em

Hospital Regional de Marabá abre inscrições para o Programa de Voluntariado

A iniciativa irá beneficiar os pacientes internados no hospital

Para somar à atenção humanizada dos pacientes, nesta quinta-feira (14), o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, abre as inscrições para os interessados em participar do Programa de Voluntariado.

O programa, desenvolvido pela Pró-Saúde, gestora da unidade, tem como objetivo promover interação com a comunidade local, a valorização e crescimento de todos os participantes e usuários do serviço, baseados na humanização, um dos princípios da entidade.

Os voluntários podem atuar em diversas áreas de interesse, dentre as quais destacam-se a visita religiosa, apoio à brinquedoteca, contação de histórias, interação musical, animadores e palhaços, cuidados com a beleza, além de oficinas de pintura e artesanato.

Para participar do programa, o voluntário deve ter a partir de 16 anos de idade e possuir carteira de vacinação com o mínimo de três doses da vacina contra a covid-19. Além disso, menores de 18 anos também precisam de autorização do responsável legal.

Um dos voluntários mais atuante no Hospital Regional do Sudeste do Pará é o músico Luiz Hamilton, que desenvolve atividades de interação musical na unidade há cinco anos, tocando para os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto.

“Servir ao próximo faz parte do meu plano de vida. Meu coração se enche de alegria quando vejo um sorriso de um paciente ou de profissional de saúde. É muito bom perceber que o trabalho realizado, mesmo que seja por poucas horas, também faz a diferença”, comentou.

O HRSP, unidade que pertence ao Governo do Pará presta atendimento 100% gratuito pelo SUS (Sistema Único de Saúde), sendo referência para mais de 1 milhão de pessoas em 22 municípios.

Retomada

O Regional de Marabá retomou o voluntariado presencial na unidade em junho desse ano. A iniciativa, suspensa desde abril de 2019 devido a pandemia, manteve neste período apenas atividades realizadas à distância, com os membros já cadastrados no programa.

De acordo com Flavia Fernandes, líder do voluntariado no HRSP, os voluntários contribuíram com diversas ações durante os momentos críticos e, com a retomada das atividades presenciais, a expectativa é que o programa seja intensificado, beneficiando um número maior de pacientes.

“Estamos felizes com a volta das atividades presenciais, aos poucos os profissionais que nos ajudam, retomam as ações que tanto beneficiam nossos usuários. Estamos tomando as medidas de higienização necessárias para que nossos voluntários pratiquem o ato de solidariedade com segurança”, enfatizou.

A profissional ainda ressalta que, mesmo com a retoma das atividades presenciais, os profissionais que desenvolvem ações à distância continuam sendo fundamentais nos projetos de humanização desenvolvidos na instituição.

“Um exemplo é projeto “Polvinho Amigo”, que consiste na confecção de bonecos de crochê no formato de polvo, produzidos por costureiras. Eles contribuem na recuperação dos recém-nascidos internados na unidade Neonatal do hospital. Todos os interessados em desenvolver essas e outras ações, seja presencial ou à distância, serão bem recebidos aqui no hospital”, afirmou Flávia.

Inscrições

As ações de voluntários no ambiente hospitalar de unidades gerenciadas pela Pró-Saúde seguem o Manual do Voluntariado da instituição. Quem tiver interesse em se tornar um voluntário, basta preencher o cadastro no site: www.prosaude.org.br/programa-de-voluntariado/

Deixe uma resposta