Início » Tocantins » Natividade


Natividade - Tocantins



Natividade faz parte do estado do Tocantins. Encontra-se a uma latitude 11º42′35" sul e a uma longitude 47º43′24" oeste, estando a uma altitude de 323 metros. A população avaliada em 2010 é de 9 000 habitantes.

Possui uma área de 3210,95km².

O antigo Arraial de São Luiz (localizado no topo da serra que fica logo ao lado da cidade) foi criado em 1734 e é o mais antigo núcleo urbano já fundado no estado do Tocantins.

História da cidade de Natividade

Teve sua origem no século XVIII, no ano de 1734, com a chegada de imigrantes portugueses nessa região à procura de ouro. Dentre esses portugueses, Manoel Ferraz de Araújo estabeleceu-se no local com sua mineração, iniciativa que deu origem ao Arraial de São Luiz, edificado no topo da Serra pelas mãos dos escravos, cerca de quarenta mil, trazidos por esses desbravadores.

Em 1735, chegou ao arraial uma imagem de Nossa Senhora da Natividade, que veio de barco pelo Rio Tocantins e depois em ombros escravos até o Arraial. Para garantirem sua permanência no local, os moradores tiveram que enfrentar ataques dos índios. Essa imagem é a mesma venerada nos dias de hoje na igreja Matriz de Natividade, uma das mais antigas do Estado, datada de 1759.

No início da colonização, toda uma tribo da etnia Xavante foi aniquilada por se ter negado à escravidão determinada pelos portugueses, que possuíam escravos trazidos da áfrica para trabalharem na extração do ouro.

Segundo a tradição oral, entre portugueses e escravos africanos, havia quarenta mil trabalhadores nas minas: conta-se também que caravanas de mais de cem burros com suas bruacas carregadas com "arrobas de ouro" seguiam de Natividade para Salvador, na Bahia, e dali para Portugal. Com o declínio da mineração, desceram a serra para desenvolver a agricultura e o comércio.

Esses portugueses e missionários que chegaram para se dedicar à extração do ouro e à catequese deixaram fortes sinais. Longe de suas famílias e do alto clero, muitos deles tiveram filhos com as escravas que traziam, oferecendo-lhes carta de alforria para que seus filhos nascessem livres. Os escravos, por sua vez, começaram a erguer o que seria a igreja de Nossa Senhora do Rosário, construída em pedra canga. A obra foi paralisada por volta de 1817 por falta de recursos, pois os escravos não aceitavam ofertas, em dinheiro, dos brancos para concluí-la. Suas ruínas são hoje um dos principais cartões postais do Estado.

Entre os anos de 1809 e 1815, o Arraial de São Luiz, hoje Natividade, foi sede provisória do que seria a Comarca de São João das Duas Barras, época em que o território de Goiás foi dividido em duas comarcas, conforme Alvará.

Nesse alvará, datado de 18 de março de 1809, no Rio de Janeiro, o príncipe regente D. João VI criou a Comarca de São João das Duas Barras, ainda em Natividade. Duas Barras seria instalada nas proximidades da confluência. Em 1815, a sede da Comarca foi transferida para São João da Palma, hoje Paranã.

Em 1821, Natividade volta a ser sede administrativa do Norte Goiano, agora na condição de Governo Provisório.

Gentílico: nativitano

Formação Administrativa

No ano de 1832, o Arraial passou à condição de Vila de Natividade.

Em 22 de julho de 1901, foi criada a Comarca de Natividade, instalada em 23 de dezembro de 1905, desligando-se da Comarca de Porto Nacional. Contudo, em 1930, se deu a supressão da Comarca de Natividade, que foi transformada em Termo novamente sob a jurisdição da Comarca de Porto Nacional.

Em 26 de agosto de 1933, com seus limites territoriais estabelecidos, tornou-se o Município de Natividade.

Fonte: Associação Tocantinense de Municípios - ATM Ana Elisete Motter. In: Jornal do Tocantins, jun. 2005. Halum, César Hanna. Municípios tocantinenses - suas origens, seus nomes. Palmas: Provisão, 2008.

Autor do Histórico: FERNANDO CéZAR RODRIGUES PóVOA

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.






































Aniversários dos Municípios



























<: Voltar









Selecionar local









Estados















Municípios



Todos

Por estado





Selecione o estado:



  • Acre

  • Alagoas

  • Amapá

  • Amazonas

  • Bahia

  • Ceará

  • Distrito Federal

  • Espírito Santo

  • Goiás

  • Maranhão

  • Mato Grosso

  • Mato Grosso do Sul

  • Minas Gerais

  • Paraná

  • Paraíba

  • Pará

  • Pernambuco

  • Piauí

  • Rio Grande do Norte

  • Rio Grande do Sul

  • Rio de Janeiro

  • Rondônia

  • Roraima

  • Santa Catarina

  • Sergipe

  • São Paulo

  • Tocantins








0 de5570 municípios









Nenhum município encontrado.












Nenhum município encontrado.





























Código do Município



1714203




Gentílico



nativitano




Prefeito



MARTINHA RODRIGUES NETO































































































































































































































































































































































































































































































































































População

População estimada
[2018]


9.239

pessoas  :






População no último censo
[2010]


9.000

pessoas  :






Densidade demográfica
[2010]


2,78

hab/km²  :








Trabalho e Rendimento

Salário médio mensal dos trabalhadores formais
[2016]


1,9

salários mínimos  :






Pessoal ocupado
[2016]


744

pessoas  :






População ocupada
[2016]


8,0

%  :






Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo
[2010]


43,7

%  :








Educação

Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade
[2010]


97,8

%  :






IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental
[2015]


5.5

 :






IDEB – Anos finais do ensino fundamental
[2015]


3.5

 :






Matrículas no ensino fundamental
[2017]


1.520

matrículas  :






Matrículas no ensino médio
[2017]


324

matrículas  :






Docentes no ensino fundamental
[2015]


96

docentes  :






Docentes no ensino médio
[2017]


16

docentes  :






Número de estabelecimentos de ensino fundamental
[2017]


9

escolas  :






Número de estabelecimentos de ensino médio
[2017]


1

escolas  :








Economia

PIB per capita
[2015]


13.126,51

R$  :






Percentual das receitas oriundas de fontes externas
[2015]


93

%  :






Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM)
[2010]


0.673

 :






Total de receitas realizadas
[2017]


18.338,00

R$ (×1000)  :






Total de despesas empenhadas
[2017]


16.622,00

R$ (×1000)  :








Saúde

Mortalidade Infantil
[2014]


28,57

óbitos por mil nascidos vivos  :






Internações por diarreia
[2016]


0,2

internações por mil habitantes  :






Estabelecimentos de Saúde SUS
[2009]


5

estabelecimentos  :








Território e Ambiente

Área da unidade territorial
[2017]


3.240,715

km²  :






Esgotamento sanitário adequado
[2010]


36,1

%  :






Arborização de vias públicas
[2010]


93,1

%  :






Urbanização de vias públicas
[2010]


0,4

%  :








Notas &: Fontes











Notas:




  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100



  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100



  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100



  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.



  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000



  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100



  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100



  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100








Fontes:




  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018



  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011



  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)



  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010



  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010



  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016



  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017



  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus -
    SUFRAMA



  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015



  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD



  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018



  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014



  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente



  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009



  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018



  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística



  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010



  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010


















População

















População no último censo

9000 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3170º





No Estado


1º

139º



32º






Na micro região


1º

20º



5º







Acessar página de ranking










Densidade demográfica

2.78 hab/km²





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



5222º





No Estado


1º

139º



83º






Na micro região


1º

20º



9º



























Pirâmide Etária






















































































100 ou mais















95 a 99
90 a 94
85 a 89
80 a 84
75 a 79
70 a 74
65 a 69
60 a 64
55 a 59
50 a 54
45 a 49
40 a 44
35 a 39
30 a 34
25 a 29
20 a 24
15 a 19
10 a 14
5 a 9
0 a 4
Homens  :  :  :  :  :  :  :  :  :  : Mulheres
Brasil












População residente por religião

( Unidade:
pessoas

)







Católica apostólica romana




Evangélica




Espírita




































Trabalho e Rendimento








Em 2016, o salário médio mensal era de 1.9 salários mínimos.
A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 8.0%.
Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 18 de 139 e 59 de 139, respectivamente.
Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 2309 de 5570 e 3807 de 5570, respectivamente.
Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 43.7% da população nessas condições, o que o colocava na posição 81 de 139 dentre as cidades do estado e na posição 2287 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Salário médio mensal dos trabalhadores formais

1.9 salários mínimos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2309º





No Estado


1º

139º



18º






Na micro região


1º

20º



3º







Acessar página de ranking










Pessoal ocupado

744 pessoas





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3531º





No Estado


1º

139º



27º






Na micro região


1º

20º



3º







Acessar página de ranking










População ocupada

8.0 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3807º





No Estado


1º

139º



59º






Na micro região


1º

20º



6º


















Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo

43.7 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2287º





No Estado


1º

139º



81º






Na micro região


1º

20º



18º




































Educação








Em 2015, os alunos dos anos inicias da rede pública da cidade tiveram nota média de 5.5 no IDEB.
Para os alunos dos anos finais, essa nota foi de 3.5.
Na comparação com cidades do mesmo estado, a nota dos alunos dos anos iniciais colocava esta cidade na posição 10 de 139.
Considerando a nota dos alunos dos anos finais, a posição passava a 90 de 139.
A taxa de escolarização (para pessoas de 6 a 14 anos) foi de 97.8 em 2010.
Isso posicionava o município na posição 54 de 139 dentre as cidades do estado e na posição 2411 de 5570 dentre as cidades do Brasil.




















Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade

97.8 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2411º





No Estado


1º

139º



54º






Na micro região


1º

20º



8º


















IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental

5.5





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2492º





No Estado


1º

139º



10º






Na micro região


1º

20º



4º


















IDEB – Anos finais do ensino fundamental

3.5





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4095º





No Estado


1º

139º



90º






Na micro região


1º

20º



12º



























Matrículas

( Unidade:
matrículas

)







Ensino pré-escolar




Ensino fundamental




Ensino médio




Ensino superior




































Economia

















PIB per capita

13126.51 R$





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



3060º





No Estado


1º

139º



67º






Na micro região


1º

20º



7º







Acessar página de ranking










Percentual das receitas oriundas de fontes externas

93 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1430º





No Estado


1º

139º



64º






Na micro região


1º

20º



14º


















Total de receitas realizadas

18338 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4226º





No Estado


1º

139º



43º






Na micro região


1º

20º



5º







Acessar página de ranking










Total de despesas empenhadas

16622 R$ (×1000)





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4139º





No Estado


1º

139º



44º






Na micro região


1º

20º



5º







Acessar página de ranking




























Saúde








A taxa de mortalidade infantil média na cidade é de 28.57 para 1.000 nascidos vivos.
As internações devido a diarreias são de 0.2 para cada 1.000 habitantes.
Comparado com todos os municípios do estado, fica nas posições 20 de 139 e 107 de 139, respectivamente.
Quando comparado a cidades do Brasil todo, essas posições são de 529 de 5570 e 4284 de 5570, respectivamente.




















Mortalidade Infantil

28.57 óbitos por mil nascidos vivos





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



529º





No Estado


1º

139º



20º






Na micro região


1º

20º



4º







Acessar página de ranking










Internações por diarreia

0.2 internações por mil habitantes





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4284º





No Estado


1º

139º



107º






Na micro região


1º

20º



13º




































Território e Ambiente








Apresenta 36.1% de domicílios com esgotamento sanitário adequado, 93.1% de domicílios urbanos em vias públicas com arborização e 0.4% de domicílios urbanos em vias públicas com urbanização adequada (presença de bueiro, calçada, pavimentação e meio-fio).
Quando comparado com os outros municípios do estado, fica na posição 20 de 139, 28 de 139 e 38 de 139, respectivamente.
Já quando comparado a outras cidades do Brasil, sua posição é 2837 de 5570, 1168 de 5570 e 4630 de 5570, respectivamente.




















Esgotamento sanitário adequado

36.1 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



2837º





No Estado


1º

139º



20º






Na micro região


1º

20º



4º


















Arborização de vias públicas

93.1 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



1168º





No Estado


1º

139º



28º






Na micro região


1º

20º



2º


















Urbanização de vias públicas

0.4 %





Comparando a outros municípios




No país


1º

5570º



4630º





No Estado


1º

139º



38º






Na micro região


1º

20º



5º





































© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística| v4.3.8.18.9


































Natividade: Imagens da cidade e Região

As fotos fornecidas pelo Panoramio estão sobre direitos autorais de seus proprietários.

Você conhece a cidade de Natividade? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)






Compartilhe Esta Página: