Início » São Paulo » Orindiúva


Orindiúva - São Paulo



Orindiúva faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 20º10′56" sul e a uma longitude 49º21′05" oeste, estando a uma altitude de 633 metros. A cidade tem uma população de 5.675 habitantes (IBGE/2010) e área de 248,1km². Orindiúva pertence à Microrregião de São José do Rio Preto.

Dados do Censo - 2010

População total: 5.675

História da cidade de ORINDIúVA SãO PAULO

Segundo crônica local Maria Batistina Dias, grande latifundiária da região, loteou sua propriedade em glebas de 10 a 30 alqueires, reservando uma área de três alqueires, às margens do Córrego Barreirão, para formação do patrimônio.

Entre os primeiros moradores que contribuíram para a formação do povoado, destacam-se a ação das famílias de Francisco Tomaz de Aquino, Gil Cândido da Silva, Alcides Alves Ferreira, Herculano Muniz, Juca Dominiciano, Jerônimo Nunes e Veloso de Almeida, além dos imigrantes Espanhois, Italianos e Japoneses.

Em 1929, foi erguido um cruzeiro na praça e inaugurada a capela dedicada a Santa Terezinha, padroeira da localidade. O topógrafo Juca Veloso providenciou a abertura das primeiras ruas nas quais se estabeleceram os comerciantes Deolino Furtado, João Pires e Antônio Milanês.

Inicialmente, a povoação ficou conhecida por Vila Toledo em homenagem à família que doou parte do patrimônio. Mais tarde, em 1935, passou a denominar-se Orindiúva, de origem indígena que significa " madeira dura", por sugestão do viajante Frugêncio Martins de Oliveira, devido à grande quantidade, na região, de aroeiras, árvore de lenho muito duro.

Sua economia baseou-se desde os primeiros tempos na agricultura de arroz, milho e algodão, substituídos, em parte, na década de 1970, pela cana-de -açúcar, principal produto local, para produção de álcool hidratado.

GENTíLICO: ORINDIUVENSE

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Orindiúva, por Decreto nº 7009, de 12 de março de 1935, no Município de Olímpia.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, Orindiúva é Distrito judiciário do Município de Olímpia.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Orindiúva permanece no Município de Olímpia.

Pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, o Distrito de Orindiúva foi transferido do Município de Olímpia para o novo Município de Paulo de Faria, onde figura em 1939-1943.

Em virtude do Decreto-lei Estadual n.º 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Orindiúva permanece no Município de Paulo de Faria, assim como nos quadros fixados pelas Leis ns.º 233, de 24-XII-1948 e 2456, de 30-XII-1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Orindiúva, por Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, desmembrado de Paulo de Faria e Icém. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia, 30 de abril de 1965.

Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Orindiúva: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Orindiúva? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: