Por que a parafina da vela não queima?

por-que-a-parafina-da-vela-nao-queima

Faltou energia elétrica? É hora de tirar as velas da gaveta para não ficar no escuro, elas queimam por horas e são uma boa fonte de luz, sem contar que também são muito baratas e são encontradas em qualquer mercado.

Se você acender uma vela logo que a noite chegar, posso garantir que na hora de dormir você terá que apaga-la, mas, como com que um simples barbante coberto por cera pode durar tanto tempo?

Em primeiro lugar vamos entender como funcionam os componentes principais de uma vela, o pavio e a cera. O pavio é um simples barbante absorvente que, se queimado sozinho, queimaria em menos de dez segundos e a cera de parafina é um hidrocarboneto pesado que vem do óleo cru. Opa, hidrocarboneto de óleo? Isso não deveria queimar?

Sim, e é exatamente o que acontece, a parafina e o barbante trabalham juntos para manter a vela acesa por mais tempo.

Quando a chama é acesa pela primeira vez no barbante, esse aquece rapidamente a cera de parafina, que sai do estado sólido e entra no estado liquido, a partir daí a mágica começa a acontecer, o barbante, por ser absorvente, absorve a parafina que agora está no estado liquido para si, essa é atraída para o topo do barbante por ser um combustível, o calor da chama a transforma em vapor e esse vapor é queimado no topo do barbante. Eis que surge a chama que queima tão lentamente.

O pavio não queima nesse processo porque a parafina o mantém isolado das chamas quando atinge o seu topo, ele só vai ser queimado novamente quando toda a cera ao seu redor tiver sido derretida e a parafina tiver evaporado, isso explica o fato das velas mais grossas durarem mais e é por isso que a vela demora tanto para ser queimada.

Concluímos com a matéria de hoje que em uma vela, na verdade não é o pavio que gera a chama, mas sim a parafina! Também vimos que a parafina é a responsável por você poder ter a luz mesma vela durante a noite toda.

Deixe sua resposta!