiás

  • Maranhão

  • Mato Grosso

  • Mato Grosso do Sul

  • Minas Gerais

  • Paraná

  • Paraíba

  • Pará

  • Pernambuco

  • Piauí

  • Rio Grande do Norte

  • Rio Grande do Sul

  • Rio de Janeiro

  • Rondônia

  • Roraima

  • Santa Catarina

  • Sergipe

  • São Paulo

  • Tocantins








0 de5570 municípios









Nenhum município encontrado.












Nenhum município encontrado.





























Código do Município



3147600




Gentílico



passa-quatrense




Prefeito



ANTONIO CLARET MOTA ESTEVES































































































































































































































































































































































































































































































































































População

População estimada
[2018]


16.294

pessoas  :






População no último censo
[2010]


15.582

pessoas  :






Densidade demográfica
[2010]


56,21

hab/km²  :








Trabalho e Rendimento

Salário médio mensal dos trabalhadores formais
[2016]


1,8

salários mínimos  :






Pessoal ocupado
[2016]


3.289

pessoas  :






População ocupada
[2016]


20,0

%  :






Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo
[2010]


34,4

%  :








Educação

Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade
[2010]


98

%  :






IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental
[2015]


6.7

 :






IDEB – Anos finais do ensino fundamental
[2015]


4.7

 :






Matrículas no ensino fundamental
[2017]


1.899

matrículas  :






Matrículas no ensino médio
[2017]


615

matrículas  :






Docentes no ensino fundamental
[2015]


135

docentes  :






Docentes no ensino médio
[2017]


54

docentes  :






Número de estabelecimentos de ensino fundamental
[2017]


14

escolas  :






Número de estabelecimentos de ensino médio
[2017]


3

escolas  :








Economia

PIB per capita
[2015]


18.441,47

R$  :






Percentual das receitas oriundas de fontes externas
[2015]


-

 :






Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)
[2010]


0.715

 :






Total de receitas realizadas
[2017]


41.168,00

R$ (×1000)  :






Total de despesas empenhadas
[2017]


36.294,00

R$ (×1000)  :








Saúde

Mortalidade Infantil
[2014]


12,27

óbitos por mil nascidos vivos  :






Internações por diarreia
[2016]


1

internações por mil habitantes  :






Estabelecimentos de Saúde SUS
[2009]


13

estabelecimentos  :








Território e Ambiente

Área da unidade territorial
[2017]


277,221

km²  :






Esgotamento sanitário adequado
[2010]


75,5

%  :






Arborização de vias públicas
[2010]


59,8

%  :






Urbanização de vias públicas
[2010]


23,8

%  :








Notas &: Fontes











Notas:




  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100



  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100



  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100



  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.



  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000



  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100



  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100



  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100








Fontes:




  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018



  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011



  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)



  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010



  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus -
    SUFRAMA



  17. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD



  18. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  19. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  20. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014



  21. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente



  22. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009



  23. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  24. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística



  25. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010



  26. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010


















População

















População no último censo

15582 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2102º





No Estado


1º

853º



228º






Na micro região


1º

16º



5º







Acessar página de ranking










Densidade demográfica

56.21 hab/km²





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1296º





No Estado


1º

853º



144º






Na micro região


1º

16º



5º



























Pirâmide Etária






















































































100 ou mais















95 a 99
90 a 94
85 a 89
80 a 84
75 a 79
70 a 74
65 a 69
60 a 64
55 a 59
50 a 54
45 a 49
40 a 44
35 a 39
30 a 34
25 a 29
20 a 24
15 a 19
10 a 14
5 a 9
0 a 4
Homens  :  :  :  :  :  :  :  :  :  : Mulheres
Brasil












População residente por religião

( Unidade:
pessoas

)







Católica apostólica romana




Evangélica




Espírita




































Trabalho e Rendimento








Em 2016, o salário médio mensal era de 1.8 salários mínimos.
A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 20.0%.
Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 213 de 853 e 158 de 853, respectivamente.
Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 2836 de 5570 e 1270 de 5570, respectivamente.
Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 34.4% da população nessas condições, o que o colocava na posição 562 de 853 dentre as cidades do estado e na posição 3698 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Salário médio mensal dos trabalhadores formais

1.8 salários mínimos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2836º





No Estado


1º

853º



213º






Na micro região


1º

16º



4º







Acessar página de ranking










Pessoal ocupado

3289 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1407º





No Estado


1º

853º



176º






Na micro região


1º

16º



5º







Acessar página de ranking










População ocupada

20.0 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1270º





No Estado


1º

853º



158º






Na micro região


1º

16º



4º


















Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo

34.4 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3698º





No Estado


1º

853º



562º






Na micro região


1º

16º



10º




































Educação








Em 2015, os alunos dos anos inicias da rede pública da cidade tiveram nota média de 6.7 no IDEB.
Para os alunos dos anos finais, essa nota foi de 4.7.
Na comparação com cidades do mesmo estado, a nota dos alunos dos anos iniciais colocava esta cidade na posição 99 de 853.
Considerando a nota dos alunos dos anos finais, a posição passava a 345 de 853.
A taxa de escolarização (para pessoas de 6 a 14 anos) foi de 98 em 2010.
Isso posicionava o município na posição 338 de 853 dentre as cidades do estado e na posição 2065 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade

98 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2065º





No Estado


1º

853º



338º






Na micro região


1º

16º



9º


















IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental

6.7





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



341º





No Estado


1º

853º



99º






Na micro região


1º

16º



5º


















IDEB – Anos finais do ensino fundamental

4.7





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1402º





No Estado


1º

853º



345º






Na micro região


1º

16º



7º



























Matrículas

( Unidade:
matrículas

)







Ensino pré-escolar




Ensino fundamental




Ensino médio




Ensino superior




































Economia

















PIB per capita

18441.47 R$





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2118º





No Estado


1º

853º



201º






Na micro região


1º

16º



5º







Acessar página de ranking










Percentual das receitas oriundas de fontes externas






Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1º





No Estado


1º

853º



1º






Na micro região


1º

16º



1º


















Total de receitas realizadas

41168 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2227º





No Estado


1º

853º



232º






Na micro região


1º

16º



7º







Acessar página de ranking










Total de despesas empenhadas

36294 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2272º





No Estado


1º

853º



236º






Na micro região


1º

16º



7º







Acessar página de ranking




























Saúde








A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 12.27 para 1.000 nascidos vivos.
As internações devido a diarreias são de 1 para cada 1.000 habitantes.
Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 363 de 853 e 226 de 853, respectivamente.
Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 2670 de 5570 e 2419 de 5570, respectivamente.




















Mortalidade Infantil

12.27 óbitos por mil nascidos vivos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2670º





No Estado


1º

853º



363º






Na micro região


1º

16º



7º







Acessar página de ranking










Internações por diarreia

1 internações por mil habitantes





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2419º





No Estado


1º

853º



226º






Na micro região


1º

16º



5º




































Território e Ambiente








Apresenta 75.5% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 59.8% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 23.8% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).
Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 274 de 853, 473 de 853 e 398 de 853, respectivamente.
Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 1140 de 5570, 3698 de 5570 e 1593 de 5570, respectivamente.




















Esgotamento sanitário adequado

75.5 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1140º





No Estado


1º

853º



274º






Na micro região


1º

16º



11º


















Arborização de vias públicas

59.8 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3698º





No Estado


1º

853º



473º






Na micro região


1º

16º



10º


















Urbanização de vias públicas

23.8 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1593º





No Estado


1º

853º



398º






Na micro região


1º

16º



14º





































© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística| v4.3.8.18.9


































Passa-Quatro: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Passa-Quatro? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: