Início » São Paulo » Iporanga


Iporanga - São Paulo



Iporanga faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 24º35′09" sul e a uma longitude 48º35′34" oeste, estando a uma altitude de 81 metros. A população avaliada em 2004 era de 4.535 habitantes.

"Iporanga" é um vocábulo de origem tupi que significa "água bonita", através da junção dos termos ′y ("água") e porang ("bonito").

Os primeiros vestígios de ocupação de ascendência europeia em Iporanga ocorreu em 1600 sendo que só veio a ser habitada em meados de 1650, com a exploração do ouro, e ai se deu a formação do garimpo de Santo António. Iporanga teve a fundação oficial do arraial, no ano de 1755, e teve seus primeiros traços na história a partir de 1650 em registro de terras com o nome de Upuranga.

História da cidade de IPORANGA SãO PAULO

Iporanga, originalmente, constituiu arraial na lavra de ouro do ribeirão Iporanga - nome de origem tupi, que significa água de rio bonito. Entre 1571 e1755, os mineradores Garcia Rodrigues Pais, José Rolim de Moura, Antônio Leme de Alvarenga e Nuno Mendes Torres ergueram uma capela de taipa no local de outra mais antiga - de sapé - construída pelos antigos moradores.

Dessa época restou apenas vestígios de casas, valas e os desvios do ribeirão, pois em fins do século XVIII, a população transferiu-se para a confluência do Iporanga com o Ribeira de Iguape, lá se dedicando à lavoura de subsistência, sobretudo de cana-de-açúcar e arroz.

Uma nova capela, construída anteriormente a 1821, permanece como um marco na cidade e integra-se ao conjunto de casas de pau-a-pique, que ainda se conserva devido ao isolamento geográfico a que foi submetida a cidade.

A produção de aguardente, rapadura e farinha de mandioca, bem como o fato de ser ponto de encontro, esporádico, entre as canoas que vinham do litoral e as tropas de muares que desciam do planalto, permitiram a Iporanga um período de relativa riqueza, em meado do século XIX, em 1873 foi elevada `a Vila e, um ano depois, a Município.

A implantação da ferrovia e da rodovia no planalto golpeou a relativa prosperidade Iporanguense, pois a atividade comercial concentrou-se naquela região prejudicando a movimentação fluvial, da qual dependia.

GENTíLICO: IPORANGUENSE OU IPORANGUEIRO

FORMAçãO ADMINISTRATIVA

Freguesia criada com a denominação de Iporanga, por Decreto de 09 de dezembro de 1830, no Município de Apiaí.

Lei Provincial no 08, de 04 de março de 1843, transfere o Distrito de Iporanga do Município de Apiaí para o de Xiririca (Atual Eldorado).

Elevado a categoria de vila com a denominação de Iporanga, por Lei Provincial nº 39, de 3 de abril de 1873, desmembrado de Xiririca. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 12 de janeiro de 1874.

Cidade por Lei Estadual nº 1038, de 19 de dezembro de 1906.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Iporanga se compunha do Distrito Sede.

Em divisão referente ao ano de 1933, o Município de Iporanga figura com o Distrito Sede.

Iporanga foi reduzido à condição de Distrito, pertencente à comarca de Apiaí pelo Decreto nº 6448, de 21 de maio de 1934; e a comarca de Faxina pelo Decreto nº 7087, de 10 de abril de 1935.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, Iporanga figura como distrito Judiciário pertencente ao Município de Apiaí, do termo e comarca de Faxina.

Reintegrado novamente à categoria de município com a denominação de Iporanga, por Lei nº 2780, de 23 de dezembro de 1936, desmembrado de Apiaí. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 25 de abril de 1937.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1937, figura o Município de Iporanga pertencente ao termo judiciário de Faxina, da comarca de Faxina, e figurando com 1 só Distrito, Iporanga.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Iporanga pertence ao termo judiciário de Apiaí, da comarca de Apiaí, e figura com 1 só Distrito, Iporanga.

Pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, o Distrito de Iporanga, do Município de Iporanga perdeu parte do território para o novo Distrito de Barra do Turvo, do mesmo município.

Em 1939-1943, o Município de Iporanga é composto dos Distritos de Iporanga e Barra do Turvo, e pertence ao termo de Apiaí, da comarca de Apiaí.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Iporanga ficou composto dos Distritos de Iporanga e Barra do Turvo, e pertence ao termo e comarca de Apiaí.

Lei Estadual no 8092, de 28 de fevereiro de 1964, desmembra do Município de Iporanga o Distrito de Barra do Turvo.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968 o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanece no quadro territorial fixado pela Lei nº 233, de 24-XII-1948, para vigorar em 19491953, bem como no fixado pela Lei nº 2456, de 30-XII-1953 para vigorar em 1954-1958.

Em divisão territorial datada de 01- VII-1960, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1999.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Iporanga: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Iporanga? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: