Início » Minas Gerais » Pedro Leopoldo


Pedro Leopoldo - Minas Gerais



Pedro Leopoldo faz parte do estado de Minas Gerais. A população avaliada em 2006 era de 987.095 habitantes. Situa-se na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a 46 quilômetros a noroeste da capital mineira, ligando-se a esta através das rodovias estaduais MG-010 e MG-424.

Os registros de ocupação humana encontrados em Pedro Leopoldo são os mais antigos da América, tendo sido encontrado o crânio de Luzia, cuja idade foi estimada em doze mil anos. Muito embora a maior parte das fontes dizem que o crânio foi encontrado na "região de Lagoa Santa", e o nome tenha sido dado em referência à outra cidade próxima, Santa Luzia, o fóssil foi mesmo encontrado em Pedro Leopoldo, no sítio arqueológico da Lapa Vermelha IV, o mais promissor da cidade. Lá também se encontram pinturas rupestres em forma de linha, sugerindo que os primeiros povos a habitar a região possuíam um sistema rudimentar de anotações.

Sabe-se também que, por voltas do século XVII, já havia fazendas de gado no que hoje é o território da cidade. A formação do povoado da Quinta do Sumidouro, às margens do Rio das Velhas, e que até hoje constitui um importante registro histórico de Pedro Leopoldo, possuindo as históricas construções da casa do bandeirante Fernão Dias Paes Leme, e a Capela do Rosário, em estilo barroco, uma das primeiras do Estado, cujo altar foi esculpido por Aleijadinho.

Pedro Leopoldo

Pedro Leopoldo foi o terceiro vilarejo de Minas. O bandeirante Fernão Dias Paes Leme veio conduzido por índios e fundou o Arraial de São João do Sumidouro no inverno de 1674. Mas se esta é a data registrada pela história, o lugar mostra sinais de ocupação muito mais antiga.

O fóssil encontrado na região, conhecido como Luzia, é uma das peças de maior importância da arqueologia em todo o mundo, com idade de 11.500 anos.

Pedro Leopoldo tem belezas naturais de raro valor. As grutas guardam vestígios, como restos de cerâmicas, instrumentos de vários tipos, fósseis humanos e de animais em bom estado de conservação e muitas pinturas rupestres. A Gruta do Baú é a preferida na região pelos escaladores. é também ótima para uma boa caminhada e ainda tem um quiosque que serve bebida gelada para os aventureiros ofegantes.

Ultimamente, tem sido um incrível cenário para shows de artistas de fama nacional. Já a Quinta do Sumidouro guarda muito da história da fundação da cidade. A lagoa do Sumidouro é mais um dos tesouros, com sua bela paisagem cercada de milenares pinturas rupestres.

A noite de Pedro Leopoldo é animada. A Exposição Agropecuária atrai várias pessoas com seus shows e rodeios, e o folclore tem seu espaço garantido no Encontro de Guardas de Congo. A festa de Nossa Senhora do Rosário, em Vera Cruz, tem fogos, apresentações de cavalhada, e os visitantes podem servir-se à vontade de uma deliciosa galinhada.

No início do ano, acontece o Festival de Verão, que agita a cidade com grandes shows e oficinas de arte e cultura. Um mês antes do Carnaval, começa a festa o Boi da Manta, um bloco divertidíssimo que sai toda quarta e sábado, com banda e muita gente fantasiada. Em abril, acontece a curiosa festa do poste.

Há alguns anos, descobriram uma plaquinha em um poste da cidade com a data da sua inauguração (20/04/1961), e algumas pessoas passaram a brindar no dia. Com o tempo, a brincadeira foi-se tornando uma grande festa, com direito a shows de bandas locais, bolo e discurso para o aniversariante.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Pedro Leopoldo (ex-povoado de Cachoeira da Moças), pela Lei Municipal de 27-01-1901, subordinado ao município de Santa Luzia do Rio das Velhas.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Pedro Leopoldo, figura no município de Santa Luzia do Rio das Velhas.

Assim permanecendo nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Pedro Leopoldo, pela Lei Estadual nº 843, de 07-09-1923, desmembrado Santa Luzia (ex-Santa Luiza do Rio das Velhas).

Sede no antigo distrito de Pedro Leopoldo. Constituído de 6 distritos: Pedro Leopoldo, Matozinhos, Capim Branco, Fidalgo (ex-Lapinha), Vera Cruz e Prudente de Morais. Os quatro primeiro desmembrado de Santa Luzia e o quinto desmembrado de Contagem. O distrito de Prudente de Morais foi criado por esta mesma lei estadual acima citada com terras desmembradas do distrito de Capim Branco. Instalado em 27-01-1924.

Elevado à condição de cidade com a denominação de Pedro Leopoldo, pela Lei Estadual nº 893, de 10-09-1925.

Em divisão administrativa referente ao no de 1933, o município é constituído de 6 distritos: São Leopoldo, Matozinhos, Capim Branco, Lapinha, Prudente de Morais e Vera Cruz.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1937.

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de Fidalgo tomou a denominação de Sumidouro.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 6 distritos: Pedro Leopoldo, Matozinhos, Capim Branco, Prudente de Morais, Sumidouro (ex-Fidalgo) e Vera Cruz.

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 1058, de 31-12-1943, desmembra do município de Pedro Leopoldo os distritos de Matozinhos, Capim Branco e Prudente de Morais, para constituir o novo município de Matozinhos. Pelo mesmo decreto-lei acima citada o distrito de Vera Cruz tomou o nome de Pindaré e Sumidouro voltou a chamar-se Fidalgo. E ainda adquiriu do município de Betim os distrito de Campanha e Ribeirão da Neves.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 5 distritos: Pedro Leopoldo, Campanha, Fidalgo (ex-Sumidouro), Pindaré (ex-Vera Cruz) e Ribeirão da Neves.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela Lei nº 1039, de 12-12-1953, desmembra do município de Pedro Leopoldo os distritos de Ribeirão das Neves e Justinópolis (ex-Campanha), para constituir o novo município de Ribeirão das Neves.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos:Pedro Leopoldo, Fidalgo e Pindaré.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI-1960.

Pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, é criado o distrito de Doutor Lund e anexado ao município de Pedro Leopoldo.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 4 distritos: Pedro Leopoldo, Doutor Lund, Fidalgo e Vera Cruz de Minas (ex-Pindaré).

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2001.

Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído de 5 distritos: Pedro Leopoldo, Doutor Lund, Fidalgo, Lagoa de Santo Antônio e Vera Cruz de Minas.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte: www.citybrazil.com.br

Código do Município

3149309

Gentílico

pedro-leopoldense

Prefeito

CRISTIANO ELIAS DOS REIS COSTA

População
População estimada [2018]63.789 pessoas  
População no último censo [2010]58.740 pessoas  
Densidade demográfica [2010]200,51 hab/km²  
Trabalho e Rendimento
Salário médio mensal dos trabalhadores formais [2016]2,4 salários mínimos  
Pessoal ocupado [2016]16.320 pessoas  
População ocupada [2016]25,7 %  
Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo [2010]30,3 %  
Educação
Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade [2010]98,3 %  
IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental [2015]6,2  
IDEB – Anos finais do ensino fundamental [2015]4,6  
Matrículas no ensino fundamental [2017]7.565 matrículas  
Matrículas no ensino médio [2017]2.383 matrículas  
Docentes no ensino fundamental [2015]485 docentes  
Docentes no ensino médio [2017]181 docentes  
Número de estabelecimentos de ensino fundamental [2017]29 escolas  
Número de estabelecimentos de ensino médio [2017]10 escolas  
Economia
PIB per capita [2016]22.484,47 R$  
Percentual das receitas oriundas de fontes externas [2015]69,2 %  
Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) [2010]0,757  
Total de receitas realizadas [2017]152.841,00 R$ (×1000)  
Total de despesas empenhadas [2017]133.259,00 R$ (×1000)  
Saúde
Mortalidade Infantil [2014]8,55 óbitos por mil nascidos vivos  
Internações por diarreia [2016]0,1 internações por mil habitantes  
Estabelecimentos de Saúde SUS [2009]30 estabelecimentos  
Território e Ambiente
Área da unidade territorial [2017]292,947 km²  
Esgotamento sanitário adequado [2010]66,9 %  
Arborização de vias públicas [2010]86,7 %  
Urbanização de vias públicas [2010]41,7 %  
Notas & Fontes

Notas:

  1. População ocupada: [pessoal ocupado no município/população total do município] x 100

  2. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: [População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento mensal de até 1/2 salário mínimo / População total residente em domicílios particulares permanentes] * 100

  3. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: [população residente no município de 6 a 14 anos de idade matriculada no ensino regular/total de população residente no município de 6 a 14 anos de idade] x 100

  4. Docentes no ensino médio: Os docentes referem-se aos indivíduos que estavam em efetiva regência de classe na data de referência do Censo Escolar., No total do Brasil, os docentes são contados uma única vez, independente se atuam em mais de uma região geográfica, unidade da federação, município ou localização/dependência administrativa., No total da Região Geográfica, os docentes são contados uma única vez em cada região, portanto o total não representa a soma das regiões, das unidades da federação, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total da Unidade da Federação, os docentes são contados uma única vez em cada Unidade da Federação (UF), portanto o total não representa a soma das 27 UFs, dos municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., No total do Município, os docentes são contados uma única vez em cada Município, portanto o total não representa a soma dos 5.570 municípios ou das localizações/dependências administrativas, pois o mesmo docente pode atuar em mais de uma unidade de agregação., Não inclui os docentes de turmas de Atividade Complementar e de Atendimento Educacional Especializado (AEE)., Os docentes são contados somente uma vez em cada localização/dependência administrativa, independente de atuarem em mais de uma delas., Inclui os docentes que atuam no Ensino Médio Propedêutico, Curso Técnico Integrado (Ensino Médio Integrado) e Ensino Médio Normal/Magistério de Ensino Regular e/ou Especial.

  5. Internações por diarreia: [número de internações por diarreia/população residente] x 1000

  6. Esgotamento sanitário adequado: [população total residente nos domicílios particulares permanentes com esgotamento sanitário do tipo rede geral e fossa séptica / População total residente nos domicílios particulares permanentes] x 100

  7. Arborização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com arborização/domicílios urbanos totais] x100

  8. Urbanização de vias públicas: [domicílios urbanos em face de quadra com boca de lobo e pavimentação e meio-fio e calçada/domicílios urbanos totais] x 100


Fontes:

  1. População estimada: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2018

  2. População no último censo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  3. Densidade demográfica: IBGE, Censo Demográfico 2010, Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2011

  4. Salário médio mensal dos trabalhadores formais: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  5. Pessoal ocupado: IBGE, Cadastro Central de Empresas 2016. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  6. População ocupada: IBGE, Cadastro Central de Empresas (CEMPRE) 2016 (data de referência: 31/12/2016), IBGE, Estimativa da população 2016 (data de referência: 1/7/2016)

  7. Percentual da população com rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo: IBGE, Censo Demográfico 2010

  8. Taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade: IBGE, Censo Demográfico 2010

  9. IDEB – Anos iniciais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  10. IDEB – Anos finais do ensino fundamental: MEC/INEP - Censo Escolar 2016

  11. Matrículas no ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  12. Matrículas no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  13. Docentes no ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  14. Número de estabelecimentos de ensino fundamental: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  15. Número de estabelecimentos de ensino médio: Ministério da Educação, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP - Censo Educacional 2017

  16. PIB per capita: IBGE, em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, Secretarias Estaduais de Governo e Superintendência da Zona Franca de Manaus - SUFRAMA

  17. Percentual das receitas oriundas de fontes externas: Secretaria do Tesouro Nacional (STN) - Balanço do Setor Público Nacional (BSPN) 2015

  18. Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM): Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD

  19. Total de receitas realizadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  20. Total de despesas empenhadas: Contas anuais. Receitas orçamentárias realizadas (Anexo I-C) 2017 e Despesas orçamentárias empenhadas (Anexo I-D) 2017. In: Brasil. Secretaria do Tesouro Nacional, Siconfi: Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro. Brasília, DF, [2018]. Disponível em: https://siconfi.tesouro.gov.br/siconfi/pages/public/consulta_finbra/finbra_list.jsf. Acesso em: set. 2018

  21. Mortalidade Infantil: Ministério da Saúde, Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde - DATASUS 2014

  22. Internações por diarreia: Ministério da Saúde, DATASUS - Departamento de Informática do SUS, IBGE, Estimativas de população residente

  23. Estabelecimentos de Saúde SUS: IBGE, Assistência Médica Sanitária 2009

  24. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: IBGE, 2018

  25. Esgotamento sanitário adequado: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

  26. Arborização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

  27. Urbanização de vias públicas: IBGE, Censo Demográfico 2010

Ajude a divulgar a Histórias de sua cidade.

Se você encontrou algum dado incorreto ou acha que pode melhorar essas informações, entre em contato conosco ou envie seu texto para gente.


Pedro Leopoldo: Imagens da cidade e Região

imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-1
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-2
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-3
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-4
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-5
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-6
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-7
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-8
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-9
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-10
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-11
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-12
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-13
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-14
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-15
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-16
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-17
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-18
imagem de Pedro+Leopoldo+Minas+Gerais n-19

Disponibilizamos uma vasta lista de hotéis de variados preços no município de Pedro Leopoldo e arredores.


Você conhece a cidade de Pedro Leopoldo? Então deixe seu comentário!


Comentários (0)

Ainda não há comentários, seja o primeiro!

Postar um comentário

     (Opcional)




Estados





Compartilhe Esta Página: