Início » Rio de Janeiro » Aperibé


Aperibé - Rio de Janeiro



Aperibé faz parte do estado do Rio de Janeiro. É banhado pelos rios Pomba e Paraíba do Sul. Tem a maioria de sua população urbana, e embora ainda não possua uma infra-estrutura adequada, recebe uma frequente visitação. Seu padroeiro é São Sebastião.

O nome Aperibé vem de Ape Ribe, que em tupi-guarani significa Cachimbo Aceso.

O antigo Distrito de Chave do Faria, atual município de Aperibé, emancipou-se, em 1992, do município de Santo Antônio de Pádua, quando então contava com uma área de aproximadamente 90km². Nessa época, os emancipacionistas reivindicavam o direito dos produtores usarem os trens de carga da Rede Ferroviária Federal, que ligavam o interior de Minas Gerais ao município de Campos dos Goytacazes.

História da cidade de Aperibé

A origem dos municípios de Santo Antônio de Pádua e Aperibé remonta ao século XVIII, quando frades capuchinhos empenharam-se em catequizar indígenas da região, sendo alvo de inúmeros ataques.

Somente no século XIX veio a ser dado novo impulso às obras missionárias, fazendo com que fosse construída capela nas proximidades do Rio Pomba, consagrada a Santo Antônio de Pádua, em torno da qual se reuniram famílias indígenas pacíficas.

O desenvolvimento da região levou o governo, em 1843, a criar a freguesia de Santo Antônio de Pádua, sob jurisdição de São Fidélis. A freguesia progrediu rapidamente, sobretudo no setor agrícola, emancipando-se de São Fidélis em 1882, elevada a categoria de vila. Primeiramente dedicado à cafeicultura, o fluxo migratório proveniente de Campos desenvolveu a cana-de-açúcar, consolidando a evolução econômica e demográfica.

A implantação dos sistema ferroviário determinou a formação de diversos sítios urbanos, geralmente a partir das estações, como é o caso das sedes distritais de Baltazar e Paraoquena, e de Aperibé, emancipado mais recentemente.

Posteriormente, em outra realidade econômica, as rodovias cumpririam o papel antes desempenhado pela estrada de ferro, surgindo novos núcleos, como Marangatu, Ibitiguaçu e Monte Alegre.

Gentílico: aperibeense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Aperibé, por deliberação estadual, de 19-09- 1891. O distrito de Aperibé teve confirmada sua criação por decretos estaduais nº 1 e 1-A, de 08-05-1892 e 03-06-1892.Pela lei estadual nº 291, 06-12-1895, o distrito de Aperibé passou a denominar-se Chaves do Faria. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Chaves do Faria figura no

município de Santo Antônio de Pádua.

Assim permanecendo em divisão administrativa referente ao de 1933.

Pelo decreto-lei estadual nº 1056, de 31-12-1943, o distrito de Chaves do Faria voltou denominar-se Aperibé.

Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o distrito de Aperibé permanece no município de Santo Antônio de Pádua.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-1-1991.

Elevado a categoria de município com a denominação de Aperibé, pela lei estadual nº.1985, de 10-04-1992, desmembrado de Santo Antônio de Pádua. Sede no antigo distrito de Aperibé. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993.

Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: IBGE

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Aperibé: Imagens da cidade e Região

Ainda não temos imagens dessa cidade, se você possui alguma envie pra gente!

Você conhece a cidade de Aperibé? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: