Início » Rio Grande do Sul » Cidreira


Cidreira - Rio Grande do Sul



Cidreira é uma cidade localizada no litoral Norte do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil, e considerada um das praias mais antigas do estado para veraneio. É juntamente, com Balneário Pinhal, a praia mais próxima da capital,Porto Alegre. Hoje, apesar de demonstrar um pífio destaque junto ao turismo estadual e nacional, já foi uma das praias mais populares e frequentadas do Rio Grande do sul, que gozava de grande prestígio turístico. Teve importância naval pois possui um farol, que já é centenário; possui grande destaque na pesca, justamente pelo seu extenso mar, sua plataforma de pesca, suas três lagoas e seus inúmeros banhados; tem apresentado esforços para se destacar em turismo,música, e cinema. É no seu território que está o polêmico estádio Sessinzão, que foi construído com capacidade para 17.000 pessoas, quando a cidade possuía pouco mais de 8.000 habitantes.

Localizada aparentemente na divisão entre a pequena península do Rio Grande do Sul e os demais municípios do Litoral Norte gaúcho, Cidreira é composta por 5 bairros oficiais: Salinas, Nazaré, Centro, Ildo Meneghetti e Costa do Sol, sendo que existem também os bairros e regiões não oficiais, tais como o Parque dos Pinus, o Bairro da Antena, a Fortaleza e as Cabras. Com uma população que, de acordo com o IBGE, atinge 12.668 habitantes, distribuídos em uma área pouco maior que o município de Canoas, Cidreira é uma das cidades menos povoadas de todo o Litoral Gaúcho, sendo considerada um Centro Local, e uma Cidade-fantasma, pois no perído no entorno de março até dezembro, a cidade fica deserta, com mais da metada das suas casas desabitadas, que pertencem em sua maioria a veranistas.

O Território de Cidreira já era habitado por indígenas muito antes da chegada do homem branco, depois servindo para passagem de colonizadores, bandeirantes e tropeiros. A cidade tem suas origens na doação da sesmaria de Cidreira para Manuel Pereira Franco, doação esta feita pela Coroa de Portugal, em 1767. O território passa por diversas mãos, devido a sonegação de impostos e outros motivos. Em 1800 há registros de que recebia seus primeiros veranistas. Já pertenceu aos municípios de Santo Antônio da Patrulha, Osório e Tramandaí. Conquista definitivamente sua emancipação em maio de 1988.

História da cidade de Cidreira Rio Grande do Sul - RS

Em 1767 foi doado pela Coroa de Portugal a sesmaria de Cidreira para o Almoxarife-Mor Manuel Pereira Franco. O primeiro lugarejo que se formou em Cidreira, foi mais ou menos a uma légua do mar (6.600m). Até então o litoral não era valorizado devido ao solo arenoso, quase improdutivo, sendo que somente após 1860, começaram a vir para Cidreira, em carretas puxadas por bois, os primeiros veranistas, ficando estes em casas de palha, com chão de areia batida.

A partir de 1930, começaram a surgir as primeiras casas de madeira, e foi construída a Igreja Nossa Senhora da Saúde (em madeira). Em 1941, o Pe. Caruso, mandou instalar em Cidreira um gerador de luz que funcionava até as 22 horas. Em 1943, houve um rigoroso controle sobre os moradores. devido a II Guerra Mundial, e as luzes eram desligadas às 20 horas, para que o povoado não fosse localizado, caso algum navio estrangeiro passasse am alto mar. Para se entender o processo de emancipação pelo qual passou o litoral, é necessário que se retroceda até 1960, ano em que teve início a luta pela emancipação de Tramandaí e Capão da Canoa, os maiores Distritos de Osório.

O plebiscito foi aprovado pela Asembléia Legislativa em 25 de maio de 1965, e realizado em 25 de junho daquele mesmo ano. Não fosse a emancipação de Tramandaí, toda esta vasta faixa que fazia parte do Município de Osório, estaria totalmente estagnada, pois teria sido impossível à Prefeitura, por mais esforço que fizesse, promover o desenvolvimento de tão vasto território, assim, cada distrito foi pleiteando sua autonomia política, chegando finalmente á vez de Cidreira. Conta-se que o nome originou-se da grande quantidade de pequenas árvores das rutáceas (que produz cidra) encontradas no lugar.

Gentílico: cidreirense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município com a denominação de Cidreira, pela lei estadual nº 8606, de 09-05-1988, desmembrado de Tramandaí e Palmares do Sul. Sede no Balneário de Cidreira ex-povoado do distrito de Tramandaí. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989.

Pela lei municipal nº 112, de 14-11-1990, são criados os distritos de Pinhal e Tunel Verde e anexados ao município de Cidreira.

Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído de 2 distritos: Cidreira e Costa do Sol.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Cidreira: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Cidreira? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: