Início » Santa Catarina » Botuverá


Botuverá - Santa Catarina



Botuverá faz parte do estado de Santa Catarina. Encontra-se a uma latitude 27º11′58" sul e a uma longitude 49º04′29" oeste, estando a uma altitude de 85 metros. A população avaliada em 2004 era de 3 603 habitantes.

Possui uma área de 317,86km².

Botuverá é conhecida nacionalmente por suas cavernas milenares e gigantescas. As cavernas são abertas para visitação, sempre acompanhadas de guias, onde os visitantes são orientados acerca da preservação das grutas. Com esse fim, existem áreas da caverna que não podem ser visitadas, por serem muito estreitas e baixas, podendo ser destruídas por descuido.

História da cidade de Botuverá

A colonização da região começou com a chegada de imigrantes italianos que chegaram ao Porto de Itajaí por volta de 1876. Os primeiros imigrantes seguiram até Brusque e se alojaram em barracas e barracões na localidade, hoje, de águas Claras. Em seguida, com o uso de canoas e balsas improvisadas, subiram o Rio Itajaí-Mirim e se fixaram nas terras que denominaram "Porto Franco", hoje Botuverá.

Ao chegarem nesta região, iniciaram construção de seus novos lares e sítios. Deram início ao desbravamento das matas, deram os primeiros passos para agricultura, que se tornou o marco econômico da população botuveraense até os nossos dias.

Não há fontes seguras dos nomes dos primeiros imigrantes de Porto Franco. De acordo com informações dos mais antigos (descendentes diretos), foi possível confirmar que entre os pioneiros vieram as famílias, Bósio, Bonomini, Pedrini, Molinari, Tirloni, Aloni, Gianesini, Betinelli, Raimondi, Rampelotti, Dognini, Morelli, Tomio, Maestri e Comandolli, num total de trinta e três famílias.

Cada família procurou um local para se estabelecer, delimitou e formou ali sua propriedade. Outras levas de imigrantes vieram. Ocuparam outras localidades como águas Negras, Ribeirão do Ouro, Lageado, estabelecidas no Vale do Itajaí-mirim.

O topônimo Bptuverá é uma palavra na língua Tupi-Guarani que significa "Bons Brilhantes". Nome Botuverá foi originado em consequência da existência de vários minérios no município, principalmente o ouro, que já foi um minério muito extraído, e foi uma das principais atividades econômicas do município.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Porto Franco, pela Lei Municipal n.º 26, de 08-02-1925, subordinado ao município de Brusque.

Em divisão administrativo referente ao ano de 1933, o distrito figura no município de Brusque.

Pelo Decreto-lei Estadual n.º 941, de 31-12-1943, o distrito Porto Franco passou a denominar-se Botuverá.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito já denominado Botuverá permanece no município de Brusque.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Botuverá, pela Lei Estadual n.º 821, de 07-05-1962, desmembrado de Brusque. Sede no antigo distrito de Botuverá. Constituído do distrito sede. Instalado em 09-06-1962.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: Prefeitura Municipal

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Botuverá: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Botuverá? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: