Humildade

Domingo, 14 de agosto de 2022

LEITURA BÍBLICA: Gênesis 23.1-12

Abraão levantou -se, curvou -se diante do povo daquela terra, os hititas... (Gn 23.7)

Li numa revista um episódio interessante: em um museu na Europa existe um salão com um piano que pertencia a um dos mais celebrados músicos de todos os tempos. Certo dia, uma visitante sentou -se àquele piano na presença de muita gente e executou algumas músicas. Depois, dirigindo -se a um dos guardas, perguntou: "Muita gente visita esta sala do museu?" "Sim, muita gente. Ontem mesmo esteve aqui o pianista mais famoso do mundo". A moça ficou curiosa e perguntou: "E ele executou alguma música?" "Não, julgou -se indigno de tocar no piano que pertenceu a J. S. Bach". Envergonhada, ela se retirou cabisbaixa.
Esse texto nos lembra que Abraão era bem parecido com aquele pianista. No texto vemos o respeito e a admiração que os hititas lhe devotavam. Em nenhum momento percebemos Abraão aproveitando -se desse respeito ou melindrando seus vizinhos com atitudes de superioridade.
A mídia atual é um desfile de vaidades, de pessoas que ostentam notoriedade ou que menosprezam os comuns que as rodeiam. Cada um quer alcançar o seu minuto de fama. Alguns lutam anos em busca desse momento. Em Abraão, a humildade fazia parte da sua personalidade. Deixou tudo em Harã e saiu em obediência ao que era de fato tudo para ele, ou seja, Deus.
Humilde é quem está feliz com a sua grandeza de ser um cidadão do reino dos céus – e que por isso não precisa tentar impor seu valor artificialmente. As "bem -aventuranças" que lemos em Mateus 5 contêm valiosas promessas de Jesus expressamente para os humildes de espírito, mas também para quem expressa humildade de outras formas: os mansos, os puros de coração e os pacificadores. Os escribas e fariseus (líderes religiosos no tempo de Jesus) julgavam -se filhos de Abraão, mas, em termos de caráter, estavam longe da humildade dele. Em Cristo também somos descendentes de Abraão. Que sua humildade seja encontrada em cada um de nós. – MJT

Todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado (Mt 23.12b).



Velho Testamento

Novo Testamento