Início » Pernambuco » Floresta


Floresta - Pernambuco



Floresta faz parte do estado de Pernambuco, distante 433 km da capital, Recife. Encontra-se a uma latitude 08º36′04" sul e a uma longitude 38º34′07" oeste, estando a uma altitude de 316 metros. A população avaliada em 2011 era de 29.635 habitantes. O município é constituído de 3 distritos: Floresta (sede), Airi e Nazaré do Pico.

A região era primitivamente ocupada por uma aldeia indígena, catequizada pelas primeiras missões dos jesuítas e capuchinhos franceses. Floresta teve início no século XVIII nas fazendas Curralinho e Paus Pretos, mas foi na Fazenda Grande, à margem direita do Rio Pajeú, que teve início a povoação de Floresta. Na segunda metade do século XVIII, a fazenda servia de curral temporário para o gado que vinha da Bahia abastecer os engenhos de açúcar pernambucanos. Em torno do oratório particular, erguido em 1777, que viria a ser depois a capela do Bom Jesus dos Aflitos, surgiu o povoado de Fazenda Grande. Os proprietários da Fazenda Grande, e sua esposa D. Joana de Souza Silveira, doaram suas terras ao Bom Jesus dos Aflitos, em 1778, no cartório de notas da Fazenda Riacho do Navio. A proximidade com os Rios Pajeú, São Francisco e o Riacho do Navio aliada ao espírito de cristandade atraíram o povo para o local. Em poucos anos, o povoado de Fazenda Grande foi elevado à categoria de Vila em 31 de março de 1846, por meio de projeto que se tornou Lei Provincial n° 153, apresentado pelo representante de Flores, município também banhado pelo Rio Pajeú, do qual foi desmembrado. Em 1849, como sanção por sua participação ativa na Revolução Praieira, a Vila da Floresta foi incorporada ao povoado de Tacaratu, contudo, em 1864, o Termo da Comarca foi restaurado. Ainda como vila, e com o advento de República, Floresta teve como o primeiro prefeito o Tenente-coronel Fausto Serafim de Souza Ferraz, que assumiu em 1892. Em 20 de junho de 1907, através de Lei estadual n°867, foi elevada à categoria de cidade. Após quatro dias foi criada a "Sociedade Progressista Arborizadora" pelos florestanos João Gomes Barbosa e Alfredo Barros, tendo sido Joao Gomes Barbosa identificado por Álvaro Ferraz em seu livro comemorativo do cinquentenario da cidade como o Pai dos Tamarindos. Em 1897 foi construída a Igreja Matriz, onde hoje é a Catedral do Bom Jesus, e para lá foi transferida a imagem do Padroeiro, ficando a igreja primitiva, monumento de História e de Fé, sob o patrocínio de Nª Srª do Rosário. Floresta foi sede da Primeira Diocese do Sertão Nordestino, criada em 1910 compunha-se de 18 paróquias: Exu, Ouricuri, Petrolina, Granito, Leopoldina (atual Parnamirim), Salgueiro, Boa Vista, Cabrobó, Belém do São Francisco, Floresta, Vila Bela (atual Serra Talhada), Belmonte, São José do Egito, Triunfo, Flores, Afogados da Ingazeira, Alagoa de Baixo (atual Sertânia) e Tacaratu. o 1° bispado sertanejo, foi exercido por D. Augusto Álvaro da Silva (Cardeal Primaz da Bahia) de 29 de novembro de 1911 a 8 de setembro de 1915. O município de Floresta figura prominentemente no Estado de Pernambuco pela sua lideranca no tamanho de seu rebanho de caprinos e ovinos (um dos maiores do País). Floresta também e um dos maiores produtores de tomate, melancia.

O município possui uma área de 3.643 km², sendo o 2º maior município de Pernambuco (atrás somente de Petrolina), abrangendo aproximadamente 4% do território do estado, com uma área superior a países como Luxemburgo. É constituído de 3 distritos: Floresta(sede), Airi e Nazaré do Pico. A população avaliada em 2012 foi de 30.000 habitantes, dos quais 20.000 vivem na cidade (população na zona urbana na sede municipal).

História da cidade de Floresta Pernambuco - PE

Histórico:

No início da colonização do atual Município, atuaram, na catequese dos indígenas, os padres das primeiras missões estabelecidas às margens do rio São Francisco, sobretudo os jesuítas e os capuchinhos franceses.

às margens do rio Pajeú, afluente do São Francisco, estabeleceu-se, na segunda metade do século XVIII, o capitão José Pereira Maciel, rendeiro da famosa Casa da Tôrre, com fazenda de gado a Fazenda Grande, como depois seria denominada. Vivia-se, então, em pleno ciclo do gado, quando se alastravam as fazendas no sertão nordestino sob estímulo do consumo crescente no litoral, onde se desenvolviam ativamente a produção açucareira e o povoamento.

No ano de 1777, José Pereira Maciel mandava construir, em sua propriedade, um oratório privado, dedicado ao Senhor Bom Jesus dos Aflitos, com capelão mantido às expensas da fazenda. Mas já no ano seguinte, a 2 de março, fazia doação do Patrimônio de Fazenda Grande, que incluía dotação financeira para "reparo, reedificação e paramento" do oratório ali existente, em escritura passada no cartório de notas da Fazenda Riacho do Navio. O oratório do Senhor Bom Jesus dos Aflitos, desde logo, atrairia a população crente das vizinhanças, fazendo surgir o povoado do Senhor Bom Jesus dos Aflitos da Fazenda Grande. Em 1792, o povoado era elevado a sede de capela, e, em 1801, a freguesia e distrito (desligado da freguesia e distrito de Tacaratu). ato confirmado um ano depois.

Até os últimos anos do Império, houve índios no Município, vivendo em zonas retiradas, como o riacho do Navio e a Serra Negra.

Gentílico: florestano

Formação administrativa:

Distrito criado com a denominação de Floresta, por alvará de 11-09-1802. Elevado à categoria de vila com a denominação de Floresta, pela lei provincial nº 153, de 3004-1864, desmembrado de Taracatu. Constituído do distrito sede. Instalado em 07-01-1865. Pela lei municipal nº 2, de 11-04-1896, são criados os distritos de Penha, Queimadas e Riacho do Navio e anexados ao município de Floresta. Elevado à condição de cidade e sede do município com a denominação de Floresta, pela lei estadual nº 867, de 20-06-1907. Em divisão administrativa referente ao de 1911, o município é constituído de 4 distritos: Floresta, Penha, Queimadas e Riacho do Navio. Pela lei municipal nº 76, de 22-06-1920, é criado o distrito de Barra do Silva e anexado ao município de Floresta. Por ato municipal de 24-11-1930, é criado o distrito de Itacuruba e Anexado ao municípo de Floresta.

Em divisão territorial datada de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Floresta, Barra do Silva, Itacuruba, Nazaré ex-Riacho do Navio e Rochedo. Não os distritos de Penha, Queimadas e Rochedos.

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei nº 92, de 31-03-1938, o distrito de Nazaré passou a denominar-se Carqueja o distrito de Rochedo a denominar-se Airi.

Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, desmembra do município de Floresta o distrito de Itacuruba. Elevado à categoria de município com a denominação de Belém.Pela lei municipal nº 2, de 19-01-1948, é criado o distrito de Carnaubeira criado com terras do distrito do extinto distrito de Barra do Silva.Em divisão territorial datada de 1-VII-1950. o município é constituído de 4 distritos: Floresta, Airi, Carnaubeira e Carqueja.Pela lei municipal nº 39, de 05-05-1953, é criado o distrito de Segundo e anexado ao município de Floresta. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 5 distritos: Floresta, Airi, Carnaubeira, Carqueja e Segundo. Pela lei municipal nº 40, de 17-10-1969, o distrito de Segundo foi extinto, sendo seu território anexado ao município de Floresta.Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 4 distritos: Floresta, Airi, Carnaubeira e Carqueja. Pela lei municipal nº 1, de 22-07-1989, o distrito de Carqueja passou a denominar-se Nazaré do Pico. Pela lei estadual nº 10626, de 01-10-1991, desmembra do município de Floresta o distrito de Carnaubeira. Elevado à categoria de município com a denominação de Carnaubeira da Penha. Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 3 distritos: Floresta, Airi e Nazaré do Pico Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Localização Municipal:

O municipio com uma área de 3.674,0 Km2 está localizado na Mesorregião do São Francisco Pernambucano na Mesorregião de Itaparica, Região de desenvolvimento Sertão Itaparica. Limitando-se ao Norte com Serra Talhada, Betânia e Custódia, ao sul com Inajá, Tacaratu, Petrolândia e o Estado da Bahia, a Leste com Ibimirim e a Oeste com Carnaubeira da Penha e Itacuruba.

A sede municipal encontra-se a 316 metros em relação ao nivel do mar e tem sua posição geográfica determinada pelo paralelo de 08º 36′ 02" E e 38º 34′ 05" S, sua temperatura média anual é de 26,1º C, sua vegetação é predominante de Caatinga Hiperxerófila.

Fonte: IBGE

Código do Município

2605707

Gentílico

florestano

Prefeito

RICARDO FERRAZ

População
População estimada [2018]32.556 pessoas  
População no último censo [2010]29.285 pessoas  
Densidade demográfica [2010]8,04 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]1,5 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]3.565 pessoas  
População ocupada [2016]11,1 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]47,3 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]95,6 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]4,6  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,2  
Matrículas no ensino fundamental [2017]5.291 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]1.395 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]318 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]130 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]58 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]8 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]12.356,67 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]85,7 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,626  
Total de receitas realizadas [2017]81.563,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]77.442,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]15,32 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,3 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]8 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]3.644,168 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]40,3 %  
Arborização de vias públicas [2010]85,6 %  
Urbanização de vias públicas [2010]2,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Floresta: Imagens da cidade e Região

imagem de Floresta+Pernambuco n-1
imagem de Floresta+Pernambuco n-2
imagem de Floresta+Pernambuco n-3
imagem de Floresta+Pernambuco n-4
imagem de Floresta+Pernambuco n-5
imagem de Floresta+Pernambuco n-6
imagem de Floresta+Pernambuco n-7
imagem de Floresta+Pernambuco n-8
imagem de Floresta+Pernambuco n-9
imagem de Floresta+Pernambuco n-10
imagem de Floresta+Pernambuco n-11
imagem de Floresta+Pernambuco n-12
imagem de Floresta+Pernambuco n-13
imagem de Floresta+Pernambuco n-14
imagem de Floresta+Pernambuco n-15
imagem de Floresta+Pernambuco n-16
imagem de Floresta+Pernambuco n-17
imagem de Floresta+Pernambuco n-18
imagem de Floresta+Pernambuco n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Floresta e arredores.


Você conhece a cidade de Floresta? Então deixe seu comentário!


Comentários (1)

  1. manoel novaes netto's avatarmanoel novaes netto

    Quase 75 anos e a cidade apenas se alongou naturalmente, progresso pobre forçado pelo tempo. Vejo tudo apenas pela internet e não pessoalmente e através dos longos anos serei um rosto na multidão.

    #1 – 30/01/2016 - 18:46

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: