Dicas para incentivar as crianças lerem livros

Dicas para incentivar as crianças lerem livros

O incentivo para as crianças lerem livros tem que começar desde cedo. A leitura é tão importante que os pais não podem deixar esta tarefa só para a escola, pois isso será determinante para o desenvolvimento escolar e futuro profissional das crianças.

Dividimos as dicas de incentivo para crianças lerem livros em 10 tópicos, que se resumem e quando, como, onde e quais.

Dicas para incentivar as crianças lerem livros

1 – Quando começar?
Segundo especialistas assim que nascem, até serem alfabetizada, os pais devem ler histórias para as crianças para acostumá-las com o tipo de narrativa e enriquece-las com o vocabulário para quando conseguirem ler sozinhas não sintam muita dificuldade. Quando começarem a ler sozinhas irão cometer vários erros, ajude-as na medida certa para não bloquear a criança, não cobre a perfeição, use o bom senso. Com o passar do tempo a criança lerá livros para os pais, incentive isso. E mesmo assim continue lendo para elas, mesmo que já estejam grandinhas.

2 – Autores e estilos literários
Observe o gosto literário das crianças e procure comprar livros nos seguimentos que eles mais gostam e condizentes com a idade. Algumas crianças podem gostar mais de uns autores que outros, se for condizente com a idade não há problemas.

3 – Livros por faixa etária
Nos primeiros anos as crianças não conseguem ler, então livros com desenhos, com poucas, ou até sem frases, e que eles possam manusear irão atrair mais. Quando começarem a ler as primeiras palavras, os livros com escrita caixa alta e imagens são os indicados. E só quando estiverem bem seguros eles começarão a ler livros sem imagens. Nas próprias livrarias há a sessão infantil que ajuda na escolha do livro ideal, a maioria dos livros infantis vem com indicação da faixa etária. Vale ressaltar que a faixa etária indicada não precisa ser seguida a risca, o mais importante é a criança gostar do livro, dentro do bom senso, claro.

4 – Exemplo
As crianças costumam imitar os pais, então quando elas veem os pais lendo, com certeza irão querer fazer o mesmo. Seja este exemplo.

5 – Livrarias
Leve seu filho a livraria e deixe-o escolher um livro dentro de sua faixa etária.

6 – Hábito
Tente transformar esta atividade em uma rotina diária, sempre no mesmo horário e local. As crianças costumam seguir uma rotina diária, inclua isso em sua rotina que em breve ela se acostumará e até pedirá para ler livros.

7 – Local
O local deve ser agradável, confortável e tranquilo, sem que nada tire atenção da criança, que costuma desviar do assunto com muita facilidade. Desligue a TV, rádio e peça para que os outros familiares não desviem a atenção do foco principal. Locais onde costumam haver um trafego constante de familiares não são bons locais.

8 – Prazer
Demonstre na narrativa o prazer da leitura tornando a história ainda mais interessante. Mostre as figuras e diga o que é cada objeto e personagem, transforme a leitura em uma aventura, atraia a atenção dele, mostre como o livro é interessante, faça a criança viajar neste mundo maravilhoso da literatura.

9 – Horário
Procure um horário em que a criança está mais calma e tranquila. Evite os horários do dia em que a criança está muita agitada, ou muito cansada.

10 – Acesso
Deixe livros sempre acessíveis a criança. O livro tem que ser um objeto acessível, isso irá atrair a atenção da criança que irá manusea-lo até sem a intervenção dos pais.

Deixe seu comentário