Início » São Paulo » Amparo


Amparo - São Paulo



Amparo, oficialmente Estância Hidromineral de Amparo, faz parte do estado de São Paulo. Encontra-se a uma latitude 22º42′04" sul e a uma longitude 46º45′52" oeste, estando a uma altitude de 674 metros. Possui uma área de 446km².

Amparo é um dos 11 municípios paulistas considerados estâncias hidrominerais pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Hidromineral, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

No início do século XIX, famílias de Atibaia, Bragança e Nazaré fixam-se num bairro chamado Camandocaia, na região do Sertão de Bragança, possivelmente atraídos pela fertilidade das terras da região.

História da cidade de AMPARO SãO PAULO

A Região limite entre São Paulo e Minas no sertão do Retiro do Camanducaia, junto à serra da Mantiqueira, começou a atrair, no início do século XIX, os primeiros povoadores oriundos de Bragança, atibaia e Nazaré.

Os pioneiros Manoel Miranda Antunes e João Bueno, abriram caminho aos demais que, por volta de 1824, construíram às margens do rio Camanducaia, uma capela em louvor à Nossa Senhora do Amparo, elevada a curato em 1829.

Em 1857, Amparo, já Distrito, apresentava suas terras bastante subdivididas, tendo o Registro Paroquial apontado 321 propriedades de reduzidas proporções, na sua maioria. Seus proprietários dedicavam-se ao plantio de feijão, milho, arroz, algodão e criação de suínos, para abastecimento da cidade de São Paulo.

Nessa época, a cultura de café teve grande impulso, chegando a produzir quantidade superior a um milhão de arrobas. Em 1875, foi inaugurada a Estrada de Ferro Mogiana que contribuiu para o desenvolvimento da região.

Com a abolição da escravatura, em 1889, começaram a chegar os imigrantes, que organizaram a colônia agrícola e, através deles a implantação de indústrias, quando o café perdeu sua predominância

Em 25 de outubro de 1945 foi decretada a Estância Hidromineral de Amparo.

GENTíLICO : AMPARENSE

FORMAçãO ADMISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Amparo, por Lei provincial nº 6 , de 04 de março de 1839, no Município de Bragança.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Amparo, por Lei nº 05, de 14 de março de 1857, desmembrado de Bragança, Sede na Vila do mesmo nome. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 28 de março de 1865.

Em divisão administrativa do brasil referente ao ano de 1911, o Município de Amparo se compunha de 2 Distritos: Amparo e Monte Alegre.

Assim permanecendo nas divisões administrativas do Brasil, referente ao ano de 1933, bem como nas territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937 e no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Município de Amparo está formado pelos Distritos de Amparo e Monte Alegre, assim permanecendo no quadro territorial fixado pelo Decreto-lei Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para vigorar no quinquênio 1939-1943.

De acôrdo com o Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro da divisão territorial, judiciária e administrativa do Estado de São Paulo, em vigor no período 1945-1948, o Município de Amparo figura com os Distritos de Amparo e Ibiti (ex-Monte Alegre). E constitui o único termo judiciário da comarca de Amparo, a qual é formada pelos Municípios de Amparo e Pedreira. Formado dos Distritos Amparo e Arcadas, comarca de Amparo, menos o Distrito de Ibiti, atual Monte Alegre do Sul.

Lei Estadual no 233, de 24 de dezembro d 1948, cria o Distrito de Arcadas e incorpora ao Município de Amparo.

Lei Estadual nº 233, de 24 de dezembro de 1948, desmembra de Amparo o Distrito Monte Alegre do Sul (Ex-Ibiti).

Fixado o quadro territorial para vigorar 1949-1953. Assim figura o quadro fixado pela Lei Estadual nº 2456 de 30-XII-1953 para o período 1954-1958, o Município de Amparo é formado De 2 Distritos: Amparo e Arcadas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Lei Estadual no 3198, de 23 de dezembro de 1981, cria o Distrito de Três Pontes e incorpora ao Município de Amparo.

Em divisão territorial datada de 01-06-1983, o município é constituído de 3 Distritos: Amparo, Arcadas e Três Pontes.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-VII-1997.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Amparo: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Amparo? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: